Cade aprova venda de ativos de siderurgia da ArcelorMittal Brasil para Simec

Por: SentiLecto

– O Conselho Administrativo de Defesa Econômica aprovou sem limitações a venda de ativos produtivos da ArcelorMittal Brasil para o grupo mexicano Simec, de acordo com despacho publicado nesta segunda-feira no Diário Oficial da União. A venda de ativos de produção de aços longos e em trefilação da ArcelorMittal no Brasil foi uma das condições impostas pelo Cade, que não especificou quais ativos específicos estão sendo vendidos e por qual custo, para aprovação, em fevereiro, da aquisição da Votorantim Siderurgia pela empresa. Enquanto as principais atividades do grupo de Mexico incluem a produção de aços longos, habituais e especiais, o grupo AcelorMittal é o maior produtor de aço do mundo, atuando em diversos segmentos dos mercados de aços longos e aços planos . No Brasil, a Simec tem uma usina de aços longos em Pindamonhangaba , com habilidade para 400 mil toneladas por ano.

– O Conselho Administrativo de Defesa Econômica decidiu nesta quarta-feira avaliar mais de perto a venda do complexo de fertilizantes da Vale para a Yara InternationalASA, voltando atrás em uma resolução anterior que aprovou o acordo sem limitações. Faz 5 meses, a de Noruega Yara fechou acordo para adquiri o complexo de fertilizantes de a gigante de a mineração Vale em Cubatão por 255 milhões em dinheiro, de dólares. A norueguesa Yara é líder do setor no país. O acordo daria à Yara a chabilidadede produzir no Brasil fertilizantes à base de nitrogênio, como o nitrato de amônia, amplamente utusadoa sacolheitae cana. O Brasil é o maior produtor e processador de cana do mundo. Um órgão técnico do Cade, o regulador antitruste do país, consentiu com a transação em março, argumentando que não daria à Yara uma posição dominante em nenhum dos mercados em que opera. No entanto, João Paulo de Resende argumentou que depois que a Petrobras anunciou, o Cade teria que reconsiderar essa resolução que hibernaria duas fábricas de fertilizantes. João Paulo de Resende é o membro do conselho do Cade. As duas unidades respondem por cerca de metade do consumo de amônia no Brasil. A resolução da Petrobras não somente modifica os parâmetros utilizados ​​para calcular a participação de mercado em vários mercados de fertilizantes, mas também muda a dinâmica do mercado de amônia, declarou ele. Importa-se A amônia para o Brasil principalmente pelo terminal portuário conectado a o complexo industrial de Piaçaguera que seria comprado por a Yara, como parte de a transação, adicionou Resende. – A Energisa recebeu aval do Conselho Administrativo de Defesa Econômica , sem limitações, para uma eventual aquisição do controle da Eletropaulo, culpada pela distribuição de eletricidade na região metropolitana de São Paulo, de acordo com comunicado da empresa ao mercado. Faz 11 dias, a Energisa, que controla nove distribuidoras de energia e atua também em transmissão, anunciou uma oferta para aquisição de o controle de a Eletropaulo que pode envolver um desembolso de até 3,24 bilhões de reais. Na ocasião, a Eletropaulo declarou que responderia em até 15 dias à proposta da Energisa, que envolveria a rexecuçãode uma oferta pública voluntária de aquisição da totalidade de suas ações. Antes, a italiana Enel já havia exibido uma oferta pela Eletropaulo, e a expectativa de experts é que a disputa pela maior distribuidora de energia brasileira em faturamento e volume negociado ainda atraia possíveis novas ofertas de outros investidores. A Eletropaulo declarou em seu comunicado, mencionando informação recebida da Energisa, que a resolução do Cade “ainda está sujeita a recurso ou avocação do ato de concentração pelo prazo de 15 dias da data de sua publicação no Diário Oficial da União”, realizada nesta segunda-feira. A elétrica somou: “Caso não seja interposto recurso nem aconteça a avocação em tal prazo, a resolução vai transitar em julgado, tornando-se definitiva”. Em seu parecer sobre a operação, o Cade compreendeu que uma possível compra da Eletropaulo pela Energisa “não acarreta perdas ao ambiente concorrencial”, principalmente porque as companhias operam em áreas de concessão distintas e são sujeitas à regulação da Agência Nacional de Energia Elétrica . – A Eletropaulo informou nesta segunda-feira que o Conselho Administrativo de Defesa Econômica aprovou, sem limitações, a aquisição do controle da empresa pela Energisa, de acordo com comunicado ao mercado. Faz 11 dias, se anunciou a operação, orçada em mais de 3 bilhões de reais. No comunicado, a Eletropaulo, mencionando a Energisa, declara que a resolução do Cade “ainda está sujeita a recurso ou avocação do ato de concentração pelo prazo de 15 dias da data de sua publicação no Diário Oficial da União”, realizada nesta segunda-feira. “Caso não seja interposto recurso nem aconteça a avocação em tal prazo, a resolução vai transitar em julgado, tornando-se definitiva.”

Na terça-feira 27 de março – O grupo industrial mexicano Mexichem alegou que sua unidade no Brasil fechou acordo com o Conselho Administrativo de Defesa Econômica sobre supostas violações de normas antitruste e que pagará 95,1 milhões de reais em compensação. Em comunicado, a Mexichem havia informado que o Cade havia informado a companhia em 2016 sobre as supostas violações de normas de defesa da competição durante o fase de 2003 a 2009.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: Brazil

Cities: Pindamonhangaba

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Cade aprova venda de ativos de siderurgia da ArcelorMittal Brasil para Simec
>>>>>Cade vai reavaliar decisão sobre acordo entre Yara e Vale – April 11, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>Energisa tem aval do Cade para possível aquisição da Eletropaulo – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Eletropaulo anuncia aprovação do Cade para negócio com Energisa – April 16, 2018 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Eletropaulo 30 0 ORGANIZATION 9 (tacit) ele/ela (referent: a Eletropaulo): 2, A Eletropaulo: 2, a Eletropaulo: 4, (tacit) ele/ela (referent: A Eletropaulo): 1
2 Cade 50 0 ORGANIZATION 7 o Cade: 5, (tacit) ele/ela (referent: o Cade): 2
3 Energisa 30 0 ORGANIZATION 7 (tacit) ele/ela (referent: A Energisa e): 1, A Energisa: 1, A Energisa e: 2, a Energisa: 3
4 o Brasil 0 0 PLACE 6 o Brasil: 5, O Brasil: 1
5 Conselho de Econômica 60 0 PERSON 5 o Conselho_Administrativo_de_Defesa_Econômica: 2, (tacit) ele/ela (referent: O Conselho_Administrativo_de_Defesa_Econômica): 1, O Conselho_Administrativo_de_Defesa_Econômica: 2
6 esta 0 0 NONE 5 esta: 5
7 restrições 0 240 NONE 4 restrições: 4
8 acordo 120 0 NONE 4 acordo: 2, o acordo: 1, O acordo: 1
9 comunicado 0 0 NONE 4 seu comunicado: 1, comunicado: 2, o comunicado: 1
10 decisão 0 0 NONE 4 essa decisão: 1, uma decisão anterior: 1, a decisão: 2