Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Wikcionário

O Rio tem que receber até o fim da semana mais de 160 mil doses de vacinas contra a gripe. A imunização contra a enfermidade está suspensa na capital desde a última sexta-feira pela falta de doses. Nas últimas semanas a cidade do Rio vive um surto da Influenza, que provocou uma ampliação de 400% no número de atendimentos nas Unidades de Pronto Atendimento do governo estadual.

Um dos idealizadores do InfoGripe, o epidemiologista Leonardo Bastos alega que os números do estado são compatíveis com os de um surto por enfermidade respiratória.

Faz 1 mês, a cidade de o Rio teve uma ampliação de %37 em o número de casos identificados de síndrome gripal entre as semanas epidemiológicas 45 e 46, em o domingo 28 de novembro. A Secretaria municipal de Saúde atribuía o dado ao surto de Influenza, que, segundo a pasta, provocou 6.500 infecções nos últimos sete dias.

Segundo o Ministério da Saúde, a pasta está remanejando doses da vacina influenza de outros estados para atendimento da procura do Rio.

De acordo com a secretaria estadual de Saúde já foram vacinadas mais de 4,4 milhões de pessoas em todo o Rio, mas deste total somente 58,4% da população do público-alvo da campanha receberam o imunizante.

A definição de saúde tem implicações legais, sociais e econômicas dos estados de saúde e enfermidade.

Com um surto de gripe, a cidade do Rio registrou, em uma pausa de duas semanas, mais que o dobro de pessoas com sintomas respiratórios leves. Dados do Painel Covid da prefeitura do Rio assinalam que, na semana 45, entre os dias 7 e 13 de novembro, foram quase 12 mil casos. Já na semana epidemiológica 47, entre 21 e 27 de novembro, 25,7 mil cariocas começaram a ter sintomas de gripe, uma ampliação de 115%.

Na sua vez, — É uma suposição muito provável, mas é necessário aguardar as próximas semanas para que sejam introduzidos os resultados laboratoriais nos registros do Sivep — declara o pesquisador Marcelo Gomes, do grupo de Métodos Analíticos em Vigilância Epidemiológica da Fiocruz . — Entre os registros que já têm resultado laboratorial , nas crianças continuamos vendo majoritariamente casos de vírus sincicial respiratório , e nas demais faixas etárias SARS-CoV-2 .

Réveillon 2022 no Rio: comitê científico do estado analisa opções para a celebração de Copacabana

O Ministério da Saúde define como casos de síndrome gripal aqueles em que o paciente relata ao menos dois dos seguintes sintomas: febre, arrepios, dor de garganta tosse, coriza, distúrbios olfativos ou distúrbios gustativos. Dor de garganta é dor de cabeça.

O recorde semanal de pessoas exibindo um quadro respiratório leve quando diagnosticou, foi no fim de agosto, ainda no inverno carioca-se pessoas quase 57 mil com síndrome gripal. O índice estava abaixo de 25 mil casos há sete semanas seguidas e agora volta a ficar no mesmo platô que no fim de sembro.

‘Passaporte da vacina’: veja onde ele se o vai exigir em o Rio

Com a ampliação de pessoas que buscam as unidades de saúde por atendimento com medo de estarem contagiadas com a Covid-19, o número de testes para coronavírus também aumentou na cidade no mesmo pausa. Na última semana foram 18.438 testes para diagnosticar a Covid-19, mas somente somente 1% deram positivo para a enfermidade.

De acordo com a secretaria municipal de Saúde, o mapeamento viral assinala que, entre os casos de Síndrome Gripal não-covid, 95,5% são provocados pela influenza A .

Segundo a prefeitura do Rio, os bairros com maior número de casos são Rocinha, Vila Kennedy, Barra da Tijuca, Alemão, Ilha do Governador e Tijuca. Não há registro de óbitos pela enfermidade.

Um dia após pacientes descontes impedirem que uma médica deixasse a UPA de Rocha Miranda ao fim do plantão, quem procura a unidade na manhã desta terça-feira funcionários orientam ele a procurar outra unidade de a rede. Como não há médicos no local Irajá, Madureira e até Costa Barros, também na Zona Norte. Local é a recomendação é que pacientes se conduzam aos postos de Marechal Hermes. O GLOBO esteve na unidade às 8h40 e ficou até 10h. Ao menos 20 pacientes relataram sintomas como febre, dor no corpo e tosse e não tiveram atendimento.

Influenza: questões e respostas sobre a gripe; veja sintomas, cuidados e diferenças para a Covid-19

Um dos pacientes foi o vendedor Carlos Albetto Ferreira de Vasconcelos Júnior, de 27, anos. Morador de Tiriaçu, a pouco quilômetros da UPA de Rocha Miranda, ele foi o local em busca de assistência médica. Depois de ser informado que não tinha atendimento, ele quase desmaiou e a irmã ajudou ele.

