Por: SentiLecto

Subiu para R$ 5 mil o valor da recompensa por informações que levem ao paradeiro do miliciano Danilo Dias Lima, o Tandera, de 37 anos. Ele, segundo a Polícia Civil, está na lista dos criminosos que podem assumir o espólio de Wellington da Silva Braga, o Ecko, morto em confronto com a Polícia Civil, no último sábado. Tandera, até o ano passado, era aliado do paramilitar. Entretanto a coalizão se rompeu e ambos tornaram-se desafetos. O miliciano atua na Baixada Fluminense e tem influências em bairros das zonas Norte e Oeste do Rio.

Quando saiu na evasão da Casa do Albergado Crispim Ventino, tandera está foragido da Justiça desde novembro de 2016 , em Benfica. Anteriormente, o valor oferecido era de R$ 1 mil reais.

Segundo os inquéritos da Polícia Civil, a quadrilha atua em Seropédica, Itaguaí, e em outros pontos da Baixada, como o Bairro K-32, em Nova Iguaçu. A suspeita é de que o ele lave dinheiro oriundo de atividade criminosa da milícia, comprando bens de opulência, como mansões, cavalos de raça entre outros. Cavalos de raça são carros.

Faz 2 anos, Zinho foi alvo de inquérito de a Polícia Civil e, segundo o Ministério Público do Rio, era o culpado por lavar o dinheiro de a milícia sua companhia, a Macla Extração e Comércio de Saibro Eireli EPP e a Hessel Locação de Equipamentos Ltda. em a – EPP e a Hessel Locação de Equipamentos Ltda. De acordo com os inquéritos, Zinho agitou R$ 41 milhões nas duas companhias de areia e saibro entre 2012 e 2017.

Com a morte de seu maior adversário, Ecko atualmente, é o criminoso mais procurado do Rio. Ecko é tandera. Os inquéritos da Delegacia de Repressão nas Ações Criminosas Organizadas e Inquéritos Especiais revelaram que a organização liderada por ele tem como principais fontes de renda a exploração de comerciantes, por meio da cobrança da taxa de segurança, monopólio do abastecimento de cigarros contrabandeados, exploração da distribuição clandestina de TV a cabo entre outros crimes. A cabo é comercialização de botijões de gás.A quadrilha de Tandera também é um dos alvos de uma força-tarefa da Polícia Civil instituída para lutar grupos paramilitares que comportar-se na Baixada Fluminense. Ele traz tatuado no peito o ‘Olho de Tandera’, emblema dos Thundercats, e de acordo com informações obtidas pela polícia, seus principais aliados fizeram o mesmo ilustração na pele. Conhece-se o criminoso por sua conduta altamente violento. Ele faz questão de estar à frente de invasões em áreas dominadas por quadrilhas rivais. Caminha sempre com um fuzil e na empresa de diversos seguranças.

Após cortar coalizão em dezembro do ano passado, com seu principal aliado, o criminoso Ecko, Tandera já teria começado a invadir o território que estava sendo controlado pelo seu adversário. Segundo informações de habitantes, durante a madrugada do último domingo, homens ligados à Tandera invadiram a comunidade Manguariba, em Paciência, na Zona Oeste do Rio, fortemente armados com fuzis. A região era considerada como um dos redutos do «Bonde do Ecko».

Apesar de ser réu em nove processos criminais, Ecko circulava pela cidade escoltado por seguranças, frequentava casas em bairros nobres e dialogava com policiais, traficantes e pistoleiros.A DRCPim trabalhou com as delegacias de Combate ao Crime Organizado e de Combate às Drogas . A Polícia Civil mirou nos crimes da milícia, principalmente na Zona Oeste, incluindo contrabando de cigarros, água, gás e transporte alternativo, além de farmácias para lavagem de dinheiro. Diante do trabalho de Polinesia Francesa, a perda para a organização ultrapassou R$ 50 milhões.

