Por: SentiLecto

Estes são links externos e vão abrir numa nova janela

«Nós estamos na primeira onda. Vai ser uma grande onda. Não tem sentido falar de segunda ou terceira.»

Foi assim que a porta-voz da Organização Mundial de Saúde , Margaret Harris, respondeu nesta terça a uma questão sobre a reaceleração da pandemia de covid-19 em locais em que a curva de contágio vinha perdendo força.

Durante uma coletiva de jornalismo virtual, Harris evidenciou que o novo coronavírus não é um «vírus sazonal».

Diferentemente do vírus da influenza e da gripe, que costumam circular com maior frequência nas estações mais frias, o Sars-CoV-2 não segue uma norma sazonal – e tem afetado duramente inclusive países que estão no verão, como os Estados Unidos, hoje o mais atingido pela pandemia.

Chamar os novos surtos de segunda ou terceira onda, para a porta voz da OMS, passa a ideia de que o vírus se comporta de uma forma que está fora do controle do ser humano, quando, na verdade, há uma série de medidas que podem ser tomadas para evitar sua propagação.

«Esse vírus é bastante diferente – ele ‘gosta’ de toda espécie de clima. O que influencia na transmissão são as aglomerações, a concentração de pessoas e o desrespeito às medidas de prevenção e distanciamento social», drealçouHarris.

Assim, «temos uma grande onda com altos e baixos, que deveremos achatar para garantir que só nos molhe um pouco os pés», acrescentou. »Mas, no momento, primeira, segunda, terceira ondas, isso não faz sentido e não estamos definindo dessa maneira.»

As declarações de Harris foram feitas em meio aa ampliação no registro de novos casos em várias regiões do mundo, como na Ásia e na Europa, que pareciam haver conseguido retardar a curva de contágio.

Faz 4 meses, a China viu o maior incremento diário em o número de contagiados desde o fim de o mês de março, em o último dia 26 de julho. Hong Kong, por sua vez, ordenou novamente o encerramento de bares e restaurantes na tentativa de travar um novo surto.

O Vietnã, que não registrava nenhum novo caso desde abril, evacuou 80 mil pessoas da cidade de Da Nang após o surgimento de algumas dezenas.

Na Europa, países como Espanha, França e Alemanha observam com preocupação a ampliação do contágio e caso a situação não melhore, já advertiram sobre a chance de reimplementar medidas de confinamento.

«Parece que existe uma ideia arraigada de que se trata de um vírus sazonal, mas há um surto enorme, o mais intenso, nos EUA. E eles estão no meio do verão. O mesmo ocorre com o Brasil, um país tropical. E o hemisfério Sul está no momento no inverno.»

Pelo monitoramento da entidade, declara Harris, ao mesmo tempo em que os ncveis de covid-19 estão altos, os de influenza não estão. por isso, e esperado um surto mais tardio de influenza, que pode »colocar ainda mais pressão nos sistemas de saúde».

«Essa é uma visão muito reducionista da área de estudos populacionais, que deve se preocupar não apenas com variações dos eventos entre grupos de idade mas também em cada um deles, ao longo do tempo e entre gerações», explica.»Se os obstáculos caírem ainda mais, vemos extenso espaço para crescimento futuro. Em particular, estimamos que o PIB acabaria sendo 10% maior, sem obstáculos. Isso equivale a cerca de uma década de crescimento do PIB por trabalhador», declarou Pete Klenow.Autoridades de Espanha informam para a ampliação de casos em regiões como Catalunha e Aragão, implementaram-se novas medidas restritivas onde . Orientaram-se habitantes em Barcelona e arredores, a só sair de casa por motivos imprescindíveis.

Na segunda-feira 20 de julho “Metade do dinheiro que a China emprestava a países em desenvolvimento correspondia a créditos ocultos”, alegava à BBC Mundo o economista Christoph Trebesch, do Instituto Kiel para Economia Global, na Alemanha.

