Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Claudio Castro como Vice Governador do Rio de Janeiro

Jair Bolsonaro disse alinhamento político aCláudio Castro durante encontro realizado nesta quarta feira, a portas fechadas, no Palácio Laranjeiras. Jair Bolsonaro é o presidente da República. Cláudio Castro é o governador do Rio. Em seu discurso, ele pediu aos deputados federais e estaduais convidados para a reunião que apoiem Castro naquilo que definiu como uma «missão à frente do Governo do Rio». Sem falar nas votações do ano que vem ou prometer suporte ao governador, que sonha se conservar na posição, Bolsonaro declarou que votar de acordo com os interesses de Castro significa estar ao lado do governo federal nesse momento.

A expectativa de Paes é levar consigo para o novo partido os deputados federais Pedro Paulo , Marcelo Calero e Rodrigo Maia , ex-presidente da Câmara. Maia vinha conversando nas últimas semanas sobre uma possível ida para o PSDB, que articula uma candidatura do chamado «centro político» que faça oposição ao presidente Jair Bolsonaro. Outra possível filiação ao PSD junto a Paes é Laura Carneiro também cotada para disputar um mandato na Câmara dos Deputados em 2022. Laura Carneiro é a de sua secretária municipal de Assistência Social.

No domingo 11 de abril – Quando assumiu o governo do Rio após o afastamento de Wilson Witzel, em agosto do ano passado, o vice Cláudio Castro traçou uma estratégia clara para 2022. Diferentemente do antecessor, faria uma administração sem fricções com outros Poderes e tentaria atrair o máximo de forças políticas, para, como definiam seus próprios aliados, “vencer a votação por W.O.”, ou seja, pelava falta de oponentes competitivos. Mas a rota tem tido mais turbulências do que o esperado, e o governador em exercício passou a receber críticas até de aliados do presidente Jair Bolsonaro, com quem busca se alinhar. Entusiasta da volta de Bolsonaro ao PSL e presidente estadual do partido, o deputado federal Sargento Gurgel escreveu em suas redes sociais que Castro era “governador sem voto” e “sem habilidade de conduzi”, além de usar palavrões para se referir ao agora desafeto político. Gurgel também criticou Castro por fechar o comércio por conta da pandemia, mas promover “celebração” particular — uma referência à comemoração do aniversário na Região Serrana do Rio. Aliados do governador atribuíam os ataques a um desejo de posições na administração, o que o parlamentar nega. Presidente municipal do PSL, o deputado estadual Alexandre Knoploch tem criticado a administração de Castro na área mais sensível para o bolsonarismo: a segurança pública. Knoploch chamou Rogério Figueiredo de «incompetente» e «incapaz». Rogério Figueiredo é o secretário de Polícia Militar. O deputado estadual bolrosnarista Filippe Poubel , por sua vez, alegava que Castro tem “se aproximado da velha política pensando na reeleição”: — O governador estava próximo de partidos como MDB e PDT. Faz 4 meses, isso, obviamente, afastava Cláudio Castro de o eleitor bolsonarista e de os caciques de o bolsonarismo em o Rio. Culpado pela articulação política do presidente no estado, o senador Flávio Bolsonaro alegava que a insatisfação de bolsonaristas com Castro não se estendia ao núcleo duro do presidente, mas que o suporte em 2022 ainda não está definido. — Tendo em vista a situação financeira angustiante do estado, temos recomendado à nossa base todo o asuportepossível a Castro. Mas o suporte do presidente a ele em 2022 ainda dependeria de fatores como a viabilidade eleitoral do próprio governador no ano que vem. A falta de suporte no próprio campo conservador era vista como um problema por aliados de Castro, que já reagiu nas redes a críticas de políticos de centro, como o prefeito Eduardo Paes e o governador de São Paulo, João Doria , e tem embates já esperados com políticos de esquerda, como o deputado federal Marcelo Freixo . A avaliação era que, como Castro jamais disputou uma votação majoritária como cabeça de chapa, um extenso arco de coalizão seria fundamental. Os mesmos aliados, contudo, argumentavam que ainda há tempo para equacionar os problemas. De saída do PSC, o governador procurava uma legenda alinhada ao campo político de Bolsonaro, justamente para poder pleitear o suporte na votação do próximo ano.

