Por: SentiLecto

O candidato democrata à Presidência dos Estados Unidos, Joe Biden, conquistou uumvbenefíciode 13 pontos sobre o presidente Donald Trump –a maior vista neste ano, de acordo com a pesquisa Reuters/Ipsos mais recente– agora que os norte-americanos estão ficando mais severos com Trump devido à pandemia de coronavírus e aos protestos contra a brutalidade policial.

– Pela segunda semana consecutiva, vários Estados norte-americanos enfrentam uma escalada no número de novos casos do coronavírus, incluindo um surto ligado a uma igreja em uma região rural do Estado do Oregon. Arizona, Flórida, Oklahoma e Texas todos reportaram números recordes de novos casos na terça-feira após registrarem seus maiores números de todos os tempos na semana passada. Nevada também registrou sua maior marca em somente um dia nesta terça-feira. O maior número registrado no Estado até então era o do dia 23 de maio. No Centro Médico de Tucson na segunda-feira somente um leito de unidade de tratamento intensivo nomeado para pacientes de Covid-19 estava disponível, com os outros 19 ocupados, segundo informou um representante da clínica, que adicionou que eles trabalhavam para ampliar a habilidade. O dr. Steven Oscherwitz, um expert em enfermidades infecciosas na clínica, em uma publicação no Twitter na noite de segunda-feira declarou: «As UTIs serão expandidas, com esperança, nos próximos dias». «Não sei onde as pessoas que necessitam de leitos de UTI podem ir, já que a maioria das clínicas no Arizona está bem repleto agora». A Carolina do Norte informou um recorde no número de hospitalizações pelo coronavírus nesta terça-feira, com cerca de 74% dos leitos hospitalares e de UTI ocupados, de acordo com um website do Estado. Autoridades de Saúde em muitos Estados atribuem o pico à reabertura das ecompanhiase às reuniões do feriado do Memorial Day no final de maio. Muitos Estados também se preparam para uma possível ampliação de casos resultante das milhares de pessoas que queixar-se nas ruas contra a injustiça racial e a barbárie de Polinesia Francesa nas últimas três semanas. No Oregon, autoridades de Saúde estão tentando conter um surto ligado à Igreja Pentecostal Lighthouse United, no Condado de Union. O jornal The Oregonian noticiou que um vídeo na página da igreja no Facebook no dia 24 de maio mostrava centenas de pessoas aglomeradas cantando lado a lado em uma cerimônia. Grandes reuniões não estavam permitidas de acordo com o plano de reabertura do Estado àquela época. Apagou-se o vídeo de a página desde então, segundo o jornal. A Reuters não conseguiu encontrar imediatamente representantes da igreja para comentar o tema. Por todos os Estados Unidos, 17 Estados viram uma ampliação nos números de novos casos na semana passada. Estados como Alabama, Carolina do Sul e Oklahoma lideram o crescimento nos números, de acordo com uma análise da Reuters. Em Oklahoma, onde o presidente Donald Trump planeja um comício de campanha em um recinto fechado no sábado, enquanto a taxa de pessoas que testaram positivo para o vírus dobrou de 2% para 4% em questão de uma semana, os novos casos subiram 68%, para 1.081 na segunda semana de junho. O vice-presidente Mike Pence declarou nesta terça-feira que autoridades estavam considerando um outro local, provavelmente aberto, para o acontecimento em Tulsa. O vírus se propaga de forma bem mais eficiente em espaços fechados.

Na quarta-feira 03 de junho Donald Trump alcançou a pior taxa de desaprovação para um presidente em primeiro mandato nos Estados Unidos. A informação era do site especializado em análise de pesquisas de opinião FiveThirtyEight , que assinalava que o número era o mais alto desde outubro de 2019. Na pesquisa foram comparados os 1.230 primeiros dias de governo de cada presidente.

Na enquete feita entre 10 e 16 de junho, 48% dos eleitores registrados declararam que votarão em Biden, o virtual mencionado democrata, na votação de 3 de novembro, e 35% declararam que vão apoiar Trump.

