Por: SentiLecto

– Andrew Cuomo declarou nesta quarta-feira que vai trabalhar com os Estados vizinhos de Connecticut e Nova Jersey em um programa conjunto para rastrear os contatos de pessoas expostas ao coronavírus para tentar impedir uma disseminação ainda maior. Andrew Cuomo é o governador de Nova York. Michael Bloomberg vai comandar o esforço ambicioso para investigar casos em o Estado que é o epicentro de a crise em os Estados Unidos que vai fazer uma contribuição financeira , de » mais de 10 milhões » , declarou a assessora de o governador Melissa DeRosa , ex-prefeito de a cidade de Nova York e ex-pré-candidato presidencial , declarou Cuomo em entrevista diária. Muitos habitantes de Connecticut e Nova Jersey viajam para trabalhar em Nova York, o que amplia seu risco de contágio. Como as hospitalizações ligadas ao coronavírus mostram tendência de baixa em Nova York, Cuomo voltou sua atenção nos últimos dias ao desafio dos exames e rastreamento em larga escala, declarando que ambos são imprescindíveis para os nova-iorquinos poderem voltar a trabalhar. Cuomo declarou que os três Estados estão trabalhando como parte de uma aliança nacional mais extensa para organizar a reativação de suas economias. «É melhor fazer este rastreamento em uma área de três Estados. Por quê? Porque é como nossa sociedade funciona, o vírus não para em fronteiras jurisdicionais», explicou, pedindo um «exército» de milhares de pessoas para a iniciativa. Cuomo declarou que as hospitalizações de Covid-19, a enfermidade respiratória provocada pelo coronavírus, estavam abaixo de 16 mil na terça-feira, reduzindo pelo nono dia consecutivo. REUTERS PF

– Enquanto alguns Estados norte-americanos tentam reabrir suas economias atingidas pelo coronavírus em meio a protestos de apoiadores do presidente Donald Trump, ávidos por voltar ao trabalho, o Estado de Nova York, o mais atingido do país, começou a exigir a utilização de máscaras em público para conter a propagação do patógeno. Sábado marca o fim de outra semana em que milhões de norte-americanos ficaram sem pagamento. Mais de 20 milhões requereram vantagens de desemprego somente nas últimas semanas, em meio ao encerramento de companhias e escolas e severas limitações de viagens para tentar conter o vírus altamente contagioso que atingiu a economia dos EUA. Mesmo com grandes companhias como Walmart e Amazon.com contratando, alguns norte-americanos que vivem em áreas de Estados com taxas mais baixas de infecção ficaram inquietos com as limitações, levando a protestos nesta semana de simpatizantes de Trump em Minnesota, Michigan e Virgínia. Vários Estados, incluindo Ohio, Michigan, Texas e Flórida, declararam que pretendem reabrir partes de suas economias, talvez até 1º de maio ou mais cedo. Mas experts em saúde advertiram que, para evitar uma segunda onda de infecções à medida que as pessoas rregressamao trabalho, muitos testes precisam estar disponíveis para rastrear infecções, ase o icontagioualém de rastreamento de contatos e testes de anticorpos para saber quem jáe pode ter alguma imunidade. Andrew Cuomo declarou que era necessário financiamento federal para essa magnitude de teste e acusou Trump de passar a responsabilidade para os estados sem fornecer a assistência financeira necessária. Andrew Cuomo é governador do estado de Nova York. O número diário de mortes continua a ser devastador, com mais de 600 mortes por dia, enquanto as taxas de hospitalizações e a necessidade de leitos de terapia intensiva reduziram em Nova York. Para auxiliar a desacelerar a propagação do vírus, Cuomo implementou a utilização obrigatória de máscaras em todo o estado para qualquer pessoa em público incapaz de praticar o distanciamento social. As normas, que abrangem todos os que utilizam transporte público ou veículos de aluguel, entraram em forcita na sexta à noite.Em um post no Twitter, Trump provocou Gretchen Whitmer escrevendo «Libere Michigan», numa aparente referência a fortes críticas que incluíram protestos de rua contra medidas estritas determinadas por ela para conter a enfermidade em seu Estado. Gretchen Whitmer é a governadora de Michigan.Na sexta-feira, mais de 2 mil pessoas foram internadas no estado, aumentando o número total para 16.967 – uma queda de 1.300 hospitalizações nos últimos três dias. O número atual é similar ao registrado no final de março, quando a Covid-19 se aproximava de seu pico na região.

