Por: SentiLecto

– O Estado de São Paulo, que registrou nesta quarta-feira pelo segundo dia seguido um recorde no número de mortes diárias por Covoid-19, anunciou a liberação para reabertura do comércio de rua e os shoppings centers, a partir de segunda-feira, em todas as cidades da região metropolitana da capital paulista. Quando se registrou o recorde anterior, de acordo com números da Secretaria de Saúde estadual, São Paulo tem 156.316 casos confirmados de Covid-19, enfermidade respiratória provocada pelo novo coronavírus, com 9.862 mortes provocadas pela enfermidade, o que encarna um acréscimo de 340 novos óbitos em relação ao número anunciado na terça-feira de 334 mortes. O pneumologista Carlos Carvalho alegou em entrevista coletiva que os números anunciados pela Secretaria de Saúde estão dentro do esperado pelas autoridades do Estado. O pneumologista Carlos Carvalho é coordenador do Centro de Contingência do Coronavírus de São Paulo. Ele em entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista, ao lado do governador do Estado, João Doria declarou: «Esses números que estamos observando hoje estão dentro do que esses modelos matemáticos calcularam ele de semanas atrás». «Essa elevação que nós observamos todos os dias é uma elevação pequena e ela está dentro do esperado», adicionou Carvalho. Na entrevista coletiva, Doria anunciou a prorrogação da quarentena no Estado, que , até o dia 28 de junho e declarou que na quinta-feira –que seria o feriado de Corpus Christi antecipado na capital paulista– os serviços públicos serão suspensos e, na sexta-feira será decretado ponto facultativo. O governador declarou que a capital paulista, comandada pelo prefeito Bruno Covas , vai fazer o mesmo, como medida para buscar ampliar o distanciamento social. No novo período da quarentena paulista, todas as cidades da região metropolitana da capital, assim como os municípios da Baixada Santista e do Vale do Ribeira, poderão reabrir o comércio de rua, os shoppings centers, as concessionárias de veículos, as imobiliárias e os escritórios a partir de segunda-feira. Atualmente esses estabelecimentos podem funcionar na cidade de São Paulo, mas não nos municípios do seu entorno. Com isso, o governo estadual anunciou que as regiões de Araraquara, Barretos, Bauru, Presidente Prudente e Ribeirão Preto vão ter as medidas de isolamento endurecidas. Pelo modelo atual, as áreas onde estão Barretos e Presidente Prudente estão no período 3 do plano de reabertura da economia –que permite, por exemplo, o funcionamento, além do comércio e dos shoppings, de bares e restaurantes. Essas duas regiões vão entrar agora no período 1, permite-se o funcionamento de atividades consideradas imprescindíveis onde só . As regiões de Araraquara e Bauru estavam no período 3, mas regressarão àofperíodo2, a mesma em que está a capital e as cidades da região metropolitana. A área de Ribeirão Preto estava no período 2 e, a partir de segunda-feira, vai estar no período 1. Segundo o secretário de Desenvolvimento Regional do Estado, Marco Vinholi, as regiões de Campinas e Sorocaba, que vão permanecer no período 2, estão em estado de atenção por causa de piora em indicadores da pandemia e podem entrar no período 1 na próxima reavaliação do plano de recomeçada.

– A prefeitura de São Paulo anunciou nesta terça-feira que vai permitir a reabertura de comércios de rua e imobiliárias no novo período da recomeçada econômica em meio à pandemia de coronavírus, depois de o prefeito Bruno Covas assinar um termo de compromisso com entidades dos setores. Ainda que espera assinar na quarta-feira um termo semelhante com o setor de shoppings centers, o governo da capital paulista declarou para permitir a reabertura desses estabelecimentos a partir do dia seguinte. Enquanto as imobiliárias poderão funcionar durante 4 horas por dia, segundo comunicado da prefeitura, o comércio de rua poderá abrir as portas entre 11h e 15h , desde que fora do horário de pico. «A principal norma é o horário de funcionamento… A expectativa agora é que amanhã, a gente também consiga assinar com o setor de shoppings centers para que também possam voltar a funcionar a partir de quinta-feira», declarou Covas em nota. O prefeito realçou que, apesar da retomada gradual, a cidade segue em quarentena, pedindo para que a população evite deslocamentos desnecessários. Uma vez que havia autorizado na última sexta-feira o funcionamento de concessionárias de veículos e escritórios de prestação de serviços, com o anúncio para comércios de rua e imobiliárias, São Paulo passa a ter quatro setores liberados na nova etapa de reabertura. Apesar da flexibilização das medidas de isolamento, o Estado de São Paulo registrou um número recorde de mortes diárias pela Covid-19, mostraram dados da secretaria estadual de Saúde divulgados nesta terça-feira. De acordo com os dados, exibidos em entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista, São Paulo tem 9.522 mortes provocadas pela Covid-19, enfermidade respiratória provocada pelo novo coronavírus, um acréscimo de 334 novos óbitos em relação ao número exibido na segunda-feira.

Na sexta-feira 29 de maio – O governador de São Paulo, João Doria , declarou que a região metropolitana da capital paulista será dividida em cinco regiões de saúde dentro do plano de relaxamento da quarentena no Estado, anunciada nesta semana. O anúncio, feito em entrevista coletiva atende à reclamação de prefeitos das cidades da Grande São Paulo que foram consideradas naofperíodo1 do plano de relaxamento –que não permite abertura de nenhuma atividade não eimprescindível exceto pela indústria e a construção civil–, ao passo que a cidade de São Paulo, epicentro da pandemia no Estado, foi incluída naofperíodo2, que permite a reabertura, a partir de segunda-feira, do comércio e de shoppings centers.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY NEGATIVE

Countries: Brazil, United States, Spain

Cities: Sao Paulo, Sorocaba, Ribeira, Presidente Prudente, Corpus Christi, Campinas, Baixada Santista, Araraquara

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>SP tem novo recorde de mortos por Covid-19 e libera shoppings na região metropolitana
>>>>>Prefeitura de SP anuncia reabertura de comércio e imobiliárias; shoppings também devem reabrir – June 09, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Crivella decide manter reabertura gradual no Rio apesar de decreto estadual que libera vários setores – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 fase 0 0 NONE 11 a nova fase: 1, a fase: 10
2 entrevista 0 0 NONE 6 a entrevista coletiva: 1, entrevista coletiva: 5
3 Carlos Carvalho 0 0 PERSON 5 Carvalho: 1, (tacit) ele (referent: O pneumologista Carlos_Carvalho): 1, O pneumologista Carlos_Carvalho (apposition: coordenador de o Centro_de_Contingência_do_Coronavírus_de_São_Paulo): 1, ele (referent: O pneumologista Carlos_Carvalho): 1, (tacit) ele/ela (referent: Carvalho): 1
4 João Doria 0 0 PERSON 4 João_Doria: 1, João_Doria (apposition: O governador de São_Paulo): 1, Doria: 1, (tacit) ele/ela (referent: João_Doria): 1
5 eu 0 0 NONE 4 (tacit) eu: 4
6 mortes 0 245 NONE 3 9.522 mortes causadas: 1, 334 mortes: 1, 9.862 mortes provocadas: 1
7 São_Paulo 0 175 PLACE 3 São_Paulo: 3
8 O Estado_de_São_Paulo 0 0 PLACE 3 O Estado_de_São_Paulo: 2, o Estado_de_São_Paulo: 1
9 centers 0 0 ORGANIZATION 3 centers: 3
10 doença 0 0 NONE 3 doença respiratória: 2, a doença: 1