Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Chapiteau Mozac Jonas 1

A mulher de uma das vítimas da operação da Polícia Civil que matou 25 pessoas na comunidade do Jacarezinho, na Zona Norte do Rio, contou que o marido, o ajudante de pedreiro Jonas do Carmo dos Santos, de 32 anos, foi morto em um beco da comunidade ao sair para adquiri pão. Segundo ela , um tiro atingiu primeiro Jonas em a perna. Caído no chão, ele chorou e pediu assistência, segundo sua mulher. Se o alvejou, em seguida, ela conta e não resistiu.

Jonas, na Bíblia Hebraica, é um profeta do norte do reino de Israel que viveu por volta do século VIII a.C. Ele é a figura central do livro de Jonas, no qual Deus chama ele para viajar até Nínive e adverti seus habitantes do iminente castigo divino.

Pertence a mesorregião do Norte Pioneiro Paranaense e a microrregião que leva seu nome, localiza-se, portanto, ao norte da capital do estado distando desta 385 km.

— Eu estava deitada quando ele saiu. Se eu soubesse que o meu marido seria executado, eu não teria deixado ele sair. Se o alvejou em um de os becos em o acesso em a padaria.O baleou-se meu marido em a perna, chorou, pediu assistência, mas eles mataram o meu marido — conta a auxiliar de serviços gerais, de 25 anos. Ela esteve no Instituto Médico Legal nesta sexta-feira para a liberação do corpo.

‘A cama da criança estava encharcada de sangue’: Defensora descreve visita ao Jacarezinho após carnificina

O ajudante de pedreiro tinha dois filhos: um de 7 anos e um de um mês. Ele e a mulher estavam juntos há sete anos. Segundo a auxiliar de serviços gerais, foi a sobrinha que informou que o pedreiro havia sido baleado. Os familiares confirmam que ele estava na “na rua, na hora errada e no momento errado” e acusam a polícia de ir à comunidade para matar. Segundo a família, policiais modificaram a cena do crime.

Apuração: MP abrirá inquérito independente sobre operação no Jacarezinho; Comissão dos Direitos Humanos da Câmara deseja explicações

— A sobrinha dele começou a mandar mensagens declarando que o tio tinha falecido. Eu declarou pra ela que ele tinha ido adquiri pão e que não poderia ser verdade. É que eu não desejou acreditar. Eu fiquei nervosa porque tenho dois filhos, um recém nascido. Eu saiu pela rua procurando ele e descobri que ele estava no acesso à padaria. Os habitantes contaram que ele berrou “aí, aí, aí” após ser baleado na perna, e se o executou depois . Preso, seria lucro, se ele tivesse ido para a clínica e sido. Eles foram para matar e não prender. Eles estão falando uma coisa que não é — declara a mulher do pedreiro, que por medo de vinganças, pediu para não ser identificada.

Familiares de Jonas confirmaram que ele já tinha sido preso anos atrás. No entanto, estava satisfazendo a pena em liberdade. A mulher de Jonas recordou que ele inclusive esteve no Tribunal de Justiça do Rio, na última segunda-feira , para assinar a liberdade provisória e colocar uma tornozeleira eletrônica. A auxiliar de serviços gerais contou que a família não encontrou o equipamento no corpo do rapaz.

Experts: Faltaram planejamento e inteligência da polícia em operação que deixou 25 mortos

— Não achamos a tornozeleira. Eles mexeram nos corpos. Eles transformaram a cena — delatou.

Na manhã desta sexta-feira , familiares dos 24 homens mortos durante a operação na favela foram ao Instituto Médico Legal , no Centro do Rio, para reconhecer os corpos de seus parentes. Cinco corpos ainda não deram entrada no IML.

Abalados e com medo de possíveis vinganças, mães, pais e companheiras dos mortos evitam falar com os jornalistas. A Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil Rio também foi ao IML para auxiliar na liberação dos corpos.

Repercussão: ONU pede inquérito independente após carnificina com 25 mortos no Jacarezinho

— A população pode ficar tranquila que se vai realizar o inquérito com todos os critérios. se vai instaurar uma investigação criminal se for constatado abuso, — declarou o procurador-geral de o Rio, Luciano Mattos.Resultado: Polícia Civil apreendeu seis fuzis, pistolas e munição anti-tanque no Jacarezinho

A Polícia Civil ainda não informou a identidade dos 24 mortos. Até a manhã desta sexta-feira , o único corpo que foi liberado foi o do policial civil André Frias. A perícia foi feita ainda na noite de quinta-feira. O corpo do agente vai ser velado e sepultado nesta sexta-feira no Cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap, na Zona Oeste.