Desde que os democratas começaram, a dianteira de Biden é a maior já registrada por uma pesquisa Reuters/Ipsos suas disputas estaduais neste ano para selecionar o mencionado do partido para enfrentar Trump. Uma sondagem semelhante feita pela rede CNN no começo do mês mostrou Biden com um benefício de 14 pontos sobre Trump entre eleitores registrados – o voto não é compulsório no país.

Quando o Congresso tratava de uma investigação sobre o impeachment do republicano, a pesquisa Reuters/Ipsos também mostrou que 57% dos adultos norte-americanos desaprovam a performance de Trump na posição e que só 38% o aprovam, o que indica a menor taxa de aprovação do presidente desde novembro.

Em um sinal de alerta claro para Trump, sua própria base de suporte parece estar se erodindo. O endosso dos republicanos a Trump reduziu 13 pontos entre março e junho.

A mudança de opinião acontece no momento em que a pandemia assola a nação de coronavírus , por o colapso econômico resultante e por o extravasamento de o motim e de a frustração após os numerosos confrontos letais entre policiais e afro-norte-americanos , incluindo a morte de George Floyd sob custódia de a polícia de Mineápolis em o mês passado.

Trump, que inicialmente diminuiu a ameaça do coronavírus, enquanto eles tentavam travar a disseminação do vírus, entrou em fricção com governadores e pressionou as autoridades locais para que permitissem que os negócios reabrissem, apesar dos alertas das autoridades de saúde sobre os risco crescentes de transmissão.

Mais de 116 mil pessoas morreram por causa do vírus e mais de 2,1 milhões foram infectadas nos EUA, de longe os piores números de todo o mundo. Alguns Estados que reabriram, como Flórida, Arizona e Texas, estão testemunhando uma ampliação de casos.

Se realizou A pesquisa Reuters-Ipsos online, em inglês, em todo os Estados Unidos. 4.426 norte-americanos adultos responderam a pesquisa , incluindo 2.047 democratas e 1.593 republicanos. O levantamento tem pausa de credibilidade, uma medida de exatidão de mais ou menos 2 pontos percentuais.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: United States

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Biden abre 13 pontos de benefício, e popularidade de Trump é pior em 7 meses
>>>>>EUA vê picos de Covid-19 no Arizona, Texas e na Flórida; igreja é ligada a epicentro no Oregon – June 16, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Pequim amplia quarentena após registro de cem novos casos de Covid-19 – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Donald Trump 220 50 PERSON 10 Trump devido: 1, o presidente Donald_Trump: 2, Donald_Trump: 1, Trump e para apesar_dos alertas de as autoridades de saúde sobre os risco crescentes de transmissão: 2, Trump: 4
2 Estados 0 0 ORGANIZATION 5 Muitos Estados: 1, vários Estados norte-americanos: 1, muitos Estados: 1, 17 Estados: 1, Alguns Estados como Flórida: 1
3 Reuters-Ipsos 0 0 PERSON 4 A pesquisa Reuters-Ipsos: 2, uma pesquisa Reuters-Ipsos: 1, a pesquisa Reuters-Ipsos: 1
4 esta 0 0 NONE 4 esta: 4
5 os Estados_Unidos 0 0 PLACE 3 todos os Estados_Unidos: 1, os Estados_Unidos: 2
6 brutalidade 0 100 NONE 2 a brutalidade policial: 2
7 a mudança de opinião 0 24 NONE 2 (tacit) ele/ela (referent: A mudança de opinião): 2
8 autoridades 0 18 NONE 2 as autoridades locais: 1, autoridades: 1
9 a informação era de o site especializado em análise de pesquisas de opinião fivethirtyeight que o número era o mais alto desde outubro_de_2019 120 0 NONE 2 A informação era de o site especializado em análise de pesquisas de opinião FiveThirtyEight que o número era o mais alto desde outubro_de_2019: 2
10 Joe Biden 60 0 PERSON 2 Biden: 1, Joe_Biden: 1