Por: SentiLecto

O vereador Carlos Bolsonaro anunciou nas redes sociais que preparará um Projeto de Decreto Legislativo para impedir a resolução do prefeito do Rio, Eduardo Paes , sobre a pré-requisito do comprovante de vacinação para a entrada em diversos estabelecimentos.

A resolução corresponde ao recurso exibido pela defesa do prefeito do Rio, que foi acusado pelo MPF de articular a articulação de um consórcio formado pelas empreiteiras OAS e Queiroz Galvão.Os ministros da Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça decidiram, por maioria de votos, trancar a ação penal do Ministério Público Federal contra o prefeito do Rio, Eduardo Paes . Faz 5 anos, o MPF acusava Paes de fraude em licitação, falsidade ideológica e corrupção passiva em a contratação de obras.Inicialmente, o decreto fez ampliar a lista de estabelecimentos em que é exigida a comprovação da imunização contra a Covid-19, sendo necessária a apresentação do certificado para acessar shoppings, ir a áreas internas ou com cobertura de restaurantes e bares, se hospedar em hotéis e utilizar serviços de transporte individual . A medida já vale a partir desta quinta-feira.Quando você tem que tomar sua próxima dose no Rio, quiz da vacina: descubra

Na sexta-feira 12 de novembro durante a divulgação do boletim da Covid-19 o prefeito Eduardo Paes declarou que o passaporte da vacina continuava em forcita por tempo indeterminado, mas, sem entrar em detalhes, declarou que podia no futuro flexibilizar a medida. No próximo dia 15 todos os adultos precisariam comprovar ter completado o esquema vacinal com duas para entrar em espaços públicos como cinemas e academias.

Carlos Nantes Bolsonaro é um político brasileiro e segundo filho do atual presidente brasileiro, Jair Bolsonaro.

Em mais um round de alfinetadas, Carlos chamou Paes de “prefeito nervosinho”, classificou a medida do prefeito como “absurda” e afirmou que elas representam “mais restrições à liberdade”.

“Os preparativos públicos do Carnaval correm a pleno vapor. Estamos elaborando novo PDL para revogar mais este novo absurdo lançado hoje pelo prefeito nervosinho sobre os cariocas: mais restrições à liberdade”, afirmou no Twitter.

Carnaval é um festival do cristianismo ocidental que acontece antes da estação litúrgica da Quaresma.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY NEGATIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>’Prefeito nervosinho’: Em mais um round, Carlos Bolsonaro prepara medida para impedir passaporte vacinal de Paes
>>>>>STJ tranca ação contra Eduardo Paes por suposta fraude em obras da Rio 2016 – (Extraoglobo-pt)
>>>>>’Passaporte da vacina’: Paes recua sobre exigência em shoppings, táxis e carros de aplicativo e fala em ‘exagero’ de decreto – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Réveillon 2022: prefeito do Rio diz que decisão de realizar ou não festividade será do Comitê Científico – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Eduardo Paes 0 90 PERSON 3 o prefeito Eduardo_Paes: 1, Paes de fraude: 1, (tacit) ele/ela (referent: o prefeito Eduardo_Paes): 1
2 MPF 0 0 ORGANIZATION 2 o MPF: 1, O MPF: 1
3 o Rio 0 0 PLACE 2 o Rio: 2
4 redes 0 0 NONE 2 as redes sociais: 2
5 um festival de o cristianismo ocidental 0 0 NONE 2 um festival de o cristianismo ocidental: 2
6 falsidade ideológica e corrupção passiva 0 190 NONE 1 falsidade ideológica e corrupção passiva: 1
7 impedir a determinação de o prefeito de o rio eduardo_paes sobre a exigência de o comprovante de vacinação para a entrada em diversos estabelecimentos 40 50 NONE 1 impedir a determinação de o prefeito de o Rio Eduardo_Paes sobre a exigência de o comprovante de vacinação para a entrada em diversos estabelecimentos: 1
8 tempo indeterminado 0 50 NONE 1 tempo indeterminado: 1
9 trancar a ação penal de o ministério_público_federal contra o prefeito de o rio eduardo_paes 0 25 NONE 1 trancar a ação penal de o Ministério_Público_Federal contra o prefeito de o Rio Eduardo_Paes: 1
10 vigor 70 0 NONE 1 vigor: 1