Cláudio Bomfim de Castro e Silva é um advogado e político brasileiro, atual governador do Rio de Janeiro.

Jair Messias Bolsonaro é um capitão reformado, político e atual presidente brasileiro.

Esse foi o primeiro encontro entre os dois desde a efetivação de Castro na posição, no último sábado, após a eleição do impeachment de Wilson Witzel. Oficialmente, o encontro se tratou de uma visita de cortesia ao governador recém-empossado. Mas as bancadas de PSL e PSC na Assembleia Legislativa do Rio e na Câmara Federal esperavam por essa manifestação do presidente para saber quais posicionamentos tomar. Deputados que estiveram no acontecimento evidenciaram que jamais houve um pedido de cooperação dessa espécie, por exemplo, em relação ao antecessor de Castro, Wilson Witzel – que chegou a apoiar Bolsonaro em parte do seu mandato, antes do ruptura definitivo. Troca-troca: Eduardo Paes acerta filiação ao PSD, partido que negocia com governador Cláudio Castro, que passa a se ver como o favorito para contar com o suporte de Bolsonaro, no ano que vem, O presidente também prometeu investimentos e «atenção especial» ao estado, que é berco do bolsonarismo. Castro, por sua vez, enxerga a manifestação de Bolsonaro com «dois lados positivos», conforme explica, sem se identificar, um dos deputados mais próximos a ele.

– Por um lado, ele espera que a fala do presidente volte a juntar a bancada eleita pelo PSL, em 2018, que estava dissolvida e se dividia entre bolsonaristas e aqueles que pretendiam seguir com o governo de Witzel. Ele passou um recado de que estar com o Castro é estar com a União, e o governador deseja uma base de suporte.

Estremecidos: Disputa pelo governo do Rio abala coalizão entre Cláudio Castro e presidente da Alerj

Na sua vez, — Ontem foi um dia de triunfo, um dia de glória para o Rio de Janeiro, com a concessão dos serviços de água e esgoto. E não tenho dúvida que essa concessão vai auxiliar a gente a reequilibrar as contas do nosso estado. Mas, principalmente, fazer um grande investimento em infra-estrutura, e também levar para a casa das pessoas, universalizar a água, universalizar o esgoto e com certeza melhorar a vida de cada um que mora nesse estado — afirmou.À percurso da Alerj, Castro postou um vídeo em suas redes sociais, em que está acompanhado pela esposa e os filhos no carro. Na gravação, instantes antes de tomar posse como governador do Rio, ele alega estar preparado para os desafios à frente doacposição em que drealçaprincipalmente a questão econômica para os fluminenses.

O presidente Assuntos de interesse de o governo de o Rio , como o Regime de Recuperação Fiscal , não tratou eles em seu discurso. O séquito de Bolsonaro contou com dez integrantes. Ausências sentidas na reunião, os filhos do presidente não estiveram presentes.

Por outro lado, há cerca de três semanas, Paes havia participado de um jantar com o presidente nacional do DEM, ACM Neto, numa tentativa de articular a presidência de Rodrigo Maia no partido.

Os novos secretários de Castro, o contador e professor universitário Nelson Rocha, que vai comandar a Secretaria Estadual de Fazenda, e se exibiu o médico e major de o Corpo de Bombeiros Alexandre Chieppe, titular de a pasta de a Saúde, a o presidente. Também estiveram presentes os ministros da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, das Relações Exteriores, Carlos Aberto França, e da Secretaria Geral da Presidência, Onyx Lorenzoni. Compareceu ainda o secretário especial de Esporte, Marcelo Reis Magalhães.

Presenças provocam desconforto

Castro de deputados estaduais convidados para o encontro elaborou a lista. Alguns dos convidados, como os deputados Rodrigo Amorim e Alexandre Knoploch, que haviam abandonado a base bolsonarista, estiveram entre os presentes – o que gerou desagrado de alguns. Os dois chegaram a votar contra as diretrizes impostas pela família do presidente e flertaram com outros partidos. Castro tenta aparar essas arestas e constituir um bloco sólido de suporte. Esses parlamentares não se reuniam sob uma mesma convocatória desde 2019.

