Brainard, do Fed, apoia ampliações de juros no ‘curto prazo’

Por: SentiLecto

A banqueira central Lael Brainard, do Federal Reserve, apoiou nesta sexta-feira ampliações de juros “no curto prazo” mas declarou que alguns impulsos econômicos estavam reduzindo e que a política de taxas de juros vai depender cada vez mais da evolução da perspectiva dos EUA.

– Operadores de futuros de juros de curto prazo conservaram nesta sexta-feira suas apostas de que o Federal Reserve terá que retardar fortemente seu ritmo de ampliação de juros no próximo ano, depois que um relatório do governo mostrou que empregadores contrataram menos que o esperado em novembro. A adição de somente 155 mil empregos no mês passado, menos que os 200 mil esperados, aprofunda as crescentes dúvidas dos mercados financeiros de que o Fed vai se ater às três altas de juros que pcalculavapara o ano que vem há asomentepoucos meses. Em 1 ano, vendas generalizadas sobre a trajetória de ampliação de juros de o Fed também geraram recentemente dúvidas em os mercados acionários e crescentes preocupações sobre uma desaceleração mundial e menor efeito de o estímulo fiscal de o governo de os EUA. Quando condições são incertas, observações recentes do chair do Fed, Jerome Powell, sobre a necessidade de “diminuir a velocidade” adicionaram ceticismo sobre o Fed ser capaz de aumentar os juros a um ritmo próximo dos ampliações trimestrais que vem fazendo nos últimos dois anos. Operadores de contratos ligados à taxa de política monetária do Fed estão precificando asomenteuma alta de juros no próximo ano. Membros votantes do Fed divulgarão novas previsões após seu encontro em duas semanas, durante o qual têm que entregar uma quarta e última alta de juros em 2018. “O relatório não é fraco o suficiente para impedir uma alta em dezembro, mas contribuirá para uma revisão para baixo na orientação de política dos banqueiros centrais sobre altas de juros em 2019″, declarou Mohamed El-Erian, conselheiro econômico chefe da Allianz.

Na quarta-feira 28 de novembro o chairman do Federal Reserve aparentemente havia sinalizado que o banco central dos EUA estava se aproximando do fim das altas de juros, declarando que a taxa do Fed estava “pouco abaixo” de um nível que não freia nem animava uma economia saudável. O chairman do Federal Reserve é jerome Powell.

Falando em um acontecimento em Washington sobre estabilidade financeira, Brainard declarou que o retrato era amplamente positivo, mas riscos estavam aumentando, inclusive no exterior, e nos mercados de dívida corporativa.

“Embora o percurso da política dependa cada vez mais, essa abordagem permanece apropriada no curto prazo de como a perspectiva evolui.”

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: United States

Cities: Washington

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Brainard, do Fed, apoia ampliações de juros no ‘curto prazo’
>>>>>Operadores apostam que Fed terá que reduzir altas de juros em 2019 – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Lael Brainard 48 0 PERSON 3 Brainard: 1, Lael_Brainard de o Federal_Reserve: 1, (tacit) ele/ela (referent: Lael_Brainard de o Federal_Reserve): 1
2 juros 0 0 NONE 3 juros: 3
3 prazo 0 0 NONE 3 curto prazo: 1, o curto prazo: 2
4 Federal Reserve 80 0 ORGANIZATION 2 o Federal_Reserve: 1, (tacit) ele/ela (referent: o Federal_Reserve): 1
5 a adição de apenas 155_mil empregos em o mês passado menos se ater em as três altas de juros 0 0 NONE 2 A adição de apenas 155_mil empregos em o mês passado menos se ater em as três altas de juros: 2
6 Fed 0 0 ORGANIZATION 2 o Fed: 2
7 apostas 0 0 NONE 2 apostas: 2
8 as crescentes dúvidas de os mercados financeiros 0 0 NONE 2 as crescentes dúvidas de os mercados financeiros: 2
9 esta 0 0 NONE 2 esta: 2
10 mercados 0 0 NONE 2 os mercados acionários: 1, os mercados: 1