Por: SentiLecto

– O presidente Jair Bolsonaro acusou, nesta quinta-feira, países europeus que criticam o Brasil pelo desmatamento da floresta amazônica de serem receptadores de madeira irregular, e declarou que irá colocar um ponto final na questão. Bolsonaro em transmissão pelas redes sociais, numa referência a uma prática criminosa de comprar algo, em proveito próprio ou alheio, ciente que é produto de uma transgressão alegou: «Países que nos criticam são, na verdade, receptadores». Bolsonaro declarou que é possível verificar essa informação a partir da apuração do DNA das madeiras feita pela Polícia Federal para descobrimento da procedência. Na transmissão, o presidente alegou que os países vão ter que se conscientizar e cooperar com o Brasil, declarando que eles têm de auxiliar a não desmatar o Brasil. Alegou: «Pararão de falar que Bolsonaro é o desmatador, o opositor do meio ambiente». Mais cedo, em transmissão a apoiadores, o presidente também falou do tema. «A madeira chega para ser exportada, fica uma nota e pelo DNA da madeira a PF sabe de onde vem aquela madeira. Então muitos países estão importando madeira nossa ilegal e nos criticam por desmatar. Então é só eles não adquirirem que diminui em quase 90% com toda a certeza o desmatamento, porque ninguém deseja o desmatamento ilegal no Brasil», declarou. «Quem está adquirindo, está nos criticando. É como se fosse uma receptação», reforçou. Bolsonaro declarou ainda na transmissão pelas redes sociais que é passível de «cartão vermelho» alguém do governo que defender a proposta de expropriação de terras em caso de crime ambiental. Essa proposta surgiu no âmbito do Conselho da Amazônia, órgão que é comandada pelo vice-presidente Hamilton Mourão. Alegou: «Não existe conversa no governo sobre expropriação de terras na Amazônia».

Se a tirou nem sequer em o Brasil, mas a fotografia é antiga e. Está no acervo do site Homo history em diferentes circunstâncias. History é uma coleção que inclui outras imagens de pessoas LGBT ao longo da história.Jair Bolsonaro serviu ao Exército nos anos 1970 e 1980, tendo ido para a reserva em 1988, no posto de capitão.- As relações entre Brasil e Estados Unidos são densas e transcendem processos eleitorais, declarou nesta segunda-feira o vice-presidente Hamilton Mourão, ao voltar a alegar que o presidente Jair Bolsonaro vai cumprimentar na hora certa o ganhador da votação presidencial norte-americana. Bolsonaro é um dos poucos líderes entre os principais países do mundo a não parabenizarem o democrata Joe Biden po republicano Donald Trump de quem Bolsonaro é declaradamente um admirador. O republicano Donald Trump é o atual presidente. O republicano Donald Trump é o atual presidente. Mourão voltou a declarar, em um acontecimento virtual promovido por um banco, que há um processo de judicialização da votação nos EUA. Trump não reconhece a derrota, afirma sem fundamento que houve fraude na votação e promete um combate jurídico contra o resultado do pleito. O vice-presidente declarou que as relações entre Brasil e EUA são de Estado para Estado e alegou não ter dúvidas de que os laços econômicos entre os dois países perdurarão e progredir. – O presidente Jair Bolsonaro alegou nesta terça-feira que torce para que seja encontrada uma vacina eficaz contra a Covid-19 e criticou o que chamou de «vacina a toque de caixa», em mais um ataque à CoronaVac, da cde ChinaSinovac, que está sendo testada no Brasil pelo Instituto Butantan. Bolsonaro, em transmissão pelas redes sociais, agredindo indiretamente também o governador de São Paulo e João Doria cujo governo controla o Butantan declarou: «A gente pede a Deus que seja encontrada uma vacina eficaz e não como alguns populistas desejam uma vacina a toque de caixa para obrigar todo mundo a tomar a vacina». João Doria é desafeto político. Mais cedo, Bolsonaro comemorou a resolução da véspera da Agência Nacional de Vigilância Sanitária de interromper os testes com a CoronaVac como se fosse um triunfo pessoal dele. Em resposta a um apoiador no Facebook, o presidente insinuou, sem provas, que o remédio de China poderia provocar «morte anomalia». Morte é invalidez. «Mais uma que Jair Bolsonaro ganha», escreveu Na sequência. A suspensão determinada pela Anvisa aconteceu após a ocorrência de um acontecimento adverso grave. Segundo fonte com conhecimento do tema, um voluntário do estudo cometeu suicídio, acontecimento que não teria relação com a vacinação. Mesmo assim, a agência reguladora decidiu conservar nesta terça interrupção dos testes com o imunizante. Na transmissão pelas redes sociais, Bolsonaro declarou que quem não tomar a futura vacina vai estar colocando em risco a própria vida, e não dos outros. O presidente também mencionou a ajudinha emergencial como um dos fatores que resgataram a economia de Brasil durante a pandemia do novo coronavírus, realçando que seu preço chegou a 50 bilhões de reais por mês. Ele declarou que a assistência terá um fim porque o país não suporta se endividar tanto assim, senão quebra.

