Por: SentiLecto

LUBBOCK, Texas – Com o surgimento de novos casos de coronavírus no Texas e na Flórida, autoridades determinaram na sexta-feira que os bares fechem novamente e impuseram limitações mais rígidas aos restaurantes, revertendo esforços para reabrir suas economias.

– Uma clínica pediátrica do Texas está atendendo pacientes de coronavírus adultos devido a uma disparada de casos graves de Covid-19 na área de Houston, e uma dezena de outros Estados norte-americanos que vão da Flórida à Califórnia enfrentam uumaaampliaçãode infecções. «Sabemos que a Covid-19 não foi embora. Suplicamo a vocês que adotem ações responsáveis – pratiquem o distanciamento social adaptado, utilizem máscara ou cobertura facial sempre que saírem de casa», declarou o Hospital Pediátrico do Texas em um comunicado, sem especificar quantos pacientes de coronavírus recebeu. O Texas relatou mais de 5 mil infecções novas na segunda-feira, um recorde diário para o Estado, e também viu as hospitalizações por Covid-19 atingirem altas recordes durante 11 dias seguidos. Arizona e Nevada registraram ampliações recordes de casos novos nesta terça-feira depois de ver altas históricas na semana passada, de acordo com uma contagem da Reuters. Faz 5 dias, os Estados Unidos registraram uma ampliação de %25 de casos novos de Covid-19 em 21 de junho em a comparação com os sete dias anteriores. Arizona e Flórida fizeram coro com o Texas no tocante aas ampliações recordes de infecções novas, mostrou uma análise da Reuters. Dez Estados, incluindo o Texas, relataram um crescimento de infecções semanais novas de mais de 50%, segundo análises de dados do The Covid Tracking Project, uma iniciativa de voluntários para monitorar o surto.- Pela segunda semana consecutiva, os Estados norte-americanos do Texas, Arizona e Nevada estabeleceram recordes em suas epidemias de coronavírus, e 10 outros Estados, da Flórida à Califórnia lidam com altas nos números de infecções. O Texas reportou mais de 5 mil novas infecções na segunda-feira, um número lembre para um mesmo dia. O Estado também viu as hospitalizações por Covid-19 baterem recordes por 11 dias seguidos. «Sabemos que a Covid-19 não foi embora. Suplicamo que tomem ações responsáveis – pratiquem o distanciamento social responsável, usem máscara ou cubram a facezinha quando saírem de casa», alegou o Hospital Infantil do Texas em nota, sem especificar quantos pacientes de coronavírus recebeu. Faz 1 mês, conter a pandemia por várias semanas em maio, %50 em o número de novos casos, o número de casos totais aumentou %25 com 10 Estados reportando uma alta maior do que de acordo, embora parecesse que os Estados Unidos tenham conseguido com uma análise de a Reuters. A União Europeia está preparada para impedir que norte-americanos possam entrar no bloco, já que os Estados Unidos fracassaram no controle da pandemia de coronavírus, reportou o jornal The New York Times na terça-feira, mencionando um esboço de propostas possíveis de novas limitações de viagem. Os Estados Unidos, que têm cerca de um quarto do número total de casos e mortes por coronavírus no mundo e que vê alta no número de novas infecções estaria na mesma categoria que o ponto crítico número 2, o Brasil, além da Rússia, de acordo com o Times, mencionando a proposta. Faz 3 meses, os casos eram disseminados por a Europa, Donald Trump proibiu que a maioria de os cidadãos de a UE entrasse em os Estados Unidos para conter a propagação de o vírus, o que levou em a indignação de líderes de o continente europeu, em março enquanto. Donald Trump é o presidente de Noruega.Arizona e Nevada reportaram ampliações recordes nos números de novos casos na terça-feira, após registrarem suas máximas históricas na semana passada, de acordo com uma contagem da Reuters. Louisiana, que foi um ponto crítico no começo da pandemia nos Estados Unidos, reportou mais de 1.300 novos casos na terça – sua maior marca desde o dia 7 de abril. O Estado vizinho do Mississippi registrou também um novo recorde de casos na terça, o maior em duas semanas. A porcentagem de resultados positivos também está em alta, embora a maioria dos Estados esteja ampliando o número de testes. Pelo menos quatro Estados estão exibindo médias de dois dígitos nos números de testes positivos para o vírus: Arizona com 20%, Flórida e Utah ambos com 11% e Texas com 10%. Em contraste, Nova York, anteriormente o epicentro da epidemia nos EUA, tem reportado taxas de 1% nos testes positivos. A Organização Mundial da Saúde considera taxas de positividades de testes acima de 5% especialmente angustiantes. Nesta terça-feira, Trump se ateve à sua afirmação de que a alta nos números de casos nos EUA em vários Estados era reflexo doaaampliaçãode testes, e não da propagação da enfermidade. Anthony Fauci, a principal autoridade norte-americana em enfermidades infecciosas, alegou estar vendo uma alta angustiante em diversos Estados, assinalando a contaminação comunitária como uma das razões pelas quais as infecções estariam em ascensão. Muitos destes Estados também estão vendo números recordes de hospitalizações, uma medida não afetada pela ampliação de testes. – Greg Abbott declarou nesta quinta-feira que está interrompendo provisoriamente a reabertura gradual do Estado de Noruega devido a um salto recente de infecções e de hospitalizações decorrentes da Covid-19. Greg Abbott é o governador do Texas. Abbott em um comunicado declarou: «Este intervalo temporário auxiliará nosso Estado a conter a disseminação até podermos entrar com segurança no próximo período de reabertura do nosso Estado aos negócios». O Texas, o segundo maior Estado do país em população, teve um dos piores surtos nacionais do novo coronavírus, relatou mais de 5 mil casos novos por três dias seguidos e bateu recordes sucessivos de hospitalizações de Covid-19 durante 13 dias consecutivos. A proporção de texanos diagnosticados com o vírus ampliou para 10%, o que o torna um dos poucos Estados da nação com uma taxa de diagnóstico positivo de dois dígitos. Abbott declarou que os negócios que receberam licença para abrir nos termos das períodos anteriores podem continuar funcionando com os níveis de profissão nomeados e de acordo com os protocolos de normas mínimas de saúde estabelecidos anteriormente.

