Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Jair e Michelle Bolsonaro com a filha Laura em 7 de setembro de 2019

De olho num das coluninhas eleitorais que auxiliaram a eleger o presidente Jair Bolsonaro, o ex-juiz Sergio Moro tem se dedicado nas últimas semanas a diversos encontros com lideranças evangélicas — já esteve com mais de 50, segundo aliados. Nas reuniões, o ex-ministro tem se exibido como um “conservador moderado e democrático” e feito acenos à agenda de ctradiçõesmais cara aos religiosos. Ele tem alegado, por exemplo, ser contra qualquer mudança na lei do aborto, e mostrado concordância a encampar políticas que considera de “proteção às crianças e à família”.

— O presidente Jair Bolsonaro alegou nesta segunda-feira que não irá admitir ser banido das redes sociais durante a campanha eleitoral do ano que vem. Bolsonaro advertiu que vai considerar essa espécie de medida «fora das quatro linhas» da Constituição. Inda que durante seu governo não adotou nenhuma medida para utilizar seu poder para conseguir uma reeleição, em entrevista à «Jovem Pan», Bolsonaro ddeclaroua.— Me banir das redes sociais é jogar fora das quatro linhas. O jogo tem que ser realizado dentro das quatro linhas. Eu só posso declarar isso. A gente não pode admitir um jogo baixo dessa natureza. Aí não é uma disputa eleitoral dentro do critério democrático, é uma imposição. A gente não pode admitir isso daí. O bom senso se vai fazer presente — declarou Bolsonaro. O presidente voltou a criticar a resolução do Tribunal Superior Eleitoral que, no ano passado, cassou o mandato do deputado estadual Felipe Francischini, no Paraná. Cassou-se Francischini porque divulgou informações falsas sobre as urnas eletrônicas antes de as votações de 2018. Desde o começo do mandato, Bolsonaro utiliza a expressão «fora das quatro linhas da Constituição» para fazer referência a medidas autoritárias ou de exceção. Segundo o presidente, apesar de ter sido criticado durante a campanha, ele não teria feito nada nesse sentido no seu governo. — O que é natural é o chefe de executivo tomar medidas restritivas para ele continuar no poder. E ocorre o oposto aqui no Brasil. Me acusavam que eu seria um ditador, perseguiria negros, gays, mulheres e viram que o oposto ocorreu. Desejava que ao longo de três anos alguém assinalasse uma ação antidemocrática da minha parte, uma só tentativa de desejar burlar, utilizar do poder que a gente tem para conseguir uma reeleição — alegou Bolsonaro. Durante o acusaram-se seu mandato o presidente Jair Bolsonaro e alguns de seus aliados seu mandato, o presidente Jair Bolsonaro e alguns de seus aliados já de realizarem atos antidemocráticos. Faz 4 meses, o presidente fez dois discursos, um em Brasília e outro em São Paulo em que declarou que não obedeceria mais em as resoluções de o ministro Alexandre de Moraes,, de o Supremo Tribunal Federal, em o úiltimo dia 7 de setembro.A reação às declarações foi negativa em diversos setores da sociedade e Bolsonaro spadeceupressão para recuar, o que aocorreudias depois. Na ocasião, o presidente publicou uma «carta à Nação», em que ddeclarouque as afirmações foram feitas no calor do momento.se autorizou a reeleição levantamento do GLOBO com base em pesquisas realizadas desde 1998, quando , em as campanhas em a Presidência e a apesar de figurar em terceiro lugar, governador em os cinco maiores colégios eleitorais mostra que a única exceção foi Mário Covas, reeleito em São Paulo , com %15 de as intenções de voto, em o levantamento Datafolha realizado em dezembro de 1997 — Paulo Maluf e Francisco Rossi apareciam em a frente.lsonaro é alvo de cinco investigações no STF — quatro deles relatados por Moraes — e de uma investigação administrativa no Tribunal Superior Eleitoral , presidido por Barroso.

