Por: SentiLecto

A Ursula von der Leyen anunciou nesta quarta-feira que os 27 países da União Europeia iniciarão suas campanhas de vacinação contra a Covid-19 «no mesmo dia». Ursula von der Leyen é presidente da Comissão Europeia. A mensagem, em tom de unidade, foi publicizada em meio a críticas de países como a Alemanha à velocidade da análise de dados de vacinas candidatas pela Agência Europeia de Medicamentos .

— Iniciaremos tão logo seja possível a vacinação. Todos juntos, os 27 , no mesmo dia, da mesma forma que cruzamo essa pandemia — declarou von der Leyen em um discurso no Parlamento Europeu. — Para controlar a pandemia, precisamos vacinar cerca de 70% da população. Essa é uma tarefa enorme.

A EMA antecipou uma reunião que vai avaliar os dados dos ensaios clínicos da vacina desenvolvida pela Pfizer e pela BioNTech, inicialmente calculada para o dia 29 para o dia 29, para a próxima segunda-feira. A EMA é reguladora da UE. O fato de países como o Reino Unido, os Estados Unidos e o Canadá terem iniciado campanhas de imunização com a fórmula das duas empresas provocou contrariedade em nações como a Alemanha~, que seja iniciar o procedimento antes do Natal.

As regras europeias permitem que países adotem resoluções individuais sobre campanhas de vacinação. A UE, no entanto, prefere uma ação unificada para evitar que algumas nações fiquem mais atrasadas do que as outras. Von de Leyen recordou, ainda, que o bloco europeu dispõe de outras cinco vacinas com doses reservadas, com enormes contratos de compra antecipada já firmados.

— No total, adquirimo doses mais do que suficientes para todos que vivem na Europa. E poderemos ainda apoiar nossos vizinhos e aliados em todo o mundo — sublinhou a presidente da Comissão Europeia.

Por outro lado, após a possível aprovação da agência reguladora do bloco, a Comissão Europeia tem que aprovar a vacina da Pfizer formalmente dentro de três dias após consultas com os 27 governos da UE.Os países da UE podem começar vacinações imediatamente após uma aprovação formal da Comissão Europeia.

Na sexta-feira 04 de dezembro a Moderna planeja disponibilizar entre 100 e 125 milhões de doses de sua vacina contra a covid-19 no primeiro trimestre de 2021, a grande maioria das quais para os Estados Unidos, anunciou a companhia de America de biotecnologia, em um comunicado .

A colaboração com outras nações pode se dar através do programa Covax Facility, iniciativa mundial organizada pela Organização Mundial da Saúde que visa agilizar o desenvolvimento de vacinas e universalizar o acesso a elas.

Se vacinou pessoas quase 140 mil em o Reino Unido contra a Covid-19 em a primeira semana de imunização com a vacina de a Pfizer e de a BioNTech, declarou o ministro responsável por a campanha de vacinação em esta quarta-feira.

«Um início realmente bastante bom para o programa de vacinação. Foram sete dias e nós fizemos: Inglaterra: 108 mil, País de Gales: 7.897, Irlanda do Norte: 4 mil, Escócia: 18 mil. Total no Reino Unido: 137.897», declarou Nadhim Zahawi no Twitter.

«Este número vai aumentar, pois operacionalizamos centenas de redes de atendimento primário», adicionou.

Nesta quarta-feira, a companhia de China FosunPharma anunciou em um comunicado mandado à Bolsa de Hong Kong que ivai importarao menos 100 milhões de doses da vacina da Pfizer/BioNTech em 2021. A empresa vai pagar 250 milhões de euros como adiantamento por 50 milhões de doses.

