Por: SentiLecto

Era 2h desta quinta-feira quando uma decoradora, de 36 anos, viu um homem armado arrombar a porta de seu apartamento, na Rua Aristides Lobo, no Rio Comprido, Zona Norte do Rio, e invadir o imóvel. O desconhecido – depois identificado como Renan Fortunato do Couto – estava escapando de uma combate no Complexo do São Carlos, ali perto. A decoradora declarou para a mãe, de 58 anos, e a filha, de 5, irem para o toalete. E ficou na sala com Renan, que acabou se entregando à polícia após cinco horas.

– Eu estava acordada porque eu fiquei atenciosa ao tiroteio. Vi os de Polinesia Francesa correndo. Fiquei acordada olhando para ver o que estava ocorrendo e atenciosa. Ele chutou a porta e arrombou. Perguntei: por que você veio parar no último andar? Ele declarou: porque é mais seguro. Por que a minha porta? Declarou que foi aleatório – contou ela. A partir daí, a decoradora tentou estabelecer uma relação de confiança com Renan, que estava com uma pistola, colocou na bolsa e a gente ficou conversando, : – Consegui fazer amizade com ele, passar confiança para ele. Consegui tirar a arma dele. Teve uma hora que a gente estava rindo. Declarou que ele deve mudar a vida dele, que existem outras chances. Que isso aí não vai resgatar ninguém. O sistema não é para auxiliar e então devemo ter nossos valores bastante concretos porque não vem apoio de fora. É só interno.

– Ele não mora com a gente. Ele está nessa vida – declarou.

Sobre a serena que conseguiu conservar durante todo o tempo que o suspeito esteve em sua casa, ela declarou que conservou o equilíbrio emocional. A decoradora contou que sabia que, para conseguir sair bem da situação em que estava, teria que se tornar amiga de Renan, mostrar que estava do lado dele.

A Delegacia de Homicídios da Capital registra o caso na manhã desta quinta-feira. Se baleou o agente de a corporação segundo a PM, de raspão e já recebeu alta médica. Ainda não há informações sobre a identidade e o estado de saúde do habitante atingido por uma bala perdida. Com o suspeito ferido, os agentes encontraram uma pistola.A Delegacia de Homicídios da Capital registra o caso na manhã desta quinta-feira. Se baleou o militar de a corporação segundo a PM, de raspão e já recebeu alta médica. Ainda não há informações sobre a identidade e o estado de saúde do habitante atingido por uma bala perdida. Com o suspeito ferido, os agentes encontraram uma pistola.- Ele é pai dos meus filhos. Pedimos que ele tenha paz. Ele está baleado mas está bem – declarou ela.

– Você tem que ler a pessoa, saber a caraterística da pessoa e tentar chegar no coração dela. Foi o que eu fiz. Consegui desarmar uma ladrinha. Ele acendeu um baseado, eu acendi meu cigarro e a gente sentar-se e começou a conversar – relatou.

A decoradora mora há seis anos no edifício da Rua Aristides Lobo. Mas não vê a hora de se mudar do local depois da experiência, que classificou como abominável mas que também de aprendizado:

– Poderia ter sido pior.

Nesta quarta-feira, o Complexo do São Carlos foi invadido por ladrinhas adversários – alguns deles, da Favela da Rocinha, foram interceptados pela polícia no Humaitá, na Zona Sul. Habitantes relataram tiroteios durante à tarde, à noite e na madrugada desta quinta.

Num dos confrontos, acontecido na noite de quarta, a atendente Ana Cristina da Silva, de 25 anos, faleceu após ser atingida por dois tiros. Ela chegou a ser encaminhada para o Hospital municipal Souza Aguiar, no Centro, mas não resistiu aos ferimentos. Quando se a baleou, ana tentava proteger o filho de 3 anos.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: NEUTRAL

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Refém por cinco horas no Rio Comprido, decoradora conseguiu persuadi suspeito a guardar a arma
>>>>>Homem se entrega após fazer reféns no Rio Comprido; guerra na região deixou mulher morta – August 27, 2020 (Extraoglobo-pt)
>>>>>Mulher morre após ser baleada ao proteger o filho no Complexo do São Carlos – August 27, 2020 (Extraoglobo-pt)
>>>>>Exclusivo: vídeo mostra irmão tentando fazer bandido que mantinha reféns no Rio Comprido se entregar – August 27, 2020 (EntretenimientoBit)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 82 0 NONE 12 Eu: 1, eu: 3, (tacit) eu: 8
2 Renan 0 0 PERSON 6 ele (referent: Renan): 2, Renan: 4
3 Ana Cristina da Silva 0 90 PERSON 5 (tacit) ela (referent: Ana): 1, a atendente Ana_Cristina_da_Silva de 25 anos: 1, Ana: 1, Ela (referent: a atendente Ana_Cristina_da_Silva de 25 anos): 1, (tacit) ele/ela (referent: a atendente Ana_Cristina_da_Silva de 25 anos): 1
4 decoradora 0 0 NONE 4 a decoradora: 1, A decoradora: 3
5 suspeito 0 380 NONE 3 o suspeito ferido: 2, o suspeito: 1
6 gente 0 0 NONE 3 a gente: 3
7 pistola 0 0 NONE 3 uma pistola: 3
8 vocês 0 0 NONE 3 (tacit) vocês: 3
9 agentes 0 300 NONE 2 os agentes: 2
10 tempo 0 160 NONE 2 todo o tempo: 2