Na quarta-feira 15 de abril – As hospitalizações de pessoas com o novo coronavírus exibiram uma queda pelo segundo dia em Nova York e o Estado mandará ventiladores para Michigan e Maryland, aumentando sinais de que algum controle está sendo ganho sobre o surto, declarou o governador Andrew Cuomo nesta quarta-feira. Cuomo também divulgou em seu briefing diário um esboço de como ele começará a reabrir a economia de Nova York, começando com os negócios mais imprescindíveis e naqueles em que o risco de propagação da infecção era menor. Ele alegou que um total de 18.335 pessoas foram hospitalizadas em Nova York por causa do Covid-19, a enfermidade respiratória provocada pelo novo coronavírus, abaixo dos 18.697 do dia anterior, que marcou o primeiro declínio desde o começo da crise. No entanto, os pacientes recém-admitidos nas clínicas por Covid-19 chegaram a 2.253 na terça-feira, em comparação a 1.649 no dia anterior, enquanto 752 mortes foram registradas, pairando no mesmo nível aumentado em que estiveram npassada. Cuomo declarou que Nova York mandaria 100 ventiladores para Michigan e 50 para Maryland a fim de auxiliar esses Estados. O governador, que disse que Nova York já passou pelo pior estágio da pandemia, alegou que não acreditava que a crise realmente concluiria até que uma vacina fosse desenvolvida, o que ele calculava que levaria de 12 a 18 meses. Até aquele momento, Nova York, que estava organizando sua reabertura com seis Estados vizinhos, precisava adotar uma abordagem incremental para suprimi as limitações de negócios e escolas, declarou Cuomo. Cuomo alegou: » precisávamo construir uma ponte para a reabertura da economia». «Estamos indo para um lugar diferente – um novo normal.» Ele repetiu um pedido ao governo federal para auxiliar a implementar testes rápidos em larga escala, um processo que ele acreditava ser essencial para reabrir a economia, mas com que os Estados estavam mal equipados para lidar sozinhos. Cuomo declarou: «Não podíamo fazer os testes e rastrear sem assistência federal».

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: NEUTRAL

Countries: United Kingdom, United States

Cities: York

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Nova York começará rastreamento de vírus em 3 Estados com assistência de Michael Bloomberg
>>>>>Alguns Estados dos EUA miram reabertura econômica; Nova York exige uso de máscaras – April 18, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Governador de Nova York diz que ‘pior já passou’ ao ver menor crescimento de mortes por coronavírus – April 13, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Velocidade de mortes por coronavírus choca médicos; Nova York tem 779 mortos em um dia – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Nova York fica ‘cautelosamente otimista’ com 1ª queda diária em pacientes na UTI – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Estado de Nova York tem pico de mortes por coronavírus, mas hospitalizações diminuem – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Hospitalizações do coronavírus caem no Estado de Nova York pela primeira vez – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Hospitalizações por vírus em Nova York caem pelo 2º dia, diz governador – April 15, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Governador de Nova York diz que não obedeceria se Trump ordenasse reabertura – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Prefeito de Nova York anuncia plano para evitar a fome entre população – April 15, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Prefeito de Nova York determina que escolas públicas permaneçam fechadas pelo resto do ano letivo – April 11, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Cidade de Nova York tem mais mortos por Covid-19 do que no 11 de setembro – April 07, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Número real de mortes por Covid-19 em Nova York é muito maior, diz prefeito – April 08, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Governador de Nova York diz que número de mortes ‘seguirá alto ou vai aumentar’ nos próximos dias – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Trump ataca governadores em batalha com Estados sobre isolamento por coronavírus – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Nova York registra o menor número de mortes por Covid-19 em duas semanas – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Andrew Cuomo 0 0 PERSON 15 o governador Andrew_Cuomo: 1, Andrew_Cuomo (apposition: governador de o estado de Nova_York, o mais atingido): 1, ele (referent: Cuomo): 1, Cuomo: 10, Andrew_Cuomo (apposition: O governador de Nova_York): 1, Ele (referent: Cuomo): 1
2 Nova Jersey 0 0 PERSON 10 Nova_York: 8, Nova_Jersey: 2
3 Estados 0 90 ORGANIZATION 8 os Estados vizinhos de Connecticut: 1, (tacit) eles/elas (referent: Vários Estados): 2, alguns Estados norte-americanos: 1, os Estados: 1, Vários Estados: 1, seis Estados vizinhos: 1, os três Estados: 1
4 coronavírus 0 0 NONE 4 o coronavírus: 3, o novo coronavírus: 1
5 nós 0 0 NONE 4 (tacit) nós: 4
6 Donald Trump 60 0 PERSON 3 Trump: 2, ela (referent: Trump): 1
7 Michael Bloomberg 0 0 PERSON 3 Michael_Bloomberg: 2, (tacit) ele/ela (referent: Michael_Bloomberg): 1
8 Michigan 0 0 PERSON 3 Michigan: 3
9 esta 0 0 NONE 3 esta: 3
10 norte-americanos 0 200 NONE 2 alguns norte-americanos: 2