Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Thiago Neves na Seleçao

A Polícia Civil, que trata-se de Otto Samuel D’Onofre Andrade Silva Cordeiro, policial militar de São Paulo e irmão do ex-PM Pedro Emanuel D’Onofre, também assinalado pelo crime, já identificou o quarto suspeito de participar da realização do contraventor Fernando Iggnácio, no começo do mês, no Recreio dos Bandeirantes. Nas imagens, gravadas por câmeras de segurança de um condomínio em Campo Grande, Otto é o único que se separa do grupo e segue em outra direção na calçada.

Reportagem do «Fantástico» da TV Globo apresentada neste domingo mostrou o roteiro feito pelo quarteto no dia do homicídio do contraventor Fernando Iggnácio. Nas imagens, obtidas com exclusividade, eles chegaram ao local do crime com quatro horas de antecedência e prepararam o terreno para se camuflarem.O ex-soldado Pedro Cordeiro, um dos suspeitos do crime, deseja voltar à PM. Faz 5 anos, o agente, expulso de a corporação por ter desacatado um superior, entrou em a Justiça em 2018 para invalidar o ato que o demitiu. Dois anos antes de processar o estado, no entanto, inocentou-se Cordeiro de o assassinato de um taxista, em Realengo, porque uma perícia assinalou que ele tinha “psicose, exibindo loucuras e alucinações”.

Na quinta-feira 19 de novembro mais um de Polinesia Francesa militar podia estar por trás de um crime de grande repercussão no Rio. O cabo Rodrigo da Silva das Neves, de 32 anos, era suspeito de ser um dos autores da morte do bicheiro Fernando Iggnácio, agredido num heliporto no Recreio há duas semanas. Assim como nos assassinatos da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, em que um ex-PM e um PM reformado são acusados de serem os executores, a Polícia Civil ainda não chegou ao mandante do homicídio do contraventor.

Otto está foragido, assim como o irmão Pedro Emanuel, o policial militar Rodrigo Silva das Neves e Ygor Rodrigues Santos da Cruz, vulgo Farofa. Depois do dia da morte do bicheiro, o agente da polícia paulista jamais mais apareceu para trabalhar na corporação. Quando escoltou urnas, das Neves, o primeiro suspeito a ser identificado, chegou trabalhar no domingo das votações do primeiro turno, mas se o viu depois não foi mais visto em serviço.

Thiago Neves Augusto, mais conhecido somente como Thiago Neves, é um futebolista de Brasilde Brasil que atua como meio-campista.

Acusados por outros crimes

A polícia descobriu que o bando teria como área de atuação o bairro de Realengo, na Zona Oeste do Rio. Faz 5 anos, segundo a Polícia Militar, porte ilegal de arma excluiu de a corporação o ex-PM D’Onofre, mas ele já era acusado de outros crimes, como assassinato. Faz 5 anos, se acusou o ex-soldado,. Na época, D’Onofre tinha 23 anos e já respondia a três investigações internas da corporação, entre eles, um desacato a superior, em 2013. O assassinato Mas o ex-PM inocentou ele , depois de ter sido submetido a uma perícia que assinalou ter psicose , exibindo loucuras e alucinações.

Na sua vez, o vídeo da mulher algemada sendo atacada por um PM dentro da delegacia em MS é um retrato do despreparo e dos abusos de autoridade nos treinamentos. A justiça não pode jamais passar por agressão. A polícia teria que proteger, não agredi a população. Absurdo!As imagens mostram um PM empurrando a mulher, que estava visitando a região, e logo em seguida ele desfere socos e tapas na turista. Outros três homens, um deles fardado, acompanham a sessão de agressão e não comportar-se. Quando outra mulher o retira de cima de a vítima, conteve-se O PM só.

Se acusa Ygor da Cruz além de pertencer em a milícia de Realengo, de matar Kettelen Umbelino de Oliveira Gomes em novembro, de 5 anos, de o ano passado, atingida durante tiroteio em o bairro de a Zona Oeste. Ygor da Cruz é o outro acusado.Na mesma área, em fevereiro de 2018, o suspeito também teria participado de um ataque a um homem que recebia atendimento numa ambulância no Hospital Albert Schweitzer, de acordo com o RJTV2.

