Por: SentiLecto

Alunos em Madri desejam que a Universidade Rei Juan Carlos mude de nome, algumas cidades planejam o mesmo para diversos parques e ruas, e depois que ele deixou o país em meio a um escândalo de corrupção, memes ironizando o ex-monarca espanhol dominaram as redes sociais.

A Constituição, a fragmentação política e as pesquisas de opinião, que há anos mostram que a população está dividida em relação ao assunto, significam que o último escândalo não tem que mudar o sistema político espanhol no futuro próximo.

Mas a partida súbita do ex-rei para um local não identificado no exterior –anunciada na segunda-feira e que, segundo ele, foi para permitir que seu filho, o rei Felipe, reine sem ser afetado pelas pesares do pai– está movimentando o país.

A cidade de Gijón, no norte espanhol, vai mudar o nome da avenida Juan Carlos I porque considera que o ex-monarca “não encarna mais os valores institucionais, morais e democráticos da nossa sociedade”, declarou a porta-voz Marina Pineda, segundo o jornal La Voz de Astúrias.

Em Madri, uma abaixo-assinado online para mudar o nome da universidade passou de 41.000 assinaturas na manhã de quarta-feira.

A abaixo-assinado, enquanto o nome da universidade era um dos tópicos mais comentados do Twitter. escreveu: «Continuam aparecendo casos de corrupção em torno da Família Real, lesando a imagem de uma monarquia que tem sido exibida a nós como ‘saudável’ e ‘humilde'».

Entre os memes sobre a partida do ex-monarca, um usuário do Twitter declarou que a universidade deveria ser rebatizada para “A universidade do rei exilado”.

Faz 45 anos, Juan Carlos chegou a o trono, após a morte de o general Francisco Franco, e foi bastante respeitado pelo seu papel em direcionar a Espanha da ditadura à democracia. No entanto, recentes escândalos mancharam sua imagem, levando-o a renunciar em 2014 e, agora, a deixar o país.

Nos últimos meses, promotores da Suíça e da Espanha começaram a investigar alegações de propina relacionadas a um contrato de uma ferrovia saudita de alta-velocidade e contas offshore.

Embora Juan Carlos não esteja oficialmente sendo investigado, detalhes das investigações foram vazados àoijornalismo aampliandoa pressão para que o rei acomportar-separa proteger a monarquia.

Por meio de seu advogado, Juan Carlos repetidas vezes rejeitou-se a comentar o caso.

Se deixou a mãe de o atual rei, Felipe VI, de fora de as discordâncias envolvendo o marido porque não tem nenhuma relação com os supostos negócios de os quais Juan Carlos pode ter participado, informaram em esta segunda-feira fontes de a Casa Real de Espanha.A resolução do rei emérito da Espanha, Juan Carlos I, de morar fora do país não vai mudar a situação de sua esposa, a rainha Sofia, que conservará residência no Palácio de la Zarzuela, em Madri, e as atividades institucionais.a Secretaria de Estado da Comunicação de o governo divulgou a mensagem. Mais cedo, Juan Carlos I formalizou a Felipe VI a «resolução meditada» de sair da Espanha devido à repercussão pública do que ele classificou como «certos eacontecimentospassados», conforme informou a Casa Real em comunicado à omjornalismontigo monarca, de 83 anos, escreveu ao rei Felipe VI demonstrando a resolução de viver fora da Espanha após a divulgação, nas últimas semanas, de supostos negócios escusos em que estaria envolvido na Suíça, que ameaçavam prejudicar a imagem da monarquia espanhola.

Autoridades em Pinto, subúrbio de Madri, aprovaram semana passada mudar o nome de seu parque Juan Carlos I e retirar uma estátua do ex-monarca.

«É inconcebível que o espaço mais emblemático de nossa cidade tenha um nome que possa ser considerado suspeito no âmbito da Moralidade e da moral», declarou a porta-voz do governo local, Lola Rodríguez, em um comunicado.

Autoridades de Dominica declararam à Reuters que a última estadia do rei em seu país foi entre 28 de fevereiro e 2 de março e que não tinham informações sobre uma possível chegada.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: NEUTRAL

Countries: Spain

Cities: Pinto, Gijon

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Após deixar a Espanha, vou ex-rei Juan Carlos vira alvo de abaixo-assinado e memes
>>>>>Rainha Sofia continuará na Espanha e manterá atividades institucionais – August 03, 2020 (EfeGeneric)
>>>>>Governo espanhol destaca «exemplo» de Felipe VI após anúncio de Juan Carlos I – August 03, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>Jornais espanhóis dizem que Juan Carlos I pode estar na República Dominicana – August 04, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Rei Juan Carlos comunica que passará a viver fora da Espanha – August 03, 2020 (EfeGeneric)
>>>>>>>>>Juan Carlos I e os episódios entre a abdicação e o descrédito – August 04, 2020 (EntretenimientoBit)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Juan Carlos I 0 20 PERSON 7 Juan_Carlos_I: 2, ele (referent: Juan_Carlos_I): 1, Juan_Carlos: 3, Juan_Carlos repetidas: 1
2 eu 0 140 NONE 4 (tacit) eu: 4
3 41.000 assinaturas 0 120 NONE 3 (tacit) eles/elas (referent: 41.000 assinaturas): 3
4 Madri 0 0 PLACE 3 ele (referent: Madri): 1, Madri: 2
5 nome 0 0 NONE 3 um nome: 2, nome: 1
6 país 0 0 NONE 3 seu país: 2, o país: 1
7 memes 0 50 NONE 2 os memes: 1, memes: 1
8 A Constituição a fragmentação política e as pesquisas de opinião 0 0 OTHER 2 A Constituição a fragmentação política e as pesquisas de opinião: 2
9 Felipe VI 0 0 PERSON 2 Felipe_VI: 1, o rei Felipe_VI: 1
10 a Espanha 0 0 PLACE 2 a Espanha: 2