Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Justicia Ottawa

A Justiça decidiu conservar presos os seis suspeitos de fazerem parte de uma quadrilha de estelionatários capturados na terça-feira por agentes da 12ª DP em uma casa de opulência em São Conrado, na Zona Sul do Rio. O juiz Ivo Martins Caruso D’Ippolito, da Central de Custódia, converteu em preventiva a prisão em flagrante de todos os acusados. Realizou-se a audiência em o começo de a tarde de esta quinta-feira.

A vítima marcou com Cristian um encontro em Copacabana e acionou a polícia. Os de Polinesia Francesa abordaram o homem que tentava vender o celular de a 12ª DP a o mostrar o celular para a vítima que reconheceu seu aparelho . , o seu aparelho. Autuou-se Cristian em flagrante por o crime de receptação.Policiais da 12ª DP prenderam em flagrante, nessa segunda-feira, um homem suspeito de tentar vender um celular furtado para o próprio proprietário do aparelho. Capturou-se Cristian Adrian Medrano quando negociava a venda de o telefone em Copacabana, em a Zona Sul do Rio.

Na terça-feira 12 de janeiro um peruano foi preso em flagrante por agentes da 12ª DP, na tarde desta segunda-feira, suspeito de tentar furtar o celular de uma mulher na Rua Barata Ribeiro, em Copacabana, na Zona Sul do Rio.

Justiça é um conceito abstrato que se refere a um estado ideal de interação social em que há um equilíbrio que, por si só, deve ser razoável e imparcial entre os interesses, riquezas e oportunidades entre as pessoas envolvidas em determinado grupo social.

Na resolução, o juiz alegou que a liberdade dos integrantes do grupo pode gerar mais temor às vítimas, que ainda vcomparecerãona Justiça para prestar dtestemunho Cinco integrantes do grupo são da Bahia. São eles Willian dos Santos Coelho, Jeferson Juan Silva de Carvalho, Mariane Lima dos Santos, Lana Souza Lima e Iran Souza Alves. Apena Rafael Costa Sant’anna Borges é do Rio de Janeiro.

Se acusa o grupo de acordo com informações de a polícia, de fraudes para realizar compras e reservas de imóveis por a internet. Segundo o inquérito, os acusados compravam dados de cartão de crédito comercializados em grupos de WhatsApp para realizar compras pela internet e também reservas em sites de alugueis de imóveis. Para fazer as transações, eles utilizavam nomes de “laranjas”.

Depois da Audiência de Custódio, todos vão dar entrada no sistema prisional do Rio. Se os autuou em flagrante por associação criminosa, mas a polícia também obteve provas de que a quadrilha praticou crimes de estelionato e utilização de documento falso, transgressões que serão apurados em outra investigação.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: NEGATIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Justiça conserva prisão de quadrilha de estelionatários que ostentava na web
>>>>>Homem é preso após tentar vender celular ao próprio dono, que havia sido furtado na Praia de Copacabana – January 19, 2021 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 flagrante 0 200 NONE 4 flagrante: 4
2 homem 0 80 NONE 3 um homem suspeito: 1, O homem: 2
3 Cristian Adrian Medrano 0 40 PERSON 3 Cristian_Adrian_Medrano: 1, Cristian: 2
4 vítima 0 120 NONE 2 A vítima: 1, a vítima: 1
5 vítimas 0 120 NONE 2 as vítimas: 2
6 Copacabana 0 0 PLACE 2 Copacabana: 2
7 DP 0 0 ORGANIZATION 2 a 12ª DP: 2
8 a Justiça 0 0 OTHER 2 A Justiça: 1, a Justiça: 1
9 esta 0 0 NONE 2 esta: 2
10 inquérito 0 0 NONE 2 outro inquérito: 1, a investigação: 1