Segundo a polícia, o cabo das Neves tem fortes ligações com a contravenção. Ele aparece em fotografias nos camarotes da Escola de Samba Mocidade Independente de Padre Miguel, cujo patrono é o bicheiro Rogério Andrade, adversário de Iggnácio. Aos amigos, o PM teria declarado que fazia a segurança da quadra. Os dois frear uma disputa, há mais de 20 anos, pelo domínio de território na exploração de máquinas de caça-níqueis.

Faz 17 dias, que executaram o contraventor, Moysés Santana percorreu 40 quilômetros de o local de o crime até Campo Grande, em busca de imagens de câmeras de segurança, tanto de a prefeitura, quanto privadas, para identificar três de os quatro criminosos em o último dia 10. Moysés Santana é o titular da DH. As buscas fizeram com que os investigadores chegassem a um condomínio, onde morava a namorada do cabo das Neves. Uma das imagens mostra uma cena dos quatro saindo do local rindo, sem provar que haviam acabado de cometer um assassinato. Eles teriam ido esconder dois fuzis, um Fal e um AK-47, utilizados no crime.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: NEGATIVE

Countries: Brazil

Cities: Sao Paulo, Campo Grande

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Polícia identifica PM de São Paulo como quarto suspeito de participar da realização do contraventor Fernando Iggnácio
>>>>>PM agride mulher algemada com socos e chutes em quartel em Bonito, no MS – November 23, 2020 (Extraoglobo-pt)
>>>>>Polícia pede a prisão de mais dois suspeitos pela morte do contraventor Fernando Iggnácio – November 23, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Cabo da PM é um dos suspeitos pelo assassinato de Fernando Iggnácio; armas foram apreendidas em sua casa – November 18, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Três pessoas participaram da execução do contraventor Fernando Iggnácio, aponta investigação – November 16, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Polícia irá ouvir seguranças de Fernando Iggnácio para saber porque não houve escolta no dia do crime – November 11, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Contraventor Fernando Ignacio é assassinado heliporto no Recreio – November 10, 2020 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Contraventor Fernando Iggnácio é assassinado em heliporto no Recreio – November 10, 2020 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Polícia suspeita que contraventor Fernando Iggnácio foi morto a longa distância e por arma de grosso calibre – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Veja o que já se sabe sobre a execução de Fernando Iggnácio, uma semana após o crime – November 17, 2020 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Polícia prende trê suspeitos da morte de Fernando Iggnácio no Rio; um PM da ativa está foragido – November 18, 2020 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Cabo da PM é um dos suspeitos pelo assassinato de Fernando Iggnácio; fuzil foi apreendido em sua casa – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Cabo da PM é um dos suspeitos pelo assassinato de Fernando Iggnácio; fuzis usados no crime são apreendidos na casa dele – (Extraoglobo-pt)
>>>>>PM suspeito de matar bicheiro trabalhou por quase dois anos na carceragem do TJ do Rio – November 25, 2020 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 PM 80 0 ORGANIZATION 5 o PM: 2, o (referent: O PM): 1, O PM: 1, um PM: 1
2 Otto Samuel D’Onofre Andrade Silva Cordeiro 0 0 PERSON 4 D’Onofre: 1, (tacit) ele (referent: D’Onofre): 1, Otto: 2
3 crime 0 240 NONE 3 um crime: 1, o crime: 2
4 suspeito 0 240 NONE 3 o primeiro suspeito: 1, o quarto suspeito: 1, o suspeito: 1
5 Pedro Cordeiro 0 0 PERSON 3 ele (referent: Cordeiro): 1, Cordeiro: 1, O ex-soldado Pedro_Cordeiro: 1
6 imagens 0 0 NONE 3 as imagens: 3
7 perícia 0 0 NONE 3 uma perícia: 3
8 polícia 0 0 NONE 3 a polícia: 1, A polícia: 2
9 delírios e alucinações 0 180 NONE 2 delírios e alucinações: 2
10 homicídio 0 120 NONE 2 o homicídio: 2