Na quinta-feira 15 de outubro – O presidente Jair Bolsonaro alegou que «não tem a ver» desejar vincular o caso envolvendo o senador Chico Rodrigues , flagrado na véspera com dinheiro na cueca em operação realizada pela Polícia Federal, como se fosse um caso de corrupção do seu governo. Quando deixou a posição após a operação da PF, rodrigues era um dos vice-líderes do governo no Senado até esta quinta , autorizada pelo Supremo Tribunal Federal , que envolveu suspeita de desvio de recursos federais enviados para o governo de Roraima no enfrentamento ao Covid-19. Em transmissão pelas redes sociais, Bolsonaro reconheceu que o senador » gozava de renome» e lamentou o acontecido. Mas, em vários momentos, buscou se desvincular do caso. «Desejar vincular esse caso com corrupção do governo não tem nada a ver», criticou. Ainda que há 18 vice-líderes do governo na Câmara e no Senado e que se afastou Rodrigues, o presidente declarou. que se afastou Rodrigues. Protestou que «alguns» –sem precisar quem– querem dizer que o «caso de Roraima» seja do governo que comanda porque o senador era «meu vice-líder». «Meu governo, até o momento, não tem corrupção. podia até ser que apareça, mas até o momento era zero», defendeu.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY NEGATIVE

Countries: Brazil

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Países que criticam desmatamento no Brasil são receptadores de madeira irregular, acusa Bolsonaro
>>>>>É #FAKE que foto mostre Bolsonaro jovem com uniforme do Exército abraçando outro militar – November 09, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Bolsonaro defende federalizar Fernando de Noronha para ampliar turismo – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Momento difícil causado pela pandemia passou, diz Bolsonaro – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Bolsonaro prorroga ação dos militares na proteção da Amazônia Legal até abril de 2021 – November 04, 2020 (Extraoglobo-pt)
>>>>>Laços do Brasil com EUA transcendem processo eleitoral, diz Mourão – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Em novo ataque à CoronaVac, Bolsonaro critica ‘vacina a toque de caixa’ – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Jair Bolsonaro 60 0 PERSON 19 O presidente Jair_Bolsonaro: 2, Bolsonaro: 11, (tacit) ele/ela (referent: Bolsonaro): 2, ele (referent: Bolsonaro): 1, Jair_Bolsonaro: 2, o presidente Jair_Bolsonaro: 1
2 Donald Trump 0 20 PERSON 8 (tacit) ele/ela (referent: Trump): 5, o republicano Donald_Trump (apposition: o atual presidente): 2, Trump: 1
3 transmissão 0 0 NONE 7 transmissão: 4, a transmissão: 3
4 governo 30 0 NONE 6 o governo: 3, governo: 2, Meu governo: 1
5 redes 0 0 NONE 6 as redes sociais: 6
6 presidente 0 30 NONE 5 o presidente: 3, O presidente: 2
7 países 0 0 NONE 5 os países: 1, muitos países: 1, os dois países: 1, Países: 2
8 vacina 270 0 NONE 4 vacina: 1, uma vacina eficaz: 2, uma vacina: 1
9 eu 0 0 NONE 4 (tacit) eu: 4
10 nós 0 120 NONE 3 nos: 3