Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Luís Roberto Barroso

– Ministro Luís Roberto Barroso decidiu protelar a execução da votação municipal em Macapá, capital do Amapá, até que o restabelecimento da energia elétrica no Estado seja inteiro. Ministro Luís Roberto Barroso é o presidente do Tribunal Superior Eleitoral . A resolução de Barroso atende a um pedido do Tribunal Regional Eleitoral do Amapá e vale somente para a capital do Estado. Foram suspensos não somente o primeiro turno, marcado para o próximo domingo, mas também o segundo, calculado para o dia 29 de novembro. De acordo com a resolução de Barroso, uma nova data será marcada assim que houver o restabelecimento total da energia elétrica no Estado e a volta das condições de segurança. O presidente do TSE informou que consultou a Polícia Federal, a Agência Brasileira de Inteligência e o Estado-Maior da Brigada da Foz, em Macapá, e o consenso é de que não há condições para execução das votações. Segundo os órgãos de segurança, a instabilidade no abastecimento de energia tem provocado ampliação da criminalidade e de riscos de convulsão social. O ministro, adicionando que, além da falta de energia, o efetivo da Polícia Militar na capital do Amapá não é suficiente para garantir a segurança. informou: «Parece fora de dúvida que os riscos assinalados pela autoridades hábeis justificam o deferimento das votações para data em que o exercício do voto possa se dar em ambiente de segurança e tranquilidade». «Nesse contexto, não é lícito exigir que a população de Macapá seja submetida ao sacrifício extremo de ser obrigada a comparecer às urnas em situação de ctragédiapública, reconhecida por decreto municipal, e, ainda, de risco à segurança», aalegou O TSE determinou ainda ele , que e então decidir , a carga de informações de as urnas o TSEtrônicas retirada que seja para evitar que se as utilizem até a nova data de a o TSEição. Depois que um incêndio atingiu a subestação de energia do Estado, o Amapá está sem energia elétrica regular desde o dia 3 deste mês. Somente depois de quatro dias de apagão inteiro em 13 dos 16 municípios do Estado, o governo federal mandou geradores. Em esse momento , o dia recomeçou em %80 de o Estado mas de maneira intermitente , por algumas horas de o dia, e em sistema de rodízio entre municípios e bairros de Macapá. Em entrevista a correspondentes estrangeiros mais tarde, Barroso declarou que outros municípios poderão ter o pleito protelado também no Estado se houver necessidade. A previsão do Ministério de Minas e Energia é que a situação se normalize no Estado até a próxima segunda-feira.

– Luís Roberto Barroso determinou na quarta-feira o deferimento votações municipais em Macapá, capital do Amapá. Luís Roberto Barroso é o presidente do Tribunal Superior Eleitoral . As votações em todo o Brasil estão programadas para o domingo. O deferimento atendeu a um pedido feito nesta quarta-feira pelo Tribunal Regional Eleitoral do Amapá que afirmou risco à segurança dos eleitores da capital por conta de protestos pcalculadospara domingo. Desde a semana passada, o Estado padece com um apagão. Se a definiu a nova data para as votações em Macapá ainda não . De acordo com profissão encaminhada pelo TRE-AP ao TSE, o deferimento das votações duraria até o reestabelecimento regular de energia elétrica na capital. O documento indica que várias manifestações estariam programadas para o dia das votações o que, segundo o TRE-AP, colocaria os eleitores em risco. Um trecho da profissão declara: «Convém realçar que no próximo domingo, dia 15.11.2020, várias manifestações estão sendo convidadas para demonstração de desagrado em frente aos locais de eleição, o que colocaria em risco os eleitores da Capital». O documento indica ainda que, desde o começo do apagão, ações de vandalismo supostamente coordenadas por membros de facções criminosas vêm sendo realizadas em Macapá e Santana, segunda maior cidade do Estado. Ainda que o TRE-AP se reuniu com integrantes da Agência Brasileira de Inteligência , do setor de inteligência do Exército e com a Polícia Rodoviária Federal, o documento declara. Mesmo indicando atos de vandalismo em Macapá e Santana, o TRE-AP pediu o deferimento das votações somente na capital do Estado afirmando que nas outras cidades o aparato disponível seria suficiente para garantir a segurança do pleito. Depois que um incêndio atingiu transformadores do sistema que abastece o Estado, o apagão no Amapá iniciou na terça-feira da semana passada. No começo do apagão, aproximadamente 90% da população do Amapá ficou sem energia. O governo federal declarou nos últimos dias que 80% do fornecimento de energia elétrica no Estado Já foi reestabelecido. Nesta quarta-feira, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre e o presidente do TSE conversaram sobre o deferimento das votações na capital do Amapá. O senador é irmão do empresário Josiel Alcolumbre , que lidera as pesquisas de intenção de voto para a disputa à Prefeitura de Macapá. Pesquisa do Ibope divulgada nesta quarta-feira, no entanto, mostra que os índices de Josiel caíram após o apagão. Em meio ao deferimento das votações, a disputa à Prefeitura de Macapá segue indefinida. Segundo pesquisa divulgada pelo Ibope nesta quarta-feira, Josiel Alcolumbre caiu nove pontos percentuais em relação à pesquisa anterior divulgada antes do apagão. Ele tem 26% das intenções de voto. Atrás dele estão Patrícia Ferraz , do Podemos, e o médico Dr. Fulan , do Cidadania. O ex-senador João Capiberibe, do PSB, está com 11%.- Quando transformadores pegaram fogo, a Justiça Federal do Amapá deu prazo de três dias para o restabelecimento de energia no Estado do Norte, que padece com consequências de um blecaute desde a última terça-feira. A informação é do senador por Amapá Randolfe Rodrigues , que divulgou a resolução judicial concedida no sábado. A multa, em caso de descumprimento, é de 15 milhões de reais. Em fala no Twitter, o senador alegou que as autoridades deverão comprovar, em até cinco dias, que inspecionar regularmente o contrato com a companhia responsável. Foi ainda determinada a instauração de investigação pela Polícia Federal, segundo ele. Autoridades declararam que um terceiro transformador estava em manutenção desde dezembro de 2019. Não foi possível confirmar imediatamente a informação do senador. Até sábado, a força-tarefa do governo federal conseguiu restabelecer pouco mais de 60% da carga do Estado, declarou o presidente Jair Bolsonaro na véspera. Ele reiterou informação do Ministério de Minas e Energia, de que a situação só vai estar 100% solucionada no Estado em dez dias. Para a regularização, é necessário o funcionamento de mais um transformador, que está sendo transportado de balsa até o Estado. Na madrugada de sábado, o sistema elétrico de Macapá voltou a ser conectado à rede de Transmissão do Sistema Interligado Nacional, com a cfinalizaçãode reparos em um dos transformadores da Subestação Macapá e o início gradativo do atendimento aos consumidores. Contudo, com exceção dos serviços imprescindíveis, as demais unidades consumidoras estão sendo atendidas em sistema de rodízio de energia em pausas de seis em seis horas em todo o Estado, informou o governo do Amapá em seu site.A Justiça Federal da 1ª Região deu prazo de três dias para que o abastecimento de energia elétrica seja restabelecido plenamente em todo o Amapá, sob multa de R$ 15 milhões. A Isolux, companhia responsável pela manutenção do serviço da subestação que provocou o apagão, tem que entregar em até 12 horas um plano de ação para solucionar o problema, sob pena de multa de R$ 100 mil, em caso de descumprimento.

