Por: SentiLecto

A líder da oposição em Belarus Sviatlana Tsikhanouskaya pediu mais protestos pacíficos nesta sexta-feira e fez um pedido a seus apoiadores para que assinem uma abaixo-assinado online que exige uma recontagem dos votos da votação presidencial, que acredita que foi fraudada.

Em um vídeo publicado no YouTube, Tsikhanouskaya, que está na vizinha Lituânia, também pediu aos apoiadores que exijam um inquérito oficial sobre as alegações de que se fraudou a eleição de domingo .

Também nesta sexta-feira, o governo começou a libertar milhares de manifestantes detidos em meio a uma repressão violenta depois de emitir um pedido de desculpas raro na tentativa de acalmar os protestos de âmbito nacional, que atualmente encarnam a maior ameaça ao presidente Alexander Lukashenko em seus 26 anos no poder.

Ao menos dois manifestantes faleceram, e se os deteve cerca de 6.700 em a operação repressiva.

Quando pessoas formaram cadeias humanas na capital, mas uma nova rodada de protestos iniciou na manhã desta sexta-feira , Minsk, e a pressão exterior contra Lukashenko aumentou.

Ministros das Relações Exteriores da União Europeia têm que realizar uma reunião de emergência ainda nesta sexta-feira para discuti possíveis sanções novas.

Faz 29 anos, os comícios de campanha de Tikhanouskaya atraíram algumas de as maiores multidões desde a queda de a União Soviética.O clima nas ruas mineiras estava mais sereno durante o dia na terça-feira, mas um repórter da Reuters viu tropa de choque estacionada do lado de fora de várias fábricas em Minsk, em meio a pedidos em canais de mídia social anti-Lukashenko por uma greve geral.

Na quarta-feira 29 de julho o Parlamento Europeu, a Comissão Europeia e a presidência rotativa do Conselho da União Europeia , atualmente nas mãos da Alemanha, chegaram a um consenso sobre a técnica de trabalho e o calendário para garantir que o plano de recuperação após a pandemia de Covid-19 possa ser aplicado a partir do dia 1º de janeiro de 2021.

Ursula von der Leyen, a o Executivo do bloco tuitou: O Executivo do bloco é chefe da Comissão Europeia.

«Precisamos de sanções complementares contra aqueles que violaram valores democráticos ou abusaram dos direitos humanos em Belarus. Tenho confiança de que a discussão de hoje dos ministros das Relações Exteriores da UE provará nosso suporte firme aos direitos do povo de Belarus a liberdades fundamentais e à democracia».

Depois que alguns manifestantes, segundo ela, armados com barras de metais, ignoraram tiros de alerta disparados para o ar, em Brest, cidade no sudoeste de Belarus, na fronteira com a Polônia, a polícia disparou munição fatal alegou o ministério. Uma pessoa ficou ferida.

A chanceler de Alemania, Angela Merkel, exigiu a libertação incondicional e imediata dos manifestantes detidos, declarou seu porta-voz.

Segundo uma menção da agência de notícias oficial BelTA declarou nesta sexta-feira que seu país está pronto para um «diálogo construtivo e objetivo» com seus parceiros estrangeiros no tocante a acontecimentos ligados na votação presidencial e seus desdobramentos. Oficial BelTA é o chanceler de Bielorrusia.Em seu vídeo, Tsikahnousakaya pediu diálogo e protestos pacíficos.

«Precisamos deter a violência nas ruas das cidades bielorrussas. Conclamo as autoridades a detê-la e acomeçarr o diálogo.»

Lena, manifestante falando no lado e fora do mercado. isse: “Eu vim apoiar aqueles que saem à noite”,.“Não foi somente meu voto que foi roubado, mas 20 anos da minha vida. As autoridades precisam cair fora.”

«Peço aos prefeitos de todas as cidades, em 15 e 16 de agosto, para agirem como organizadores de reuniões em massa pacíficas em cada cidade grande ou pequena», disse.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: NEGATIVE

Countries: Lithuania, Belorus

Cities: Minsk

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Líder da oposição em Belarus pede novos protestos e recontagem de votos
>>>>>Belarus diz que polícia disparou munição letal contra manifestantes, enquanto a UE avalia sanções – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Oposição em Belarus diz que reeleição de Lukashenko é ilegítima – August 10, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Opositora é detida brevemente na véspera de eleição presidencial em Belarus – August 08, 2020 (Extraoglobo-pt)
>>>>>Líder da oposição bielorrussa foge para exterior alegando segurança dos filhos – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 esta 0 0 NONE 5 esta: 5
2 eu 45 0 NONE 4 (tacit) eu: 3, Eu: 1
3 apoiadores 0 0 NONE 3 seus apoiadores: 1, os apoiadores: 2
4 aqueles 0 0 NONE 3 aqueles: 3
5 manifestantes 0 65 NONE 2 alguns manifestantes: 1, os manifestantes detidos: 1
6 confiança 90 0 NONE 2 confiança: 2
7 Alexander Lukashenko 0 0 PERSON 2 o presidente Alexander_Lukashenko: 1, Lukashenko: 1
8 Minsk 0 0 PLACE 2 Minsk: 2
9 Tsikhanouskaya 0 0 PERSON 2 Tsikhanouskaya: 2
10 a polícia 0 0 NONE 2 ela (referent: a polícia): 1, (tacit) ele/ela (referent: a polícia): 1