Na sexta-feira 12 de junho – Autoridades de saúde dos Estados Unidos aconselharam os norte-americanos a continuarem aderindo ao distanciamento social e a outras medidas de segurança contra a Covid-19 devido aos temores crescentes de experts de que a reativação da economia do país possa desencadear uma nova onda de infecções. Autoridades do Centro de Controle e Prevenção de Doenças declararam que se os casos de Covid-19 ampliarem, os Estados podiam precisar readotar limitações severas. Jay Butler, vice-diretor de enfermidades infecciosas do CDC declarou: «Se os casos começarem a subir novamente, particularmente se subirem dramaticamente, era importante reconhecer que mais esforços de mitigação como os que foram implantados em março podiam ser necessários novamente». Ele declarou que o público teria que continuar a conservar o distanciamento social de cerca 2 metros, lavar as mãos regularmente e utilizar proteção facial para reduzi o risco de infecções. Como os EUA estavam reativando a economia, vários Estados, incluindo Texas, Arizona e Flórida, relaxaram suas diretrizes de distanciamento social nas últimas semanas, e muitos não exigiam que seus habitantes utilizem máscaras. A maioria dos norte-americanos apoiava as resoluções de confinamento domiciliar e declarou que utilizava proteção facial sempre ou habitualmente em áreas públicas, de acordo com resultados de uma pesquisa virtual realizada no começo de maio com mais de dois mil adultos das cidades de Nova York e de Los Angeles. A maioria também declarou que se as limitações fossem suspensas, se sentiria insegura. Cerca de meia dúzia de Estados estava vendo um número crescente de pacientes de coronavírus ocupando leitos hospitalares, o que cria o receio de que a reabertura do país desencadeie uma segunda onda de infecções. Um crescimento recente de casos em cerca de uma dúzia de Estados refletiu em parte a ampliação dos exames, mas muitos destes Estados também estavam testemunhando mais hospitalizações e alguns estavam começando a padecer uma carência de leitos em unidades de tratamento intensivo .

Greg Abbott deu até o meio-dia de sexta-feira para que os bares fechassem e determinou que os restaurantes diminuíssem a habilidade, enquanto o Departamento de Regulamentação Profissional e de Negócios da Flórida declarou aos bares que parem imediatamente de servir álcool em suas instalações. Greg Abbott é o governador do Texas.