Outros cinco corpos ainda estão no Hospital municipal Souza Aguiar, no Centro do Rio, à espera de liberação.

— Eles ameaçaram as pessoas para elas não falarem nada. Falavam durante todo o tempo que não era para as famílias falarem nada, porque eles voltariam — acusação o ativista. — A operação de ontem é incompreensível. Eles atiravam, deixavam os rapazes tentarem escapar, os perseguiam pelo rastro de sangue e os matavam logo em seguida. A gente jamais viu uma coisa dessas lá na comunidade. As pessoas não tiveram possibilidade de viver. Elas se entregaram, mas se as executou . É homicídio — completou Muniz, quando a pessoa se entrega e é morta.

Tanto ela como colegas que estiveram na favela ficaram chocados com o que viram. O grupo chegou ao Jacarezinho às 13h30 e oescutourelatos de violações de domicílios e erealizaçõesde todas as pessoas que os procuraram no local. Se as retiraram , maria Júlia evidenciou que nas duas casas que a delegação visitou as pessoas atingidas caracteriando que o local do crime foi desfeito:De acordo com o MetrôRio, «dois clientes ficaram feridos, na altura da estação de Triagem, após o vidro de uma das composições aparentemente ser atingido por projétil vindo da área externa». A concessionária informa que os dois foram imediatamente atendidos e que «o caso ainda está em apuração e novas informações serão passadas para o jornalismo». A Linha 2 chegou ter a operação suspendida mas informou o MetrôRio, se a recomeçou já .

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY NEGATIVE

Countries: Brazil

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>’Foi baleado na perna, chorou, pediu assistência, mas eles mataram’, declara mulher de uma das vítimas de carnificina no Jacarezinho
>>>>>Polícia apreendeu relatório sobre operação no Jacarezinho em casa onde cinco suspeitos morreram – May 07, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Operação no Jacarezinho: Polícia diz que cumpriu protocolos do STF e que não comemora o resultado com 25 mortes – May 06, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Três policiais civis são baleados e dois passageiros do metrô ficam feridos em manhã de tiroteio no Jacarezinho – May 06, 2021 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Policial civil morre, outros dois são baleados e passageiros do metrô ficam feridos em manhã de tiroteio no Jacarezinho – May 06, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Suspeito morre baleado após furtar peças de veículos em estacionamento de delegacia, em Inhaúma – May 04, 2021 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Ação no Jacarezinho: policial civil foi morto enquanto retirava barricada – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Castro lamenta ‘vidas perdidas’ em operação no Jacarezinho, mas diz que ação foi pautada em ‘trabalho de inteligência’ – May 06, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Ação no Jacarezinho está entre os confrontos com maior número de mortes no Rio – May 06, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Em manhã de confronto no Jacarezinho, moradores relatam medo e violência na região – May 06, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Policial civil é baleado e passageiros do metrô são feridos na estação de Triagem em manhã de tiroteio no Jacarezinho – May 06, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Massacre no Jacarezinho: relembre seis ações policiais com mais de dez mortes que marcaram o Rio nas últimas três décadas – (Extraoglobo-pt)
>>>>>’A cama da criança estava encharcada de sangue’, descreve defensora sobre visita ao Jacarezinho após massacre – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 0 70 NONE 14 Eu: 4, eu: 3, (tacit) eu: 7
2 Jonas 0 0 PERSON 11 ele (referent: Jonas): 3, Jonas: 2, (tacit) ele (referent: Jonas): 1, (tacit) ele/ela (referent: Jonas): 5
3 pessoas 0 0 NONE 6 As pessoas: 1, 25 pessoas: 1, as pessoas: 1, as pessoas atingidas: 1, pessoas: 2
4 operação 0 50 NONE 5 operação: 3, a operação: 1, A operação: 1
5 o Jacarezinho 0 0 PLACE 5 o Jacarezinho: 5
6 inquérito 0 80 NONE 4 investigação independente: 2, um inquérito criminal: 1, a investigação: 1
7 marido 0 0 NONE 4 meu marido: 3, o marido (apposition: o ajudante de pedreiro Jonas_do_Carmo_dos_Santos de 32 anos): 1
8 a auxiliar de serviços gerais 180 0 NONE 3 a auxiliar de serviços gerais: 2, A auxiliar de serviços gerais: 1
9 corpos 0 0 NONE 3 os corpos: 1, Cinco corpos: 1, Outros cinco corpos: 1
10 esta 0 0 NONE 3 esta: 3