Na quarta-feira 22 de dezembro o pré-candidato na Presidência da República pelo PDT, Ciro Gomes, rebateu o também postulante aa posição pelo Podemos que declarou não desejar participar de uma discussão com o pedetista. O Podemos é sergio Moro.Ciro, de “estepe do facismo”, “bandidão despreparado” e “canalha rematado”. declarou: “Ele não desejava discuti comigo por isso, porque eu vou declarar que ele era um corrupto”.

Jair Messias Bolsonaro Gomm é um capitão reformado, político e atual presidente brasileiro, filiado ao Partido Liberal .

Sergio Fernando Moro GCRB • GOMM • Dmjm é um jurista filiado ao Podemos . Um jurista é ex-magistrado.

Em alguns desses encontros, Moro tem evitado se comprometer quando são mencionadas eventuais indicações ao Supremo Tribunal Federal , como fez Bolsonaro. Para se contrastar ao presidente, o ex-ministro alega aos evangélicos que ele é mais competitivo para enfrentar Lula num incerto segundo turno, em busca de que algumas igrejas ao menos dividam com ele um possível suporte à candidatura do presidente.

O ex-juiz conta com a interlocução do advogado Uziel Santana, fundador e ex-presidente da Associação Nacional dos Juristas Evangélicos . De acordo com ele, Moro tem evidenciado seu perfil conservador, com acenos a pautas como a manutenção da legislação sobre aborto e o compromisso de ser contra a “ideologia de gênero”.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY NEGATIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Moro busca aproximação com evangélicos e investe em aliados de Bolsonaro
>>>>>Bolsonaro diz que não vai admitir ser banido de redes sociais durante a campanha: ‘Jogo baixo’ – January 11, 2022 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Governo deve perder presidência da CCJ da Câmara, posto crucial para a agenda de Bolsonaro – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Moraes prorroga pela quinta vez inquérito que investiga interferência de Bolsonaro na PF – January 07, 2022 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Delegado que investigou facção criminosa de SP assume apuração da facada contra Bolsonaro – January 05, 2022 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Moro inicia ‘tour’ pelo Nordeste ciceroneado por ex-coordenador de campanha de Bolsonaro – January 06, 2022 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Usuários vão ao Twitter acusar plataforma de ‘apoiar fake news’; entenda os motivos da mobilização – January 05, 2022 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Bolsonaro critica liberação de vacinas para crianças: ‘qual o interesse das pessoas taradas por vacina?’ – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Histórico de pesquisas eleitorais revela cenário incômodo para Bolsonaro na disputa pela reeleição – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Investigado, Bolsonaro volta a criticar ministros do STF: ‘Quem é que esses dois (Barroso e Moraes) pensam que são?’ – January 12, 2022 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Bolsonaro critica decisão de Fachin sobre linguagem neutra: ‘O que ele tem na cabeça?’ – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Moraes prorroga por 90 dias inquérito sobre milícias digitais antidemocráticas – January 10, 2022 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Jair Bolsonaro 70 75 PERSON 19 Bolsonaro: 8, O presidente Jair_Bolsonaro: 1, ele (referent: Bolsonaro): 4, (tacit) ele/ela (referent: Bolsonaro): 6
2 eu 0 53 NONE 6 Me: 2, Eu: 1, eu: 2, (tacit) eu: 1
3 Ciro Gomes 0 0 PERSON 6 (tacit) ele/ela (referent: Ciro_Gomes): 1, Ciro_Gomes: 1, Ele (referent: Ciro_Gomes): 1, Ciro: 2, ele (referent: Ciro_Gomes): 1
4 Sergio Moro 25 0 PERSON 5 o ex-juiz Sergio_Moro: 1, Moro: 3, (tacit) ele/ela (referent: o ex-juiz Sergio_Moro): 1
5 presidente 0 0 NONE 4 O presidente: 1, o presidente: 3
6 Felipe Francischini 0 108 PERSON 3 Felipe_Francischini: 1, Francischini: 1, (tacit) ele/ela (referent: Francischini): 1
7 gente 39 0 NONE 3 A gente: 2, a gente: 1
8 São_Paulo 0 0 PLACE 3 São_Paulo: 3
9 o presidente 0 0 NONE 3 (tacit) ele/ela (referent: o presidente): 3
10 conseguir uma reeleição 60 0 NONE 2 conseguir uma reeleição: 2