Após impeachment: De chefe de salinha a governador do Rio, veja a trajetória política de Claudio Castro, sucessor de Witzel

Convidou-se os deputados estaduais além de eles, : Charles Batista, Alana Passos, Felipe Poubell, Dr. Serginho, Anderson Moraes, Márcio Gualberto, Rosane Felix, Coronel Salema, Renato Zaca e Leo Vieira.

– A votação se aproxima e todo mundo deseja colar no presidente novamente. Assim é a vida, mas ele sabe quem é quem – declarou um dos presentes ao GLOBO.

– O convite a eles dois mostra que o Cláudio está interessado em uni forças, sem se prender a mágoas do passado.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Sem falar em 2022, Bolsonaro pede a deputados que atendam os interesses de Castro e enaltece parceria com o governo estadual
>>>>>Eduardo Paes acerta filiação ao PSD, partido que negocia com governador Cláudio Castro – May 04, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Lula debate com Marcelo Freixo formação de ‘frente ampla’ no Rio em 2022 – May 04, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Em ato virtual de 1º de Maio, Lula diz que vai ‘construir de novo’ o país e faz aceno a trabalhadores de aplicativos – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>No Rio, cinco nomes se credenciam para se candidatar ao Senado; saiba quem – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Leilão da Cedae, a maior concessão de saneamento já realizada no país é realizado em SP; acompanhe ao vivo – April 30, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Leilão da Cedae: empresas interessadas se credenciam nesta terça-feira na Bolsa de Valores de São Paulo – April 27, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Fux derruba liminar do TJ-RJ e fixa concessão da Cedae em 35 anos – April 22, 2021 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Liminar do TRT que impedia leilão da Cedae é derrubada; pregão está mantido – April 27, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Além de Ramos, mais dois ministros militares tomaram vacina contra Covid-19 sem divulgar – April 29, 2021 (Extraoglobo-pt)
>>>>>Cláudio Castro toma posse como governador do Rio – May 01, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>‘O Rio acabou com um câncer’, diz presidente do TJ-RJ sobre corrupção no governo Witzel; parlamentares reagem a impeachment – May 01, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Impeachment: Witzel entrega nesta terça-feira ao tribunal alegações finais com sua defesa – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Impeachment de Witzel: relator diz que entregará relatório final até amanhã – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Witzel estuda recurso contra impeachment e diz que continuará na carreira política – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Após impeachment, Witzel fica sem salário e perde o foro privilegiado – May 01, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Impeachment: Tribunal Misto decide hoje se Witzel será destituído definitivamente do cargo – April 30, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>’Não há futuro sem uma gestão austera’, diz Castro em posse como governador do Rio – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Cláudio Castro 110 60 PERSON 15 (tacit) ele/ela (referent: Castro): 2, Castro: 9, Cláudio_Castro (apposition: o governador de o Rio): 1, o vice Cláudio_Castro: 1, Cláudio_Castro: 1, Cláudio_Castro de o eleitor bolsonarista: 1
2 eu 8 0 NONE 8 (tacit) eu: 8
3 governador 75 0 NONE 7 O governador: 1, o governador recém-empossado: 1, governador: 1, o governador: 4
4 Jair Bolsonaro 48 0 PERSON 5 Bolsonaro: 2, o presidente Jair_Bolsonaro: 1, o senador Flávio_Bolsonaro: 1, Jair_Bolsonaro (apposition: O presidente de a República): 1
5 deputados 0 0 NONE 5 os deputados estaduais: 1, deputados estaduais convocados: 1, Deputados: 2, os deputados: 1
6 deputado 0 0 NONE 4 o deputado estadual: 1, o deputado federal: 2, O deputado estadual: 1
7 encontro 0 0 NONE 4 o primeiro encontro: 1, o encontro: 2, encontro realizado: 1
8 presidente 0 0 NONE 4 o presidente: 4
9 apoio 40 0 NONE 3 todo o apoio possível: 1, apoio: 1, o apoio: 1
10 dois 0 0 NONE 3 os dois: 1, eles dois: 1, Os dois: 1