Por: SentiLecto

O Estado australiano de Vitória relatou nesta segunda-feira a maior ampliação diária de infecções por coronavírus do país, levando as autoridade a advertirem que se as pessoas continuarem indo ao trabalho mesmo, uma quarententa de seis semanas pode ser estendida se sentindo mal.

O segundo Estado mais populoso da Austrália relatou 532 casos novos do vírus que provoca a Covid-19, aumentando o total nacional no dia a 549 — o maior número de casos novos em um dia desde o começo da pandemia. Atualmente, Vitória, que o Estado anunciou mais seis mortes, que aumentaram sua cifra a 77 — quase metade do total de óbitos da nação, tem mais de 4.500 casos ativos depois de semanas de ampliações diárias de três dígitos. Cinco das mortes aconteceram em casas de repouso, as mais atingidas do Estado.

– Os casos de coronavírus nos Estados Unidos estavam se aproximando dos 4 milhões nesta quinta-feira, e o país tem tido mais de 2.600 casos novos por hora em média de acordo com uma contagem da Reuters. Média é a taxa mais alta do mundo. Desde que se detectou o primeiro caso em o dia 21 de janeiro, as infecções se agilizaram depressa nos EUA. O país tardou 98 dias para chegar a 1 milhão de casos, outros 43 dias para chegar a 2 milhões e depois 27 dias para alcançar 3 milhões – mas só tardou 16 dias para chegar a 4 milhões a um ritmo de 43 casos novos por minuto. O governo federal, governadores estaduais e líderes municipais divergiram diversas vezes quanto à melhor mformade clutara pandemia, o que provocou um emaranhado cperplexode rnormasa respeito de questões como oauutilizaçãode máscaras em público e o momento da reabertura dos negócios. Donald Trump mudou de tom recentemente. Donald Trump é o presidente dos EUA. Antes relutante em utilizar máscaras, nesta semana ele incentivou os norte-americanos a fazê-lo e há pouco apareceu em público com uma pela primeira vez. Dos 20 países com os maiores surtos, os EUA estão em segundo lugar em casos per capita –120 infecções para cada 10 mil habitantes–, só ficando atrás do Chile. Com mais de 143 mil mortes, ou 4,4 para cada 10 mil habitantes, os EUA estão no sexto lugar do ranking mundial de maior número de fatalidades per capita, perdendo para Reino Unido, Espanha, Itália, Chile e França. Globalmente, a taxa de infecções novas não mostra sinal de desaceleração, e a enfermidade se espalha mais rápido nos EUA e na América do Sul, segundo a contagem da Reuters, que se baseia em relatórios oficiais. O Brasil registrou um novo recorde diário de casos confirmados de coronavírus na quarta-feira, colocando o total de casos confirmados da América Latina acima dos 4 milhões. O Brasil ainda tem o segundo maior surto do mundo –mais de 2,2 milhões de pessoas foram diagnosticadas e quase 83 mil já faleceram. A Índia, a única outra nação com mais de 1 milhão de casos, relatou quase 40 mil casos novos na quarta-feira.- Os casos de coronavírus nos Estados Unidos se aproximam dos 4 milhões nesta quinta-feira, e o país tem tido mais de 2,6 mil casos novos por hora em média de acordo com uma contagem da Reuters. Média é a taxa mais alta do mundo. Desde que detectou, as infecções se agilizaram depressa no país -se o primeiro caso, em o dia 21 de janeiro. Os EUA tardaram 98 dias para chegar a 1 milhão de casos, outros 43 dias para chegar a 2 milhões e depois 27 dias para alcançar 3 milhões – mas só tardou 16 dias para chegar a 4 milhões a um ritmo de 43 casos novos por minuto. O governo federal, os governadores estaduais e líderes municipais divergiram diversas vezes quanto à melhor mformade clutara pandemia, o que provocou um emaranhado cperplexode rnormasa respeito de questões como oauutilizaçãode máscaras em público e o momento da reabertura dos negócios. O presidente Donald Trump mudou de tom recentemente. Antes relutante em utilizar máscaras, nesta semana ele incentivou os estadunidense a fazê-lo e há pouco apareceu em público com uma pela primeira vez. Dos 20 países com os maiores surtos, os EUA estão em segundo lugar em casos per capita -120 infecções para cada 10 mil habitantes -, só ficando atrás do Chile. Com mais de 143 mil mortes, ou 4,4 para cada 10 mil habitantes, os EUA estão no sexto lugar do ranking mundial de maior número de fatalidades per capita, perdendo para Reino Unido, Espanha, Itália, Chile e França. Globalmente, a taxa de infecções novas não mostra sinal de desaceleração, e a enfermidade se espalha mais rápido nos EUA e na América do Sul, segundo a contagem da Reuters, que se baseia em relatórios oficiais. O Brasil registrou um novo recorde diário de casos confirmados de coronavírus nesta quarta-feira, colocando o total de casos confirmados da América Latina acima dos 4 milhões. O Brasil ainda tem o segundo maior surto do mundo – mais de 2,2 milhões de pessoas foram diagnosticadas e quase 83 mil já faleceram. A Índia, a única outra nação com mais de 1 milhão de casos, relatou quase 40 mil casos novos nesta quarta-feira.Países de toda a Ásia estão enfrentando uma segunda onda de infecções de coronavírus e voltando a se fechar para tentar conter a enfermidade –a Austrália registrou uma ampliação diária recorde e o Vietnã isolou a cidade de Danang.

