Por: SentiLecto

Michel Aoun ordenou que as Forças Armadas realizem patrulhas nas áreas mais afetadas pela grande explosão acontecida no porto beirão nesta terça-feira, que deixou mortos, feridos e graves prejuízos materiais em diferentes bairros. Michel Aoun é o presidente líbico.

A emissora local «LBC» alegou que mais de 500 feridos foram transferidos ao Hôtel-Dieu de France, um das clínicas no centro beirão, e que o centro hospitalar «não pode receber mais feridos».O diretor de Segurança Geral do país, Ibrahim Abbas, visitou o porto beirão e declarou que «parece que a explosão aconteceu em um armazém com material extremamente explosivo que tinha sido confiscado anos atrás».

Em redes sociais, a Presidência informou que o chefe de Estado pediu para que o Exército trabalhe para «tratar as consequências da grande explosão e patrulhar as áreas da calamidade para conservar a segurança».

Fonte: EfeGeneric

Sentiment score: NEGATIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Presidente do Líbano mobiliza Exército em áreas afetadas por explosão
>>>>>Explosão no porto de Beirute deixa número «incalculável» de mortos e feridos – (EfeGeneric)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Ibrahim Abbas 0 0 PERSON 3 (tacit) ele/ela (referent: O diretor de Segurança_Geral de o país Ibrahim_Abbas e que): 2, O diretor de Segurança_Geral de o país Ibrahim_Abbas e que: 1
2 explosão 50 80 NONE 2 a explosão: 1, a grande explosão ocorrida: 1
3 LBC 0 0 ORGANIZATION 2 LBC: 1, (tacit) ele/ela (referent: LBC): 1
4 esta 0 0 NONE 2 esta: 2
5 material 0 0 NONE 2 material: 2
6 o porto de beirute 0 0 NONE 2 o porto de Beirute: 2
7 mortos feridos e graves danos materiais 0 190 NONE 1 mortos feridos e graves danos materiais: 1
8 mais feridos 0 70 NONE 1 mais feridos: 1
9 patrulhar as áreas de o desastre para manter a segurança 40 40 NONE 1 patrulhar as áreas de o desastre para manter a segurança: 1
10 mais afetadas 0 25 NONE 1 mais afetadas: 1