– A Moderna informou nesta sexta-feira que o governo dos Estados Unidos vai receber 100 milhões de doses complementares de sua candidata a vacina contra Covid-19, com previsão de entrega no segundo trimestre de 2021, se autorizada. As ações da companhia subiram 2,8%, para 161,30 dólares. O governo encomendou um total de 200 milhões de doses até o momento, declarou a desenvolvedora da vacina, adicionando que, do primeiro lote, cerca de 20 milhões de doses serão entregues até o final de dezembro e o restante no primeiro trimestre de 2021. Faz 4 meses, os Estados Unidos firmaram um acordo com a Moderna para comprar 100 milhões de doses de a potencial vacina contra Covid-19 por cerca de 1,5 bilhão de dólares com a alternativa, de garantir 400 milhões de doses complementares, em agosto. Um painel de consultores externos da Food and Drug Administration tem uma reunião agendada para 17 de dezembro para debater o pedido da Moderna para autorização de utilização de emergência nos EUA para sua vacina. Enquanto isso, a FDA tem que emitir aprovação para os EUA da vacina da Pfizer e BioNTech contra Covid-19 ainda nesta sexta-feira, de acordo com o New York Times. O Centro de Controle e Prevenção de Doenças , órgão de saúde dos Estados Unidos, anunciou neste domingo a aprovação da vacina contra a Covid-19 desenvolvida pelas farmacêuticas Pfizer e BioNTech.

Os dois grupos vão dividir os lucros da venda da vacina na China continental, assim como em Hong Kong e Macau: dois terços para a Fosun e um terço para BioNTech. Com quatro vacinas em período avançado de desenvolvimento, o país de Asipovicy escolhe opções de olho na imunização da população de 1,4 bilhão de pessoas.

Autoridades de Tangyuan anunciaram na última terça-feira que pretendem oferecer em breve vacinas contra o novo coronavírus por US$ 65 para a população da região. Autoridades de Tangyuan é um pequeno condado de China. 65 para a população da região. Até o momento, o país de Asipovicy já imunizou centenas de milhares de pessoas em um regime emergencial que privilegia profissionais de saúde e de setores imprescindíveis, além de indivíduos ligados ao governo.

Heilongjiang confirmou 10 casos de transmissão local da Covid-19 desde o dia 10, concluindo um fase dHeilongjiang confirmou 10 casos de transmissão local da Covid-19 desde o dia 10, concluindo um fase de quase quatro meses sem notificações da enfermidade. Heilongjiang é a província na qual o condado está localizado. Heilongjiang é a província na qual o condado está localizado. Outras duas províncias chinesas, Zhejiang e Sichuan, pretendem começar a imunização de cidadãos fora da lista de ofícios prioritários, incluindo pessoas com comorbidades e idosos.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: United Kingdom, Canada, United States, Macau, Hong Kong, China

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Países da UE iniciarão vacinação contra Covid-19 ‘no mesmo dia’, declara Comissão Europeia
>>>>>Primeiras vacinações de Covid na UE podem ocorrer neste ano, diz chefe de comissão – December 15, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>É #FAKE que imagens de primeira vacinada no Reino Unido foram feitas dois meses antes de serem divulgadas ao público – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Governo dos EUA garante mais 100 milhões de doses de vacina da Moderna contra Covid-19 – (Extraoglobo-pt)
>>>>>CDC aprova vacina nos EUA; chefe da FDA, agência regulatória do país, diz: ‘Espero começar entregas amanhã’ – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 doses 0 0 NONE 6 doses reservadas: 1, doses serão: 1, doses adicionais: 1, doses: 3
2 nós 0 0 NONE 6 (tacit) nós: 6
3 esta 0 0 NONE 4 esta: 4
4 BioNTech 0 0 ORGANIZATION 3 BioNTech: 2, a BioNTech: 1
5 Moderna 0 0 ORGANIZATION 3 A Moderna: 1, a Moderna: 2
6 nações 0 0 NONE 3 outras nações: 1, algumas nações: 1, nações: 1
7 reunião 0 0 NONE 3 uma reunião: 2, uma reunião agendada: 1
8 regime 0 60 NONE 2 um regime emergencial: 2
9 maioria 100 0 NONE 2 a grande maioria: 2
10 comunicado 50 0 NONE 2 um comunicado: 1, um comunicado enviado: 1