Por: SentiLecto

A Delegacia de Defesa dos Serviços Delegados desencadeou, na manhã desta terça-feira, uma operação contra uma organização criminosa especializada em roubos diários de petróleo em dutos da Transpetro/Petrobrás, na Baixada Fluminense. A ação foi batizada como “Porto Negro”. A Polícia Civil e o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado , do Ministério Público, satisfazem cinco mandados de prisão e quatorze de busca e apreensão contra o bando. Entre os mandados de prisão está a do capitão da Polícia Militar Marcelo Queiroz dos Anjos, que se o considera já foragido.

Os inquéritos iniciaram há seis meses, após uma perfuração de dutos da Transpetro no município de Guapimirim, na Baixada. Durante a apuração sobre a quadrilha, interceptações telefônicas autorizadas pela Justiça identificaram a atuação da mesma organização criminosa em duas outras perfurações para roubo de petróleo, em Nova Iguaçu e em Queimados, também na Baixada. Neste último município, os criminosos construíram um túnel subterrâneo para acesso ao duto e chegaram a alugar uma retroescavadeira para abertura de uma via de acesso para caminhões-tanque ao local da retirada do petróleo.

Ainda de acordo com as inquéritos, o chefe da organização criminosa, também responsável pela cooptação dos demais integrantes é o oficial da PM, alvo da operação. Para os investidores, Anjo também é a pessoa que alugou a retroescavadeira usada para abertura de uma via de acesso e construção do túnel em Queimados.

Registrou-se a ocorrência de acordo com a Polícia Rodoviária Federal, em o KM-118 por volta de 8h05, em a pista sentido Juiz de Fora. A pista lateral está interditada e a perícia da Polícia Civil foi acionada para o local.se informou agentes de o 15º Batalhão segundo a Polícia Militar, de que o crime aconteceu em a Região Serrana e fizeram um cerco em a via para abordar o veículo. Durante a ação, um criminoso atirou contra o motorista, que faleceu. Houve troca de tiros. A ladrinha acabou atingido e também não resistiu. Localizou-se um carro que fazia a cobertura de a assalto ainda segundo a PM, não .

Na segunda-feira 22 de fevereiro integrante do domo de uma das principais facções criminosas do Rio, o traficante Álvaro Malaquias Santa Rosa, o Peixão, e outras seis pessoas, incluindo uma mulher, tiveram as prisões preventivas decretadas pela Justiça e estavam sendo procurados pela polícia. Faz 5 anos, promotores acusaram a quadrilha de o Grupo de Atuação Especial a o Combate a o Crime Organizado, de a 1ª Promotoria de Investigação Penal dos Núcleos de Duque de Caxias e Nova Iguaçu. e a pessoas de religiões de matriz de Afragola, na Baixada Fluminense, entre 2016 e 2019. De acordo com a acusação dos promotores, em alguns casos, a ordem de Peixão para agredi e depredar os templos foi transmitida a partir de aplicativos de celulares ou por telefonemas.

Satisfazem-se os mandados em o Rio, em a capital, em Duque de Caxias, em a Baixada, e em Itaboraí, na Região Metropolitana. Satisfazem-se ordens de busca e apreensão também em os estados de São Paulo, Minas Gerais e Paraná, em endereços ligados a os demais integrantes de a organização criminosa.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: NEGATIVE

Countries: Brazil, Argentina, Uruguay

Cities: Parana, Sao Paulo, Queimados, Nova Iguacu, Minas, Itaborai, Duque De Caxias

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Operação mira suspeitos de roubos em dutos de Petróleo na Baixada Fluminense
>>>>>Roubo de carreta termina com dois homens mortos na Rodovia Washington Luiz – February 25, 2021 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 organização 160 320 NONE 4 uma organização criminosa: 1, organização criminosa: 1, a organização criminosa: 2
2 a Baixada 0 0 PLACE 3 a Baixada: 3
3 motorista 0 140 NONE 2 o motorista: 2
4 carro 0 120 NONE 2 um carro: 2
5 o Rio 50 80 PLACE 2 o Rio: 2
6 quadrilha 0 50 NONE 2 a quadrilha: 1, A quadrilha: 1
7 promotores 0 40 NONE 2 os promotores: 1, promotores: 1
8 Crime Organizado 0 0 ORGANIZATION 2 o Crime_Organizado: 2
9 Justiça 0 0 ORGANIZATION 2 a Justiça: 2
10 Nova Iguaçu 0 0 PERSON 2 Nova_Iguaçu: 2