— Dormência no corpo e comecei a suar frio agora de manhã. Eu estou assim há cinco dias. Com febre, dor no corpo e pressão alta. Agora não sei o que fazer. Vou ter que ir a Marechal Hermes para receber atendimento. É bastante triste isso — desabafou.

Cobertura vacinal baixa: No Rio, 30% das cidades ainda não têm metade da população com duas doses da vacina contra Covid-19

A merendeira Ana Cristina Rodrigues da Silva, 38 anos, também esteve no local. Ela recordou que a UPA está vazia porque não tem médicos. Funcionários informaram O GLOBO de o local que há pelo menos uma semana não há médicos em número suficiente.

— Eu vim tentar atendimento porque estou com dor no corpo, febre, fadiga, mas cheguei aqui e não tem atendimento. A UPA está vazia e não há funcionário.

Réveillon na pandemia: Paes declara que pediu a Castro análise de comitê científico sobre queima de fogos em Copacabana

A situação é triste. O sentimento é de amargura e imponência. Vou ter que ir para Marechal e espero que tenha atendimento — declarou a mulher, que completou:

— Eu acho que estou com influenza.

De acordo com a Secretaria municipal de Saúde , mais de 21 mil pessoas foram atendidas e diagnosticadas com crime nas últimas três semanas na capital fluminense. Por sua vez, a Secretaria estadual de Saúde declara que a média de atendimento de pacientes com suspeita da enfermidade saltou de 189 por dia, entre 16 e 21 de novembro, para 1.000 diariamente na semana seguinte. Isso equivale mais de 400% de ampliação.

Já o método de enfermagem Adriana Cristina Fomes da Silva, de 43 anos, tem peregrinado desde cedo em busca de atendimento para o filho de 13 anos que está com sintomas de gripe. O adolescente não consegue caminhar.

— Ele está com muita dor de garganta náusea e prostrado. Muita dor de garganta é febre. Fui à UPA de Irajá e não havia pediatria. Vim aqui na esperança de conseguir atendimento para ele e nada. Me mandaram lá para Madureira ou Costa Barros. É revoltante e triste ver isso, já que sou da área da saúde. Estou peregrinando com o meu filho de carro. Meu irmão está levando a gente. E se ele não tivesse carro? Teríamos que gastar muito dinheiro de passagem. O sentimento é de impotência. Vou a Madureira e, terei que levá-lo aumahospitala particular, se não achar.

Só os vacinados: Escolas de samba e blocos conservam planos para o carnaval, que vai ter ‘passaporte da vacina’ na Sapucaí

Quem procurou atendimento no espaço de saúde para a filha de 2 anos foi a autônoma Márcia Rayane Bernardes Gonçalves Silva, 25. Ela declara que Jasminny Gonçalves Silva está com febre, tosse e dor de garganta. A criança não recebeu atendimento.

— Vou para casa esperar meu irmão chegar para levá-la na UPA de Madureira. Infelizmente, não há médico.

A auxiliar de serviços gerais Renata de Jesus, de 46 anos, chegou à UPA de Rocha Miranda pouco depois das 9h30. Reclamando de muita dor no corpo, ele chorou e apelou por atendimento. Faz 1 dia, ela também esteve em o local e ainda não conseguiu uma consulta médica. Por mais de 19 horas ela tentou atendimento no local. Com uma amiga, ela conseguiu uma carona e foi para a UPA de Irajá.

— Faz 1 dia, estive aqui, mas não havia médico. Cheguei de manhã e fiquei até 12h. Faz 1 dia, uma médica deveu sair. Mandaram que eu voltasse à noite, mas continuou sem médico. Agora também não. Estou no limite, não estou suportando mais. Sinto muita dor no corpo. Me auxiliem.

Onde é compulsório: Tire suas dúvidas e saiba onde e de quem o ‘passaporte da vacina’ é cobrado no Rio

Procurada, a direção da UPA de Rocha Miranda declarou que um médico está fazendo o atendimento nesta terça-feira. No entanto, pacientes negam a informação.

Informou-se Renata que mora em Coelho Neto e desde cedo peregrina por atendimento após chegar em a UPA de Irajá, ,, que em esta terça somente um médico está em a unidade.No entanto, ele precisou sair em uma ambulância para fazer atendimento. Os funcionários teriam declarado que não existe previsão de volta do profissional nem de atendimento.