Na quinta-feira 05 de novembro – A carga de energia no Amapá é de 30 MW até o momento, o que equivale a 10% do total consumido no Estado, enquanto autoridades lidam para restaurar a eletricidade na área atingida por um blecaute começado com incêndio em transformador na última terça-feira, informou o Operador Nacional do Sistema Elétrico nesta quinta-feira. Ainda que técnicos estavam fazendo, o ONS declarou «todo o esforço para regressar com um dos transformadores da subestação de Macapá e, com isso, conseguir restabelecer cerca de 70% da carga de todo o Amapá no menor prazo possível». Até o momento, já voltou a operar a hidrelétrica Coaracy Nunes. O diretor-geral do ONS, Luiz Carlos Ciocchi, e o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, estavam no Estado acompanhando a situação. O governo instituiu uma força-tarefa para atuar no caso. O ONS sobre o problema, que já completará 48 horas declarou: » evidenciávamo que a situação estava sendo progressivamente contornada e que as equipes realçadas permaneceriam mobilizadas até que o abastecimento de energia do Estado volte ao normal».

Luís Roberto Barroso é um jurista, professor e juiz brasileiro, atualmente ministro do Supremo Tribunal Federal e do Tribunal Superior Eleitoral, sendo o atual presidente desta corte.

Macapá é um município de Brasil, capital do estado do Amapá, Região Norte do país.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>TSE adia votação em Macapá e pode transferir pleito de outros municípios do Amapá se houver necessidade
>>>>>Presidente do TSE, Barroso adia eleições em Macapá em meio a apagão – November 12, 2020 (Extraoglobo-pt)
>>>>>Justiça dá 3 dias para retorno completo de energia no Amapá, diz senador – November 08, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Carga de energia começa a ser restabelecida no Amapá, diz ONS – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Amapá opera com apenas 10% da carga de energia após blecaute na terça-feira – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Ministro espera que até 70% da energia do Amapá esteja restabelecida na sexta – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Justiça determina retorno de energia em todo o Amapá em 3 dias. Multa é de R$ 15 milhões – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 o Estado 20 0 PLACE 13 o Estado: 12, todo o Estado: 1
2 TSE 0 0 ORGANIZATION 7 o TSE: 2, (tacit) ele/ela (referent: o TSE): 5
3 Macapá 0 0 PERSON 6 Macapá: 6
4 Amapá 80 20 ORGANIZATION 5 o Amapá: 3, O Amapá: 1, todo o Amapá: 1
5 apagão 0 0 NONE 5 O apagão: 1, apagão completo: 1, um apagão: 1, o apagão: 2
6 o adiamento de as eleições 0 0 NONE 5 o adiamento de as eleições: 5
7 risco 0 100 NONE 4 risco: 4
8 TRE-AP 80 0 ORGANIZATION 4 o TRE-AP: 4
9 situação 50 0 NONE 4 a situação: 4
10 eu 2 0 NONE 4 (tacit) eu: 4