Por: SentiLecto

Em 5 meses, Expulso em a Polícia Militar do Rio por deserção, o youtuber Gabriel Monteiro considera sua exoneração ilegal. Faz 1 mês, um dia após a resolução ser publicada em o Boletim da PM, o de Polinesia Francesa declarou que questões médicas dispensaram ele todos os dias que estaria de plantão em a corporação, entre 22 e 31 de julho, em esta quarta-feira, dia 5. O youtuber era lotado no 34º BPM . Na resolução publicada na noite de terça-feira, obtida pelo EXTRA, consta que Monteiro faltou o serviço para o escalou-se qual em o dia 22 de julho de este ano. Segundo a polícia, o youtuber teria permanecido até o dia 31 sem dar qualquer satisfação sobre seu paradeiro à corporação e completou mais de oito dias de ausência, o que configura o crime de deserção pcalculadono artigo 187 do Código Penal Militar.

Ainda segundo informações do processo de deserção de Monteiro, houve tentativas de encontrá-lo no endereço fornecido por ele à corporação, mas o atual habitante do imóvel informou que o PM não habitava naquele local. A resolução de expulsar Gabriel foi do secretário da PM, coronel Rogério Figueredo.

Faz 8 meses, após a gravação de o vídeo, o ex-comandante impetrou uma ação em a Justiça contra o soldado que voltou, a procurá-o desta vez dentro da Alerj.. O relatório conta que Gabriel Monteiro abordou em a porta de a salinha o coronel e outro homem , munido de uma filmadora portátil, e se o submeteu a um novo vídeo. Na ocasião, o soldado questionou o oficial sobre o motivo de ter ajuizado a ação em seu desfavor. Divulgou-se o novo vídeo também em a internet, mesmo sem licença de o oficial.

Na quinta-feira 16 de julho o sargento da Polícia Militar Daniel Deglmann, de 43 anos, condenado em março a nove anos de prisão, em regime fechado, por sequestro, cárcere privado, tortura e violência contra a mulher, ainda era investigado por dois crimes: coação e assalto. Desde outubro, ele ficou detido preventivamente na Unidade Prisional da PM, em Niterói. A prisão, no entanto, não o impediu de mandar recados a colegas de farda para que a vítima e testemunhas fossem ameaçadas — com medo, algumas delas até se mudaram do estado.

Monteiro mandou ao EXTRA cópias dos documentos das inspeções médicas realizadas nos dias 23, 27 e 29 do mês passado, assinados por três oficiais da corporação, entre eles o tenente-coronel Luiz André.

O documento conta que no dia 23 de outubro do ano passado o soldado se passou por aluno universitário para marcar uma conversa com o coronel Ibis na salinha da deputada Renata Souza , na Assembleia Legislativa do Rio , onde o oficial trabalhava como assessor parlamentar.

— Essa resolução é ilegal. A própria polícia falou que desertei, mas tenho documentos que comprovam que oficiais me dispensaram por questão de saúde. Estou com crises de ansiedade, dores fortes de cabeça, e a pressão ampliando. Fui dispensado do serviço por estresse na polícia. Isso é perseguição — alega o PM, antes de justificar e dar a versão de que esteve no Batalhão para informar o motivo das ausências.

— Me ausentei porque tinha permissão, não deixei de ir ao trabalho. Fui três ou quatro vezes no meu regimento para informar. Desejo que reconheçam esse absurdo. Se os documentos que estou exibindo forem fake ou manupilados no photoshop, eles podem me delatar no MP. Mas são oficiais.

O Youtuber alegou que está sendo perseguido e declarou que, no passado, já teve uma primeira expulsão pedida, mas que se a reconsiderou .

Procurada pelo EXTRA, a PM ainda não respondeu aos questionamentos nem sobre as denúncias de Monteiro.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY NEGATIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Expulso da PM, Gabriel Monteiro se defende: ‘Não desertei. Fui dispensado por questão médica’
>>>>>Youtuber Gabriel Monteiro é expulso da PM por deserção – August 05, 2020 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 80 15 NONE 12 (tacit) eu: 9, me: 2, Me: 1
2 Gabriel Monteiro 0 0 PERSON 5 Gabriel_Monteiro: 2, (tacit) ele/ela (referent: Monteiro): 1, Monteiro: 2
3 decisão 0 80 NONE 4 Essa decisão: 1, A decisão: 1, a decisão: 1, a decisão publicada: 1
4 documentos 0 0 NONE 4 os documentos: 2, documentos: 2
5 soldado 0 0 NONE 4 o soldado: 4
6 EXTRA 0 0 ORGANIZATION 3 o EXTRA: 2, o (referent: o EXTRA): 1
7 PM 0 0 ORGANIZATION 3 a PM: 1, o PM: 2
8 corporação 0 0 NONE 3 a corporação: 3
9 polícia 0 0 NONE 3 A própria polícia: 1, a polícia: 2
10 prisão 0 80 NONE 2 prisão: 1, A prisão: 1