Réveillon: Com confirmação de fogos e ausência de shows em Copacabana, quiosques relatam ampliação de demanda

— O médico saiu, sem previsão de volta. Ficarei porque não estou suportando. Há muita gente lá dentro. Tem umas 60 pessoas na minha frente. Me deram uma pulseira para eu aguardar.

Mirian Nascimento da Silva Azevedo, 39 anos, e a filha de 1 ano conseguiram atendimento. Ambas chegaram antes das 7h30 e antes que o médico deixasse, se as atendeu o local.

— Eu cheguei às 7h30 e só consegui atendimento depois das 10h. Tem vindo muita gente de fora para cá e por isso está tardando. Eu e minha milha estamos com gripe e teremos que nos medicar.

Réveillon 2022: Castro confirma queima de fogos em Copacabana e em outros pontos da capital

A aposentada Selma Luiz Coutinho, 64, esteve na UPA de Irajá para receber atendimento do marido que está internado. Se a informou no entanto, que nenhum expert poderá recebê a para passar detalhes de o quadro clínico de o companheiro..

— Ontem estava bastante repleto e hoje também. Meu marido está internado aqui e não eu consegui falar com o médico porque ele não está. Desejo informações para transferi-lo, mas a direção medeclaroue que, por conta da gripe,assclínicass estão lotados e eledeverá ficarr aqui.

Nem nas tendas montadas pela Secretaria estadual de Saúde em UPAs para os casos de gripe estão dando conta da procura. De acordo com pacientes, a sala de espera está lotada e as pessoas esperam a vez do lado de fora.

A açougueira Daniella Dias Letra, 32, foi com a mãe até a UPA de Marechal Hermes após passar por pelo menos outras três unidades em busca de atendimento para si e as filhas. Sentindo muita dor no corpo e febre, ela utilizava uma mantinha para se esquentar.

— Sinto dor no corpo há alguns dias e Faz 1 dia, piorou. Procuro médico há cerca de uma semana e não tenho encontrado médico. Fui no Getúlio Vargas, na UPA de Rocha Miranda e no PAM de Irajá e nada. Hoje consegui aqui. Mas tem muita gente. Muita gente mesmo — Daniella.

IPVA 2022: desconto para motorista do Rio que pagar imposto em cota única vai ser de 3%

O bombeiro hidráulico Alexandre Astolfo de Oliveira, 46, voltou na UPA de Marechal Hermes nesta terça para acompanhar o filho de 21 anos que está com suspeitas de influenza. No último sábado, ele declara que já havia estado na unidade de saúde para acompanhar a filha de 20 anos que foi diagnosticada com gripe.

— Minha filha veio no último sábado, se a atendeu não e voltou para casa porque estava bastante repleto. Faz 1 dia, veio e deram somente um medicamento para gripe. Não fizeram exames e nem nada. Agora eu vim com o meu filho que também está com os sintomas. Ele está na fila esperando para ser atendido. Na última vez, a minha filha tardou mais de duas horas para ser atendida — realçou.

A Secretaria estadual de Saúde reforçou o atendimento da gripe com tendas nas UPA de Botafogo, de Marechal Hermes e Tijuca. Existem expectativas de serem instaladas tendas nas seguintes unidades: Penha e Jacarepaguá. As UPAS da Penha e do Engenho Novo também estão recebendo uma alta demanda por atendimento.

Alexandre Teles, presidente do Sindicato dos Médicos declarou à TV Globo que “a questão da falta de médicos noashclínicasde urgência e emergência e nas unidades de pronto atendimento não é uma questão nova”.

— Agora com a pandemia e com o surto da gripe isso se torna mais evidente. Profissionais da rede municipal não têm planos de carreira e os plantões estão superlotados. Em locais que teriam que ter seis , sete pessoas, estão sendo contratadas duas três vagas.

As clínicas de campanha pertencem há mais de dez anos à Secretaria de Estado de Saúde e por isso não vgerarãocpreçosextras, ddeclaraa pasta. A intenção é que elas permaneçam mobilizadas ao longo de todo o mês de dezembro, mas o programa poderá ser modificado em caso de melhora ou piora do surto de gripe.A habitante do bairro Pilar, Gleice Kelly dos Santos, de 21 anos, aguardava atendimento para o filho, um bebê de somente 5 meses. Ela chegou na UPA por volta de 12h, e às 14h só tinha passado pela triagem, ainda sem atendimento médico. O bebê estava tossindo há uma semana. Ela suspeita que é gripe, porque a vó dele, com quem divide o quintal de casa, estava gripada.

