Por: SentiLecto

Milhares de manifestantes reuniram-se no centro de Santiago, neste domingo, para uma manifestação que acabou em confrontos com a polícia e atos de vandalismo. Invadiram-se igrejas e veículos de a polícia incendiados. Coordenou-se o protesto para indicar o primeiro aniversário de o começo de os protestos em o Chile, para exigir maior igualdade social, mas deteriorou em violência.

A manifestação ocorre a dias de um dos mais importantes plebiscitos da história recente do Chile. Uma consulta, marcada para 25 de outubro, para decicidir a mudança da Constituição que ainda é herança da ditadura de Augusto Pinochet.Concluiu em confrontos com a polícia, a manifestação desta sexta-feira em Santiago do Chile.  se considerou a maior manifestação de este ano e ocorre a dois dias de o primeiro aniversário de o começo de os chamados protestos sociais em o país.

Santiago, às vezes chamada Santiago do Chile ) para a diferenciar de cidades homónimas, é a capital e a maior cidade do Chile.

Fonte: Euronews-pt

Sentiment score: NEGATIVE

Countries: Chile

Cities: Santiago

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Manifestação acaba em confrontos no Chile
>>>>>Contestação no Chile volta às ruas – October 17, 2020 (Euronews-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 manifestação 0 0 NONE 3 A manifestação: 1, uma manifestação: 2
2 confrontos 0 70 NONE 2 confrontos: 2
3 polícia 0 0 NONE 2 a polícia: 2
4 violência 0 80 NONE 1 violência: 1
5 e atos de vandalismo 0 75 NONE 1 e atos de vandalismo: 1
6 o protesto 0 40 NONE 1 O protesto: 1
7 assinalar o primeiro aniversário de o início de os protestos em o chile 0 40 NONE 1 assinalar o primeiro aniversário de o início de os protestos em o Chile: 1
8 os chamados protestos sociais 0 40 NONE 1 os chamados protestos sociais: 1
9 igrejas 0 32 NONE 1 Igrejas: 1
10 milhares de manifestantes 0 0 NONE 1 Milhares de manifestantes: 1