Por: SentiLecto

– Cientistas de China anunciaram nesta segunda-feira a identificação de um subtipo de vírus da gripe em suínos que exibe potencial para gerar uma nova pandemia. O novo patógeno é variedade predominante do vírus influenza em fazendas de porcos na China, que sua contenção solicita medidas «urgentes», declaram os pesquisadores, desde 2016, em 10 regiões diferentes , e O grupo, liderado por Honglei Sun, da Universidade Agricultural da China, publicou uma caracterização do vírus na revista científica «PNAS», da Academia Nacional de Ciências dos EUA. Classificado num estudo com a sigla «G4 EA» , o vírus é um derivado do H1N1, grupo de vírus do qual um outro subtipo provocou a pandemia de gripe de 2009, que matou cerca de 250 mil pessoas no mundo. LEIA TAMBÉM: Incerteza sobre pacientes de Covid-19 recuperados atrapalha planos de reabertura Um dos aspectos angustiantes do novo vírus, de nome provisório «G4 EA H1N1″, alegam os cientistas, é que ele já parece ter alta habilidade de contagiar humanos, algo que surgiu de várias evidências. Primeiro, o vírus tem estrutura biomolecular parecida com a variedade que provocou a pandemia de 2009. Segundo, ele contagiou bem células humanas cultivadas em laboratório. Terceiro, ele contagiou bem furões, mamíferos que tem norma de vulnerabilidade similar ao humano. E, por último, exames de anticorpos feitos em trabalhadores da indústria da carne porca mostraram que vários deles já haviam sido contagiados pelo vírus. Se pressiona latinos em os EUA, sAIBA MAIS: com Covid-19 a trabalhar em a indústria de carnes De 338 operários que se submeteram a o teste, uma parcela de 35 exibiu anticorpos para o G4 EA H1N1. Entre os mais jovens, de 18 a 35 anos, a preponderância foi o dobro, de 20%. O monitoramento de vírus em suínos faz parte de um trabalho de rotina da vigilância em gripe na China, já que consideram-se esses animais os » caldeirões » biológicos onde espécies diferentes de influenza se mesclam e compram novas qualidades. Poucos vírus, porém, ganham o status de risco que o G4 EA H1N1 recebeu. De 179 vírus de gripe porca identificados pelos cientistas entre 2011 e 2018, o G4 foi aquele assinalado com maior risco de gerar uma epidemia em humanos. Sun e colegas no estudo alegam: «Controlar os vírus G4 EA H1N1 prevalentes em suínos e monitorar populações humanas, especialmente trabalhadores na indústria da pecuária porca, são medidas que devem ser implementadas com urgência».

Estes são links externos e vão abrir numa nova janelaAté o momento, não encarnou uma grande ameaça, mas o professor Kin-Chow Chang e colegas que o estudam declaram que temo que ficar de olho nele.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: NEGATIVE

Countries: United States, China

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Chineses identificam, em suínos, vírus de gripe com potencial de gerar nova pandemia
>>>>>Novo vírus da gripe com ‘potencial pandêmico’ é encontrado na China – June 29, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Rússia nega ser origem de nuvem de material radioativo suspeito sobre Escandinávia – June 29, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Nuvem de poeira ‘Godzilla’: quais os riscos à saúde gerados pelo fenômeno que chega às Américas – (BBCBrasil-pt)
>>>>>>>>>Coronavírus: como a ansiedade na quarentena afeta sua concentração – June 25, 2020 (BBCBrasil-pt)
>>>>>>>>>O que sabemos sobre a gordura saturada – e até que ponto ela é vilã – June 27, 2020 (BBCBrasil-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 vírus 0 50 NONE 7 vírus: 2, o vírus: 3, o novo vírus: 1, 179 vírus: 1
2 EA 0 0 ORGANIZATION 5 G4 EA: 3, o G4 EA: 2
3 porcos 0 320 NONE 4 porcos: 4
4 cientistas 0 100 NONE 4 Cientistas chineses: 1, os cientistas: 3
5 medidas 0 150 NONE 3 medidas: 2, medidas urgentes: 1
6 Também 0 0 PERSON 3 (tacit) ele/ela (referent: Também): 1, ele (referent: Também): 1, Também: 1
7 a China 0 0 PLACE 3 a China: 3
8 o vírus 0 170 NONE 2 ele (referent: o vírus): 2
9 mamíferos 0 140 NONE 2 mamíferos: 2
10 gripe 0 65 NONE 2 gripe suína: 1, gripe: 1