Por: SentiLecto

O líder do Hezbollah negou nesta sexta-feira denúncias de que seu movimento apoiado pelo Irã tenha armas armazenadas no porto beirão e pediu um inquérito sobre a maior explosão que atingiu a capital de Libano.

Na quarta, funcionários da Autoridade Portuária de Beirute foram postos em prisão domicilar e, na quinta, a Promotoria militar, encarregada do inquérito, anunciou que se os deteve 16 de . As contas de os chefes de o porto , de a Alfândega e de cinco o Banco Central congelou outras pessoas.— Vi uma bola de fogo e fumaça subindo sobre Beirute. As pessoas estavam berrando e correndo, sangrando. Varandas foram arrancadas das construções. Vidros dos edifícios quebraram e caíram nas ruas — declarou testemunha à Reuters. — quebraram-se janelas de o centro de a cidade todas as e há feridos caminhando por todos os lados. É um caos total. libano

Em um discurso televisionado, Sayyed Hassan Nasrallah chamou a explosão de terça-feira de «um acontecimento excepcional» que exige unidade e serena. Depois que a poeira diminuir, adicionou, o xiita Hezbollah, fortemente armado, vai tornar clara sua posição política.

Nasrallah elogiou a solidariedade e a ajuda que chegam de todo o mundo, incluindo uma visita do presidente francês, Emmanuel Macron. Ele declarou que isso encarna uma chance para o Líbano, que já estava mergulhado em crise financeira.

As equipes de resgate estavam vasculhando os escombros para tentar encontrar alguém ainda vivo após a explosão de 2.750 toneladas de nitrato de amônio que matou 154 pessoas, feriu 5.000 e arruinou áreas da cidade de Medina.

O presidente Michel Aoun alegou que a inquérito examinará se a causa foi descuido, acidente ou interferência externa, como uma bomba. Autoridades declararam que se armazenou o material explosivo de maneira insegura por anos em o porto.

O líder do Hezbollah –cuja facção é grande apoiadora do atual governo– perguntou por que o nitrato de amônio estava no porto, não importando a causa da explosão.

O chefe de governo àoijornalismolocal.M garantiu: «Não estão especificados os motivos da explosão, há a chance de uma intervenção externa, mediante um míssil, bomba ou qualquer outro ato».ichel Aoun alegou nesta sexta-feira que ainda não estão determinadas as causas da explosão de 2,75 toneladas de nitrato de amônio no porto beirão, três dias atrás Michel Aoun é o presidente líbico., e não descartou uma ação externa.

Ele declarou: «Isso significa que parte do caso é absolutamente descuido e corrupção».

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY NEGATIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Hezbollah nega armazenamento de armas em depósito no porto beirão
>>>>>Presidente do Líbano diz não descartar ação externa em explosão em Beirute – (EfeGeneric)
>>>>>Beirute: imagens mostram grande quantidade de sacos com nitrato de amônio estocados no porto – August 07, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Beirute se recupera de enorme explosão enquanto número de mortos sobe para pelo menos 135 – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Presidente do Líbano mobiliza Exército em áreas afetadas por explosão – August 04, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Explosão no porto de Beirute deixa número «incalculável» de mortos e feridos – (EfeGeneric)
>>>>>Grande explosão atinge Beirute em região próxima ao porto e deixa ao menos 10 mortos – August 04, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Explosão na área portuária de Beirute sacode a capital do Líbano, dizem fontes – August 04, 2020 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 0 0 NONE 4 (tacit) eu: 4
2 esta 0 0 NONE 3 esta: 3
3 explosão 0 0 NONE 3 a maior explosão: 2, a explosão: 1
4 pessoas 0 0 NONE 3 As pessoas: 1, outras pessoas: 1, 154 pessoas: 1
5 acusações 0 100 NONE 2 acusações: 2
6 Michel Aoun 0 0 PERSON 2 Michel_Aoun (apposition: O presidente de o Líbano): 1, O presidente Michel_Aoun: 1
7 Varandas 0 0 PERSON 2 Varandas: 1, (tacit) ele/ela (referent: Varandas): 1
8 o porto de beirute 0 0 NONE 2 o porto de Beirute: 2
9 porto 0 0 NONE 2 o porto: 2
10 negligência e corrupção 0 130 NONE 1 negligência e corrupção: 1