De acordo com os dados compilados pela Universidade Johns Hopkins até o último dia 28 de julho, há quase 17 milhões de pessoas contagiadas pelo novo coronavírus no mundo e mais de 660 mil mortos pela enfermidade provocada por ele, a covid-19.

Quase um mês depois da fala do presidente, no entanto, pesquisadores internacionais liderados pela pesquisadora brasileira Marília Nepomuceno, do Instituto Max Planck de Pesquisa Demográfica, na Alemanha, publicaram na mesma revista um texto em que discordam dessa ideia – a edição veio a público no dia 23 de junho.

O país mais afetado são os EUA, com mais de 4 milhões de pessoas infectadas e 150 mil vítimas. O Brasil vem em seguida, com 2,4 milhões de casos confirmados e mais de 88,5 mil mortes.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no ? Inscreva-se no nosso canal!

Final de YouTube post de BBC News Brasil

Final de YouTube post 3 de BBC News Brasil

Fonte: BBCBrasil-pt

Sentiment score: SLIGHTLY NEGATIVE

Countries: Brazil, United States, Vietnam, Hong Kong, China

Cities: Franca, Da Nang

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>O que está por trás da ideia de uma ‘onda grande e única de covid-19’, defendida pela OMS
>>>>>População de idosos não é único fator que explica mais mortes por covid-19, mostra pesquisa – July 28, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Ivermectina terá venda controlada após onda de rumores sobre tratamento para covid-19 – (BBCBrasil-pt)
>>>>>>>>>Cura para covid-19: os cientistas que buscam respostas no genoma de morcegos – July 23, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Esperar imunidade de rebanho ‘é absurdo e antiético’, diz líder de estudo que investiga quantos tiveram covid-19 no Brasil – (BBCBrasil-pt)
>>>>>>>>>>>>>Cientistas encontram ‘barata gigante’ que vive no fundo do mar – July 22, 2020 (BBCBrasil-pt)
>>>>>>>>>>>>>Medidas do Brasil são ‘insuficientes’ para conter coronavírus, diz força-tarefa internacional de cientistas – (BBCBrasil-pt)
>>>>>>>>>Os países que foram «exemplo» mas sofrem agora com segunda onda de covid-19 – July 25, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>‘Ainda nem completaram um ano’: o lugar no Texas onde 85 bebês já foram infectados pela covid-19 – July 20, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>EUA ultrapassam 139 mil mortes por Covid-19 – July 18, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>EUA ultrapassam pela 1ª vez marca de 70 mil contágios diários por coronavírus – July 16, 2020 (EfeGeneric)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>EUA superam marca de 138 mil mortes por Covid-19, segundo Johns Hopkins – July 17, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Mundo tem novo recorde diário de casos de covid-19 com altas nos EUA, Brasil e Índia – July 13, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>Como a ascensão de mulheres e negros impulsiona a economia – (BBCBrasil-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 ideia 0 30 NONE 5 a ideia: 2, essa ideia: 1, uma ideia arraigada: 2
2 Harris 0 0 PERSON 5 Harris: 4, (tacit) ele/ela (referent: Harris): 1
3 nós 0 0 NONE 5 (tacit) nós: 4, Nós: 1
4 países 0 0 NONE 4 países: 4
5 os EUA 0 95 PLACE 3 os EUA: 2, (tacit) eles/elas (referent: os EUA): 1
6 O Brasil 0 0 PLACE 3 o Brasil: 1, O Brasil: 1, (tacit) ele/ela (referent: O Brasil): 1
7 a Europa 0 0 PLACE 3 a Europa: 3
8 forma 0 0 NONE 3 essa forma: 1, uma maneira: 2
9 vírus 0 0 NONE 3 um vírus sazonal: 2, o vírus: 1
10 pessoas 0 120 NONE 2 pessoas infectadas: 1, pessoas contaminadas: 1