Na terça-feira 07 de julho medidas de isolamento foram reimpostas na segunda maior cidade da Austrália nesta terça-feira, confinando os habitantes melanésios em casa, exceto para atividades imprescindíveis, por seis semanas enquanto as autoridades se apressavam para conter um surto de coronavírus.

A Austrália tem conseguido evitar a taxa alta de mortalidade de Covid-19 vista em outros países, mas uma onda de transmissão comunitária em Vitória provocou um isolamento em Melbourne, a única cidade de Australia a obrigar a utilização de máscaras em público.

O premiê de Vitória, Daniel Andrews, em uma coletiva de jornalismo televisionado. declarou: «Com a garganta aborrecida, dor de cabeça não pode ir ao trabalho, se você está fungando». Dor de cabeça é febre.

«É isto que está fazendo este números subirem, e o isolamento não concluirá até as pessoas pararem de ir ao trabalho com sintomas e passarem a ir ser examinadas por estarem com sintomas».

Melbourne, que abriga um quinto dos 25 milhões de moradores da Austrália, está na metade de uma interdição de seis semanas à circulação, exceto para trabalhar, cadquiricomida, oferecer ou receber cuidados de saúde ou fazer exercícios diários. Andrews adicionou que pode anunciar medidas complementares até o final da semana.

Scott Morrison declarou que o número alto de casos novos em Vitória mostrou como a transmissão da enfermidade entre pessoas mais jovens, que foram consideradas de risco menor, pode se disseminar para casas de repouso através de familiares. Scott Morrison é o primeiro-ministro australiano.

O Estado vizinho de Nova Gales do Sul, o mais populoso do país, também está enfrentando vários focos do vírus, que surgiram em um hotel, um restaurante tailandês e um clube. Nova Gales do Sul relatou 17 casos novos nesta segunda-feira e tem 3.496 ao todo, cerca de 1.100 deles ativos.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY NEGATIVE

Countries: Australia, United Kingdom

Cities: Melbourne

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Austrália registra recorde diário de casos de coronavírus e pode prorrogar quarentena
>>>>>EUA registram 2.600 casos novos de coronavírus por hora e se aproximam de 4 milhões – July 23, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Casos de coronavírus no mundo superam marca de 15 milhões, mostra contagem da Reuters – July 22, 2020 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Rússia cita Brasil e EUA para defender sua política de combate à Covid-19 – July 22, 2020 (EfeGeneric)
>>>>>>>>>Mundo chega a mais de 15 milhões de casos do novo coronavírus – (Extraoglobo-pt)
>>>>>EUA registram 2,6 mil casos novos de coronavírus por hora e se aproximam dos 4 milhões – July 23, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>Segunda onda de coronavírus na Ásia provoca novos isolamentos – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 esta 0 0 NONE 7 esta: 7
2 Donald Trump 0 80 PERSON 6 (tacit) ele/ela (referent: O presidente Donald_Trump): 1, ele (referent: Donald_Trump): 1, (tacit) ele/ela (referent: Donald_Trump): 1, ele (referent: O presidente Donald_Trump): 1, O presidente Donald_Trump: 1, Donald_Trump (apposition: O presidente de os EUA): 1
3 pessoas 0 0 NONE 6 pessoas: 4, as pessoas: 2
4 casos 0 0 NONE 5 17 casos novos: 1, 40_mil casos novos: 2, casos: 2
5 Os EUA 0 30 PLACE 4 Os EUA: 1, os EUA: 3
6 país 0 30 NONE 4 O país: 1, o país: 3
7 Brasil 0 0 ORGANIZATION 4 O Brasil: 4
8 O segundo Estado mais populoso de a Austrália 0 0 PLACE 4 O Estado: 2, O segundo Estado mais populoso de a Austrália: 1, o Estado: 1
9 público 0 0 NONE 4 público: 4
10 A Austrália 30 65 PLACE 3 A Austrália: 1, a Austrália: 2