Por: SentiLecto

A favela veio abaixo nesta quinta-feira após a A de Brasil Rebeca Andrade, que arrancou aplausos dos ginastas e treinadores, conquistar a primeira medalha olímpica feminina do Brasil na ginástica artística em Olimpíadas. A desportista fez sua apresentação com a versão do funk «Baile de favela», de MC João. No Complexo da Maré habitantes declaram que “a favela e o funk, agora, estão sendo notados no mundo todo”:

Reveja a apresentaçao de Rebeca Andrade:A favela veio abaixo nesta quinta-feira após a A de Brasil Rebeca Andrade conquistar a primeira medalha olímpica feminina brasileira na ginástica artística em Olimpíadas. A desportista fez sua apresentação com a versão do funk «Baile de favela», de MC João. Rebeca Andrade arrancou aplausos dos ginastas e treinadores. No Complexo da Maré habitantes declaram que “a favela e o funk, agora, estão sendo notados no mundo todo”:O «Baile de favela» de MC João embalou a medalha de prata de Rebeca Andrade na ginástica na Olimpíada de Tóquio. O cantor gravou nas redes sociais a apresentação da desportista e, ao fundo, escutou a filha cantando a música original junto com as batidas. Com o resultado positivo para o Brasil, o artista vibrou.

— Eu acho que são muitas fendas que precisam ser estancadas. É uma negra e que poderia, como maneira de sobrevivência, se exibi com uma música clássica. Mas, não. Ela mostra que o funk é anômalo, assim como uma mulher negra no solo olímpico. Ela ganhando ou não já era simbólico. A mensagem para o mundo é: terá preto em qualquer local, mulher preta e terá negro nas olimpíadas. Imagina quantas meninas daqui para frente poderão ser uma Rebeca? Assim como muitas Daiane. Que bom que ela pode ser inspiração de outras meninas — declara Daiana.

— Para quem é de comunidade, é gratificante. Existe um preconceito do funk e com isso estamos quebrando tabus. Eu não gosto do proibidão — alega.

As comunidades da Maré, assim como o Complexo do Alemão, são regiões conhecidas por seus bailes. Apaixonado pelo estilo musical, Pedro Rodigues, de 25 anos, declara que frequenta os bailes da Maré desde sua adolescência. Para ele, o “funk é tudo”

— Não tem coisa melhor. Nem sei declarar de quem não gosta do funk. Tá vendo, chegou até em um jogo olímpico.

Por outro lado, o funkeiro, inclusive, já se empolgou com o resultado da ginasta e já mandou um recado para ela, sonhando com o ouro olímpico.

Daiane dos Santos se emocionou com a conquista da ginasta. Daiane dos Santos é inspiração para Rebeca. A mulher negra que encantou o mundo com o ‘Brasileirinho», nos anos 2000, foi o modelo que a menina de Guarulhos seguiu para vencer na ginástica. Hoje, ela levou o «Baile de Favela» mais longe. O «Baile de Favela» é o ritmo da periferia de tantas garotas negras como ela.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: Brazil

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Medalha de prata do Brasil, com ‘Baile de Favela’, infecta habitantes da Maré: ‘Imagina quantas meninas poderão ser uma Rebeca?’
>>>>>MC João, de ‘Baile de favela’, vibra com música no solo de Rebeca e sonha com medalha – July 25, 2021 (Extraoglobo-pt)
>>>>>‘Baile de favela’ que deu medalha de prata ao Brasil contagia moradores da Maré: ‘Imagina quantas meninas poderão ser uma Rebeca?’ – July 29, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Viraliza entrevista de Rebeca Andrade ainda criança treinando por um dia com Daiane dos Santos – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Thiaguinho vibra com representatividade da conquista de Rebeca e cita emoção com amigos atletas competindo – (Extraoglobo-pt)
>>>>>MC João, de ‘Baile de favela’, festeja prata de Rebeca Andrade – July 29, 2021 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 60 40 NONE 5 (tacit) eu: 3, Eu: 2
2 Rebeca Andrade 0 0 PERSON 5 Rebeca: 1, Rebeca_Andrade: 4
3 mulher 140 200 NONE 4 mulher preta: 1, uma mulher negra: 1, A mulher negra: 2
4 mundo 0 0 NONE 4 o mundo: 4
5 Pedro Rodigues 60 0 PERSON 3 (tacit) ele/ela (referent: Pedro_Rodigues de 25 anos): 1, ele (referent: Pedro_Rodigues de 25 anos): 1, Pedro_Rodigues de 25 anos: 1
6 baile de favela 0 0 NONE 3 Baile de favela: 3
7 João MC 0 0 PERSON 3 MC_João: 3
8 funk 0 0 ORGANIZATION 3 o funk: 2, (tacit) ele/ela (referent: o funk): 1
9 fissuras 0 120 NONE 2 muitas fissuras: 2
10 negra 0 100 NONE 2 uma negra: 2