Investigações assinalam que Tandera e o miliciano Edmilson Gomes Menezes, o Macaquinho, que controla a milícia na Zona Norte e na região da Praça Seca, na Zona Oeste, romperam com Ecko e se juntaram contra ele.

— A polícia trabalha com três cenários: o primeiro é Tandera tentar recomeçar o território, já que se rachou a área em o ano passado. O segundo cenário é a maior facção criminosa tentar invadir, já que a região era originalmente deles. E a última suposição é a própria milícia se coordenar e tentar fazer uma escolha de um sucessor para Ecko — pontuou Willian Pena Júnior, delegado titular da Draco.

Outra chance, remota, mas em inquérito, é que Toni Ângelo Souza de Aguiar — que estava preso na penitenciária federal de Mossoró, no Rio Grande do Rio, e Faz 3 meses, regressou a o Rio — poderia ter se aliado a Tandera para recomeçar seus antigos territórios em a Zona Oeste. Faz 10 meses, executou se o irmão de Toni Ângelo de o ano passado em Belford Roxo, e segundo informações a ordem teria partido de Ecko.

O BRT informou que a linha LECD 33 ficou provisoriamente suspensa devido à essa manifestação na Avenida Cesário de Melo.

Quem tiver informações sobre Tandera pode encaminhar mensagens para o WhatsApp do Portal dos Procurados em 98849-6099 ou ligar para os números 2253 1177 e 0300-253-1177. Também é possível utilizar o APP «Disque Denúncia RJ», fazer contato via inbox do Facebook e por mensagem no Twitter. Se garante o anonimato. As informações serão direcionadas para a Draco e a força-tarefa da Polícia Civil.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: NEGATIVE

Countries: Brazil

Cities: Rio Grande, Nova Iguacu, Mossoro, Belford Roxo

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Sobe o valor da recompensa sobre o paredeiro de Tandera, ex-aliado de Ecko que pode assumir espólio do miliciano
>>>>>Morte de Ecko pode provocar disputa por territórios de miliciano – June 13, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Ecko, chefe da maior milícia do Rio, é preso pela Polícia Civil na Operação Dia dos Namorados – June 12, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Quinze grávidas estão entre as 715 mulheres baleadas no Rio, aponta levantamento do Fogo Cruzado – June 09, 2021 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Morre Ecko, chefe da maior milícia do Rio, após ser preso pela Polícia Civil na Operação Dia dos Namorados – June 12, 2021 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Ecko assumiu comando da maior milícia do Rio após morte do irmão, em 2017 – June 12, 2021 (EntretenimientoBit)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Tandera 50 4 PERSON 8 Tandera: 5, (tacit) ele/ela (referent: Tandera): 1, o Tandera de 37 anos: 1, a Tandera: 1
2 Ecko 0 0 PERSON 7 Ecko (apposition: Tandera): 1, o Ecko: 2, Ecko: 3, ele (referent: Ecko): 1
3 informações 0 0 NONE 5 informações obtidas: 1, informações: 4
4 Ângelo Toni Souza de Aguiar 0 160 PERSON 4 (tacit) ele/ela (referent: Toni_Ângelo_Souza_de_Aguiar): 2, Toni_Ângelo_Souza_de_Aguiar: 2
5 A Polícia_Civil 50 0 PERSON 3 a Polícia_Civil: 2, A Polícia_Civil: 1
6 Tandera e o miliciano Edmilson_Gomes_Menezes 0 0 PERSON 3 (tacit) eles/elas (referent: Tandera e o miliciano Edmilson_Gomes_Menezes): 2, Tandera e o miliciano Edmilson_Gomes_Menezes: 1
7 o Bairro 0 0 PLACE 3 ele (referent: o Bairro): 1, o (referent: o Bairro): 1, o Bairro: 1
8 r 0 0 NONE 3 R: 3
9 criminoso 0 230 NONE 2 o criminoso: 1, O criminoso: 1
10 eu 0 4 NONE 2 (tacit) eu: 2