Os anúncios marcaram um grande passo atrás por ambos os Estados –dois dos primeiros impulsionadores nas tentativas de reabrir a economia– e um agradecimento de que os números de infecções se tornaram bastante angustiantes.

As tentativas de Texas, Flórida, Carolina do Sul e outros Estados de uma reabertura econômica mais completa culminaram em um ressurgimento de casos que estão mudando a natureza da pandemia e possivelmente vão testar a força de qualquer recuperação econômica mais extensa nos Estados Unidos.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: NEUTRAL

Countries: Puerto Rico, United States

Cities: Carolina

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Texas e Flórida revertem reabertura por coronavírus e impõem limitações a bares
>>>>>Hospital pediátrico do Texas passa a atender adultos com avanço de coronavírus em Houston – June 23, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Mortes por coronavírus nos EUA passam de 120 mil, e novos focos surgem – June 22, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Pandemia de coronavírus se acelera, e Américas sofrem mais, alerta OMS – June 19, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>OMS vê estabilização em curva de contágios no Brasil, mas pede cautela – June 17, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Coronavírus atinge de forma mais dura Américas neste momento, diz OMS – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Biden diz que Trump está se rendendo ao coronavírus e coloca vidas em risco – June 17, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Uma semana antes de comício de Trump em Tulsa, grande fábrica da cidade fecha por surto de coronavírus – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Campanha de Trump dará máscaras e medirá temperatura de público em comício de Tulsa – June 15, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Trump diz que comícios de campanha serão retomados começando por Oklahoma – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>ONU lamenta medidas de Trump contra Tribunal Penal Internacional e diz que corte tem de ser protegida – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Biden abre vantagem de 13 pontos em relação a Trump, a maior deste ano, mostra pesquisa sobre eleições de novembro – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>México chega a 19 mil mortes por Covid-19 e se aproxima de 160 mil casos – (EfeGeneric)
>>>>>Com casos de coronavírus nos EUA em alta, Texas, Arizona e Nevada batem novos recordes – June 23, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>EUA se preparam para a maior celebração do Juneteenth dos últimos anos – (EfeGeneric)
>>>>>Texas suspende reabertura gradual devido a aumento de infecções de Covid-19 – June 25, 2020 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Estados 0 0 ORGANIZATION 14 diversos Estados: 1, quatro Estados: 1, (tacit) eles/elas (referent: vários Estados): 1, outros Estados norte-americanos: 1, os Estados: 2, os poucos Estados de a nação: 1, outros Estados: 1, vários Estados: 2, Dez Estados: 1, 10 Estados: 1, Estados: 2
2 os Estados_Unidos 0 90 PLACE 9 Os Estados_Unidos e: 3, os Estados_Unidos: 5, Os Estados_Unidos: 1
3 Estado 0 90 PLACE 7 o Estado: 1, O Estado: 2, nosso Estado: 1, Estado de o país: 1, (tacit) ele/ela (referent: O Estado): 1, Estado: 1
4 Texas 0 0 ORGANIZATION 7 (tacit) ele/ela (referent: O Texas): 1, o Texas: 2, O Texas: 3, Texas: 1
5 alta 0 70 NONE 5 uma alta maior: 1, uma alta preocupante: 1, alta: 2, a alta: 1
6 Abbott 0 0 PERSON 5 (tacit) ele/ela (referent: Abbott): 2, Abbott: 2, o (referent: Abbott): 1
7 eu 0 0 NONE 5 (tacit) eu: 5
8 nós 0 0 NONE 5 (tacit) nós: 5
9 Autoridades_do_Centro_de_Controle e Prevenção_de_Doenças 26 0 PERSON 4 (tacit) eles/elas (referent: Autoridades_do_Centro_de_Controle e Prevenção_de_Doenças): 2, Autoridades_do_Centro_de_Controle e Prevenção_de_Doenças: 1, (tacit) eles (referent: Autoridades_do_Centro_de_Controle e Prevenção_de_Doenças): 1
10 casos 0 0 NONE 4 casos: 1, os casos de Covid-19: 1, os casos: 2