Por: SentiLecto

Se levou o talento de casa Stephany Ferreira Peixoto, de 36 anos, por policiais, em o começo de a tarde de esta terça-feira, de o Hospital Municipal José Rabello de Mello, onde estava sob custódia, em direção a o Complexo Penitenciário de Gericinó. Ela é suspeita de matar a facadas os dois filhos de 6 e 3 anos na tarde desta segunda-feira, em Guapimirim, Baixada Fluminense. Na saída, houve confusão entre parentes da mulher e pacientes da unidade. Stephany permaneceu todo o tempo de cabeça baixa, escoltada por três de Polinesia Francesa. Exaltadas, algumas pessoas berravam frases como «assassina» e «Deus vai te cobrar». Por sua vez, familiares dela falavam: «Não vamos te abandonar» e «Estamos com você até o fim».

No dia do aniversário de 6 anos de Bruno, ela postou duas fotografias do menino e o parabenizou pela data: «Hoje é o seu dia, minha afeição. Parabéns, meu meninão. Que Deus continue abençoando. Você é um menino encantador. Eu amo esse seu jeito levado, sincero, amoroso, que protege quem ama. Obrigada Deus por ess bênção», publicou ela. Faz 10 meses, o aniversário de Arthur de o ano passado, também rendeu homenagens : » Você veio em maneira de milagre, gravidez de risco. Deus é tão perfeito que ele me deu você só para completar a minha vida».No dia do aniversário de 6 anos de Bruno, ela postou duas fotografias do menino e o parabenizou pela data: «Hoje é o seu dia, minha afeição. Parabéns, meu meninão. Que Deus continue abençoando. Você é um menino encantador. Eu amo esse seu jeito levado, sincero, amoroso, que protege quem ama. Obrigada Deus por ess bênção», publicou ela. Faz 10 meses, o aniversário de Arthur de o ano passado, também rendeu homenagens : » Você veio em maneira de milagre, gravidez de risco. Deus é tão perfeito que ele me deu você só para completar a minha vida».Segundo o delegado Antônio Silvino Teixeira, titular da 67ª DP , Stephany Ferreira Peixoto tentou cortar os pulsos após matar os filhos a facada. Se a vai indiciar por assassinato duplamente, de acordo com Teixeira, a mulher está presa sob escolta policial e qualificado. A Civil deseja saber o que estimulou esse crime.

Deus é uma concepção de Ser Supremo presente em diversas religiões monoteístas, henoteístas ou politeístas, sendo em geral definido como a almazinha infinita e eterna, criadora e preservadora do Universo.

Segundo vizinhos da mulher, houve uma briga na casa da família, na última sexta-feira. Ela, o marido e três filhos se mudaram para o local há pouco mais de dois meses. Ainda de acordo com vizinhos, todos eles eram bastante discretos.

— Eles eram discretos e bastante educados. Raramente as crianças brincavam na rua. Declara uma vizinha da família, que completa: — Ela parecia ser uma excelente mãe, quando isso ocorria, era o pai deles que sempre vigiava —. As crianças sempre caminhavam arrumadas, eram bem tratadas. Não compreendemo essa barbárie. Não compreendo o porquê disso.

Outra vizinha da família realça que o marido de Stephany fazia de tudo para que a família deixasse o aluguel. Foi ele que construiu, durante as madrugadas, a casa simples de dois quatros, sala, cozinha e toalete onde moravam.

Segundo o delegado Antônio Silvino Teixeira, titular da 67ª DP , a polícia irá montar o perfil psicológico.

Faz 8 meses, por outro lado de o ano passado, outra publicação em o perfil pessoal exaltava o lado materno de Stephanie : » Amo bastante meus meninos. Ser mãe realmente é padecer no paraíso. Da afeição ao ‘lá vai o chinelo voador’. Meus levados». O texto, assim como quase todos os outros, vem acompanhado de emojis de corações, facezinhas contentes e ursos de pelúcia.

— Nos inquietamo no primeiro momento de dar uma pronta resposta. Ela está presa, autuada e a autoria está pronta. Agora, analisaremos tinha algum problema psíquico. Escutou-se o marido já , mas não tem condições. Uma vizinha também foi ouvida — realça o delegado, que comenta sobre a possível briga: — Desejamo saber se houve alguma briga, até porque escutámo uma informação de que na sexta-feira teria acontecido um desentendimento.

— O marido estava desnorteado. Tudo estava com muito sangue e ela falava «eu matei os meus filhos, eu matei os meus filhos”, quando chegamos na casa. Era uma cena de consternação — declarou uma testemunha, que não desejou se identificar.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: POSITIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Transfere-se Muher que matou os filhos em Guapimirim para presídio sob gritos; vídeo
>>>>>Mãe que matou filhos em Guapimirim fez postagens de amor às crianças: ‘Amo meus meninos’ – January 11, 2022 (Extraoglobo-pt)
>>>>>Mãe que matou dois filhos em Guapimirim fez postagens de amor: ‘Amo meus meninos’ – January 11, 2022 (Extraoglobo-pt)
>>>>>Mulher mata filhos de 6 e 3 anos a facadas e tenta suicídio em Guapimirim, segundo a polícia – January 11, 2022 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 90 240 NONE 10 (tacit) eu: 4, Eu: 2, eu: 2, me: 2
2 Deus 80 0 PERSON 10 (tacit) ele/ela (referent: Deus): 1, ela (referent: Deus): 1, Deus: 6, ele (referent: Deus): 2
3 nós 0 60 NONE 9 Nos: 1, (tacit) nós: 8
4 você 0 0 NONE 9 você: 3, te: 2, Você: 4
5 jeito 920 0 NONE 4 seu jeito levado sincero amoroso: 4
6 briga 40 120 NONE 3 a possível briga: 1, alguma briga: 1, uma briga: 1
7 amor 240 0 NONE 3 meu amor: 2, o amor: 1
8 tudo 0 0 NONE 3 tudo: 3
9 o aniversário de arthur 0 100 NONE 2 O aniversário de Arthur: 2
10 gravidez de risco 0 50 NONE 2 gravidez de risco: 2