Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – ProfessoraDayanePimentel

Na disputa para se cacifar como candidato da terceira via ao Palácio do Planalto, o ex-ministro Sergio Moro, que se filiou ao Podemos, tenta atrair bolsonaristas arrependidos e até apoiadores mais ferrenhos do presidente da República. Entre os governadores, um dos nomes no radar é Ratinho Júnior, que dá sinais, às vésperas do ano eleitoral, de que pode romper com o bolsonarismo e apoiar Moro, a depender das acoalizãonacionais do PSD, , do Paraná, estado natal da Operação Lava-Jato e do ex-magistrado. O paranaense conserva conversas com o Podemos, dentro da estratégia de arremessar a candidatura de Álvaro Dias ao Senado com o seu suporte.

Sergio Fernando Moro GCRB • GOMM • Dmjm é um jurista filiado ao Podemos . Um jurista é ex-magistrado.

Há cerca de um mês, a insatisfação da base bolsonarista com Ratinho ficou evidente durante um acontecimento ao lado do presidente. Se o vaiou a o discursar, contínuo, o que a equipe de o governador interpretou como um alerta sobre a relação com Bolsonaro.

«Moro tem que abocanhar a base rentista de Bolsonaro . Mas seu problema é que junta as militâncias mais fortes contra ele: bolsonarismo e lulocirismo . Mesmo assim, conseguiu montar uma base digital resiliente. Bom para quem está só iniciando», avaliou o pesquisador em seu perfil no Twitter.

O PSD ainda estuda se arremessa Rodrigo Pacheco ao Planalto ou se fecha suporte a outro candidato. Rodrigo Pacheco é o presidente do Senado. Ratinho se aproxima do Podemos, enquanto o PSD não define a estratégia nacional, mas não descarta uma chapa puro-sangue no estado.

O governador do Paraná é somente um dos aliados do presidente que Moro tenta atrair. Durante a cerimônia de filiação do ex-juiz ao Podemos, ex-ministros, ex-bolsonaristas e atuais defensores do governo federal ocuparam as primeiras fileiras do acontecimento.

Estavam na plateia os deputados federais Julian Lemos , Luis Miranda , Júnior Bozella , Professora Dayane Pimentel e Joice Hasselmann — considerados traidores pela base do presidente — e os deputados do Novo Marcel van Hattem, Adriana Ventura e Alexis Fonteyne, apoiadores de ações e declarações de Bolsonaro.

Dayane Jamille Carneiro dos Santos Pimentel é uma política de Brasil, filiada ao Partido Social Liberal .

Ex-ministro da Secretaria de Governo de Bolsonaro, o general Carlos Alberto Santos Cruz já aderiu a Moro e atua para aproximar outros militares do ex-juiz. Assinala-se Luiz Henrique Mandetta outro ex-ministro de o presidente, também como possíveis apoiador de Moro.

Eleita na onda bolsonarista pelo PSL, Dayane Pimentel rompeu com Bolsonaro por não consenti com a articulação do presidente de mencionar o filho Eduardo Bolsonaro para assumir a liderança do PSL na Câmara. Ela declara que não se arrepende de ter apoiado o mandatário, mas que são notórias as diferenças entre os dois.

— Eu não me arrependo de minhas intenções porque sei que foram, e ainda são, as melhores. Acreditei que ele fosse a personificação de um projeto estadista, quando acreditei em Bolsonaro. Ele Mas esse projeto inviabilizou justamente ele , é irônico, mas é a realidade — conta.

— Mas ele tem uma boa resiliência. Diferente do Ciro, ele conseguiu mobilizar usuários que têm mandato, têm assessoria, um pessoal que vem de movimento político. Tem um arranjo que faz ressoar e ecoar o perfil dele. É interessante porque ele conseguiu instituir um terceiro elemento no meio da polarização — declara Malini.

“ evidenciou a necessidade de diálogo para juntar o país, o protagonismo de enfrentar a corrupção, o regresso da prisão em 2ª instância, o fim da reeleição e do foro privilegiado”, postou Girão sobre o discurso de Moro na cerimônia de filiação ao Podemos.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: Argentina

Cities: Parana

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Moro busca suporte de aliados de Bolsonaro e da terceira via para a votação em 2022
>>>>>Moro aparece como terceiro político com maior mobilização no Twitter depois de Bolsonaro e Lula, diz pesquisador – November 19, 2021 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 0 10 NONE 7 (tacit) eu: 5, Eu: 1, me: 1
2 Júnior Ratinho 0 50 PERSON 6 Ratinho_Júnior: 2, (tacit) ele/ela (referent: Ratinho_Júnior): 1, (tacit) ele (referent: Ratinho): 1, Ratinho: 2
3 Podemos 0 0 ORGANIZATION 6 o Podemos: 6
4 Dayane Jamille Carneiro dos Santos Pimentel 60 10 PERSON 4 Dayane_Jamille_Carneiro_dos_Santos_Pimentel: 1, Ela (referent: Dayane_Pimentel): 1, Dayane_Pimentel: 1, (tacit) ele/ela (referent: Dayane_Pimentel): 1
5 Sergio Moro 0 160 PERSON 3 o ex-ministro Sergio_Moro: 2, Moro: 1
6 Eduardo Bolsonaro 30 0 PERSON 3 Bolsonaro: 3
7 presidente 0 0 NONE 3 o presidente: 2, presidente: 1
8 problema 0 160 NONE 2 seu problema: 2
9 um arranjo 70 0 NONE 2 ele (referent: um arranjo): 1, (tacit) ele/ela (referent: um arranjo): 1
10 PSD 0 0 ORGANIZATION 2 O PSD: 1, o PSD: 1