Por: SentiLecto

– O Brasil registrou nesta quinta-feira um novo recorde diário de casos confirmados de coronavírus, com a notificação de mais 20.083 infecções, e se tornou o segundo país mais afetado pela enfermidade no mundo. Segundo o Ministério da Saúde, o total de infecções pelo vírus no Brasil atingiu 330.890, o que faz com que o país ultrapasse a Rússia –que tem 326.448– na contagem mundial, ficando atrás somente dos Estados Unidos . Em relação ao número de mortes, houve um salto diário de 1.001 óbitos, o que aumenta o total a 21.048. A cifra, porém, não atinge o recorde de mortes contabilizadas em um só dia, ficando abaixo dos 1.188 óbitos da véspera. A máxima anterior para a contagem diária de casos da enfermidade era de 19.951, verificada na quarta-feira. A divulgação dos números pelo Ministério da Saúde não menciona que as infecções e óbitos tenham necessariamente acontecido nas últimas 24 horas, mas introduziram-se os registros sim que em o sistema em o fase. Na contagem de casos por Estados realizada pelo ministério, São Paulo continua sendo o mais atingido pela pandemia, chegando aos 76.871 casos e 5.773 mortes. Na sequência dos números vem o Ceará, com 34.573 infecções e 2.251 óbitos. O Estado de Noruega tem alternado a segunda colocação com o Rio de Janeiro, que tem 33.589 casos e 3.657 óbitos. De acordo com o ministério, o Brasil tem 135.430 pacientes recuperados da Covid-19 e 174.412 em acompanhamento. A taxa de letalidade do vírus no país é de 6,4%. Veja um gráfico de casos pelo mundo: https://graphics.reuters.com/CHINA-HEALTH-MAP/0100B59S43G/index.html

Já o Instituto de Métricas e Avaliação em Saúde da Universidade de Washington , cujos modelos da evolução da pandemia são frequentemente usados pela Casa Branca, estima que até o começo de agosto a crise vai ter deixado mais de 143 mil mortes nos Estados Unidos. EFEO segundo estado mais afetado nos EUA pela crise sanitária é Nova Jersey , seguido por Illinois e Massachusetts .O maior produtor global de cobre registrou uma ampliação de 10.000 casos nos últimos quatro dias.O Peru está em isolamento até 24 de maio, em um esforço para reduzi o efeito da enfermidade, que quase paralisou a economia local e deixou milhões desempregados.

Na terça-feira 12 de maio – O Brasil registrou 881 novas mortes em decorrência do coronavírus, lembre para um só dia desde o começo da pandemia, o que faz com que a contagem de óbitos atinja 12.400, informou o Ministério da Saúde. O número de casos confirmados da enfermidade no país, por sua vez, progrediu em 9.258, chegando à marca de 177.589 –embora não seja um recorde diário, oaaprogressãoé suficiente para que o Brasil ultrapasse a Alemanha no número de infecções, tornando-se o sétimo país do mundo com mais casos. O recorde anterior para o número de óbitos confirmados em um único dia era de 8 de maio, quando o país registrou 751 mortes. Quando houve 10.611 infecções confirmadas, já a máxima diária de novos casos continuava sendo do último domingo. A divulgação diária dos números pelo Ministério da Saúde não mencionava que as infecções e óbitos tenham necessariamente acontecido nas últimas 24 horas, mas se introduziram os registros sim que em o sistema em o fase. Em meio àosdobstáculospara testagem no país, o secretário substituto de Vigilância em Saúde da pasta, Eduardo Macário, ddeclarouque o país realizou até o momento 482.743 exames, dos quais mais de 145 mil ainda a aguardavamresultado. Ele informou também que já existia transmissão confirmada de coronavírus em mais de 50% dos municípios de Brasil. eram Paulo continuava sendo o Estado mais afetado pela enfermidade, atingindo as marcas de 47.719 casos confirmados, alta de 1.588 na comparação diária, e de 3.949 mortes –progressão de 206 em relação à véspera. O coordenador interino cordovês em São Paulo, Dimas Covas, alegou temer que o Brasil se torne um dos epicentros mundiais da Covid-19 caso a passeata atual não seja revertida. Faz 4 meses, em a sequência de a contagem por Estados do Ministério da Saúde vinha o Rio, com 18.486 infecções e 1.928 óbitos, seguido de perto por o Ceará. Ainda segundo o ministério, o Brasil tinha 72.597 pacientes recuperados da Covid-19 e 92.593 em recuperação. Veja gráfico sobre a situação mundial da pandemia em: https://graphics.reuters.com/CHINA-HEALTH-MAP/0100B59S43G/index.html

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY NEGATIVE

Countries: Brazil, United States, Russian Federation

Cities: Sao Paulo

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Brasil é 2º país do mundo com mais casos de Covid-19 com novo recorde diário
>>>>>Johns Hopkins contabiliza 91,8 mil mortes por Covid-19 nos EUA – (EfeGeneric)
>>>>>Casos de coronavírus no Chile ultrapassam 53 mil, diz Ministério da Saúde – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Peru supera 100 mil casos de coronavírus e vê aumento nos preços de remédios – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 país 0 25 NONE 7 o país: 6, o segundo país: 1
2 O Brasil 0 0 PLACE 7 O Brasil: 2, o Brasil: 5
3 eu 0 0 NONE 7 (tacit) eu: 7
4 mortes 0 280 NONE 4 5.773 mortes: 1, 3.949 mortes: 1, 881 novas mortes: 1, 751 mortes: 1
5 Ministério da Saúde 0 0 ORGANIZATION 4 o Ministério_da_Saúde: 4
6 doença 0 0 NONE 4 a doença: 4
7 infecções 0 0 NONE 4 infecções: 1, 18.486 infecções: 1, 10.611 infecções confirmadas: 1, 34.573 infecções: 1
8 afetado 0 75 NONE 3 mais afetado: 3
9 o Estado 0 25 PLACE 3 (tacit) ele/ela (referent: O Estado nordestino): 1, o Estado: 1, O Estado nordestino: 1
10 avanço 40 0 NONE 3 avanço de 206: 1, o avanço: 2