A Secretaria de Estado de Saúde informa que hoje há 28 UPAs sob responsabilidade da SES. «Nesta terça-feira, havia três clínicos e um pediatra atendendo na UPA Irajá. Foram registrados, das 8h até as 16h, 117 atendimentos, sendo 22 por síndrome gripal. As equipes médicas também se dedicam ao atendimento de sete pacientes internados na sala amarela e dois na sala vermelha da unidade», declara a pasta, em nota.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: Uruguay, Colombia, Chile

Cities: Rocha, Copacabana, Castro

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Surto de gripe: Rio vai receber 160 mil doses da vacina até o fim da semana
>>>>>Em surto de gripe, Rio tem aumento de 25% em casos de síndrome respiratória aguda grave, apontam dados da Fiocruz – December 03, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Surto de gripe: média de atendimentos diários em UPAs estaduais no RJ sobe de 189 para mil em uma semana – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Surto de gripe: hospitais privados no Rio podem ter filas de até três horas para atender casos leves – December 01, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Surto de gripe no Rio: em sábado de sol e final da Libertadores, funcionárias de posto vão à rua oferecer vacina – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Prefeitura do Rio estuda cobrar ‘passaporte da vacina’ em hotéis para evitar turismo de não imunizados – November 29, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Surto de gripe: 96% dos internados por Influenza na cidade do Rio são crianças – November 25, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>’Internações de Covid-19 estão cada vez mais raras no Rio’, celebra secretário municipal – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Covid-19: Rio prevê encerrar aplicação do reforço na população adulta em julho de 2022 – November 22, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Carnaval 2022: após cancelamento de cidades em São Paulo e risco de suspensão da festa em Salvador, a folia no Rio está ameaçada? – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Secretários de Saúde do Rio enviam ofício ao governo federal pedindo ‘passaporte da vacina’ no carnaval de 2022 – November 25, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Carnaval 2022: Saúde do Rio diz ser ótimo cidade receber turistas de São Paulo e outros locais, mas pede responsabilidade com vacinação – November 25, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Covid-19: pessoas com 60 anos ou mais que tomaram a vacina da Janssen no Rio podem receber reforço de Pfizer – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Rio suspende vacinação contra gripe por falta de doses – November 30, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Com surto de gripe, Rio tem aumento de 37% em casos de síndrome gripal em uma semana – November 28, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>‘Gripe é uma doença que a gente pode evitar’, diz secretário de Saúde do Rio em dia de convocação para vacinação contra Influenza – November 24, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Com surto de Influenza, Rio tem aumento de 37% em casos de síndrome gripal em uma semana – November 28, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Saiba quais são os sintomas de Influenza, que podem ser confundidos com a Covid-19 – November 23, 2021 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Surto de gripe: RJ montará tendas para triagem e atendimento junto a UPAs – December 02, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Covid-19: contra variante Ômicron, RJ fará sequenciamento genômico de todos os viajantes estrangeiros que tiverem sintomas – November 29, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Castro diz que revéillon de 2022 será realizado, caso o quadro da Covid-19 na capital se mantenha – November 25, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Covid-19: Rio aplica a partir de hoje reforço em pessoas com menos de 60 anos que estão vacinadas há pelo menos 3 meses – November 29, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Covid-19: MP e Defensoria fazem recomendação para que Rio reveja critérios sanitários para a realização do réveillon e do carnaval – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Com menos de 50% das crianças vacinadas contra gripe, Caxias tem UPA pediátrica superlotada – December 06, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Com aumento de casos de gripe, UPA em São João de Meriti tem até 6h de espera para atendimento – December 01, 2021 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 80 40 NONE 50 (tacit) eu: 38, Eu: 4, eu: 4, Me: 3, me: 1
2 atendimento 0 0 NONE 18 o atendimento: 1, atendimento médico: 1, atendimento: 16
3 médico 0 90 NONE 10 O médico: 1, médico: 4, encontrado médico: 1, um médico: 2, o médico: 2
4 corpo 0 0 NONE 8 o corpo: 8
5 dor 0 0 NONE 7 dor: 4, muita dor: 3
6 local 0 0 NONE 7 local: 5, o local: 2
7 Secretaria 0 0 ORGANIZATION 6 (tacit) ele/ela (referent: A Secretaria municipal de Saúde): 1, a Secretaria estadual de Saúde: 2, A Secretaria estadual de Saúde: 1, A Secretaria municipal de Saúde: 1, a Secretaria municipal de Saúde: 1
8 a Castro 0 0 PLACE 6 (tacit) ele/ela (referent: Castro): 2, (tacit) ela (referent: Castro): 1, a (referent: Castro): 1, Castro: 1, a Castro: 1
9 gripe 0 0 NONE 6 a gripe: 1, gripe: 5
10 pessoas 0 0 NONE 6 pessoas: 3, sete pessoas: 1, as pessoas: 1, umas 60 pessoas: 1