Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Alexandre de Moraes (cropped)

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal , negou nesta segunda-feira um pedido da defesa do governador afastado Wilson Witzel para que a tramitação do processo de impeachment fosse suspensa. Com a resolução do ministro, fica conservado o interrogatório de Witzel no Tribunal Especial Misto na próxima quinta-feira. A oitiva do ex-juiz é a última etapa de instrução do processo. Na quarta, quem será escutado é o ex-secretário estadual de Saúde Edmar Santos.

O deputado federal Luiz Lima comunicou em uma rede social, na última quinta-feira, a morte de seu irmão Pedro Firmeza de Souza Lima, de 63 anos. O EXTRA confirmou que Pedro Lima faleceu em decorrência de complicações da Covid-19, após três semanas de internação para tratar a enfermidade, apesar de não indicar a causa na publicação em homenagem ao irmão. Se alinha Luiz Lima a o presidente Jair Bolsonaro e já se posicionou diversas vezes contra medidas de limitação para conter a disseminação de o coronavírus.

Na segunda-feira 29 de março os vereadores, que aprovaram a criação do inquérito sobre os gastos do prefeito Vinicius Claussen por 12 votos a 7, desejavam os antigos protagonistas da guerrazinha à Covid-19 no banco das testemunhas: o governador duplamente afastado Wilson Witzel e seu ex-secretário de Saúde Edmar Santos.

Alexandre de Moraes é um jurista, juiz e ex-político brasileiro, atual ministro do Supremo Tribunal Federal .

Wilson José Witzel é um advogado, ex-magistrado e político brasileiro, filiado ao Partido Social Cristão e atual governador do Rio de Janeiro.

Em mais uma medida que poderia protelar o julgamento, a defesa de Witzel afirmava que não teve acesso ao conteúdo integral da deleção premiada de Edmar Santos. Mas, para Alexandre de Moraes, a defesa do governador teve direito de acessar o material mandado ao TEM pelo ministro Benedito Gonçalves, do Superior Tribunal de Justiça , e que outros documentos não teriam ligação com Witzel.

Lexandre de Moraes a sua resolução. firmou: «A garantia do exercício da extensa defesa exclusivamente alcança o acesso a provas que digam respeito à pessoa do investigado ou aos fatos diretamente a ele imputados, não autorizando o acesso a documentos sigilosos que tenham por objeto fatos e imputações dconduzidasa terceiros e que não estão sendo uusadospela adenúnciano Tribunal Especial Misto, sob pena de se romper, indevidamente, o sigilo legalmente estabelecido para casos de delação negociada»,.

“Hoje foi um dia bastante triste, dia que o meu irmão por parte de pai se despediu de todos nós. Pedro combateu bastante durante três semanas. Combateu durante toda a sua vida, combateu como pai de três queridos filhos, combateu como empresário e venceu como pessoa por ser tão querido”, disse o deputado.

— A expectativa é refazer a oitiva do ex-secretário Edmar Santos e o interrogatório do governador afastado. Se não houver nenhuma intercorrência, com isso, concluiria o período instrutório. A partir de então as partes passam a ter cada uma dez dias, em sequência, para apesentarem alegações finais. Primeiro, a denúncia, depois a defesa. E, após isso, há o prazo para exibi meu voto na sessão deliberativa final — explica Waldeck.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: NEUTRAL

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>STF nega pedido da defesa de Witzel para interromper processo de impeachment
>>>>>Irmão do deputado Luiz Lima morre por complicações da covid-19 – April 05, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Para evitar cassação, Daniel Silveira quer tentar se eleger prefeito ainda este ano – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Em discurso, Bolsonaro defende ‘liberdade total’ para médicos receitarem tratamento contra Covid-19 – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Bolsonaro: ‘Se acharem que devo vacinar, me vacino’ – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 meu irmão 80 0 NONE 5 (tacit) ele/ela (referent: meu irmão): 5
2 Alexandre de Moraes 0 0 PERSON 5 (tacit) ele/ela (referent: O ministro Alexandre_de_Moraes de o Supremo_Tribunal_Federal): 1, O ministro Alexandre_de_Moraes de o Supremo_Tribunal_Federal: 1, Alexandre_de_Moraes: 3
3 Wilson Witzel 0 0 PERSON 5 Wilson_José_Witzel: 1, (tacit) ele/ela (referent: Wilson_José_Witzel): 1, ele (referent: Witzel): 1, Witzel: 1, Wilson_Witzel: 1
4 Luiz Lima 0 0 PERSON 4 Luiz_Lima: 2, (tacit) ele/ela (referent: Luiz_Lima): 2
5 acesso 0 0 NONE 3 acesso: 1, o acesso: 2
6 eu 0 0 NONE 3 (tacit) eu: 3
7 acusação 0 100 NONE 2 a acusação: 2
8 provas 160 0 NONE 2 provas: 2
9 documentos 35 0 NONE 2 documentos sigilosos: 1, outros documentos: 1
10 deputado 0 0 NONE 2 O deputado federal: 1, o deputado: 1