Por: SentiLecto

Policiais penais prenderam, na tarde desta segunda-feira, Luciano Galvão, vulgo Russo, na cidade de Belford Roxo, na Baixada Fluminense. Segundo informações da Secretaria de Administração Penitenciária, contra ele havia um mandado de prisão pelo crime de tráfico de drogas.

Investigado pela polícia por dois homicídios e por suspeita de integrar uma milícia em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, Alexander Moreira da Silva, de 26 anos, o Nem 38 ou Nem da Posse, foi preso na última terça-feira, em um apartamento localizado em um condomínio de opulência, na Barra da Tijuca. Num dos homicídios pelo qual se o investiga , Nem e outros dois homens aparecem como suspeitos da realização de Mário Fernando Oliveira da Silva. O crime aconteceu na madrugada do dia 22 de junho de 2020 e originou um mandado de prisão, expedido pelo Tribunal de Justiça, em nome de Alexander. Quando se a agrediu, de acordo com os inquéritos, a vítima estava saindo de um bar, na Estrada da Gama, em Nova Iguaçu a tiros. Mário faleceu na hora.

Na sábado 24 de abril um homem foi preso dno bairro Valverde, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, durante uma ação de agentes no local. Segundo a Polícia Militar, o criminoso carregava uma pistola, um carregador, munição, um rádio comunicador e várias drogas no momento em que foi capturado pelos de Polinesia Francesa. Encaminhou-se o preso para a 52ª DP.

Luciano Galvão Coutinho é um economista de Brasil e foi presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social entre maio de 2007 e maio de 2016.

Realizou-se a prisão por policiai penais de a Divisão de Buscas e Recapturas. Faz 9 anos, russo havia sido preso em flagrante por tráfico, mas ganhou o direito a responder pelo crime em liberdade. Sua prisão voltou a ser decretada após condenação a cinco anos de prisão no processo criminal na 1ª Vara Criminal de Nova Iguaçu, em maio do ano passado. Desde então, ele estava foragido.

Nem a DHBF também investiga ele por conta da morte de um ex-presidiário. A executou-se a segunda vítima exemplo de o primeiro caso, a tiros em Nova Iguaçu. De acordo com a polícia, o grupo integrado por Alexander atua nos bairros da Posse, Carmari, São Jorge e Nova América. Entre os negócios ilícitos buscados pelo bando está a cobrança de taxas de segurança.

Ainda de acordo com informações da Seap, Russo tem anotações criminais pelos crimes de estelionato e tráfico de drogas. Se levou o preso após ser recapturado, para a 39ª DP.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: VERY NEGATIVE

Countries: Brazil

Cities: Belford Roxo

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Traficante foragido é preso por policiais penais na Baixada Fluminense
>>>>>Preso em condomínio de luxo, acusado de chefiar milícia é investigado por mortes – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 preso 0 400 NONE 5 O preso: 1, preso: 3, o preso: 1
2 Luciano Galvão 0 0 PERSON 4 (tacit) ele/ela (referent: Luciano_Galvão_Coutinho): 1, Luciano_Galvão_Coutinho: 1, ele (referent: Luciano_Galvão): 1, Luciano_Galvão: 1
3 Nova_Iguaçu 0 0 PLACE 3 Nova_Iguaçu: 3
4 assassinatos 0 140 NONE 2 dois assassinatos: 1, os assassinatos: 1
5 vítima 0 120 NONE 2 a vítima: 1, a segunda vítima: 1
6 prisão 0 80 NONE 2 A prisão: 1, Sua prisão: 1
7 um mandado de prisão 0 80 NONE 2 um mandado de prisão: 2
8 Alexander da Moreira Silva 0 0 PERSON 2 Alexander: 2
9 DP 0 0 ORGANIZATION 2 a 39ª DP: 1, a 52ª DP: 1
10 Investigado 0 0 OTHER 2 Investigado: 1, (tacit) ele (referent: Investigado): 1