CNPC vai investir US$22 bi para ampliar produção de petróleo e gás no oeste da China

Por: SentiLecto

A China National Petroleum Corp declarou nesta quarta-feira que irá gastar mais de 150 bilhões de iuanes até 2020 para alavancar a produção de gás e petróleo na região de Xinjiang, no oeste do país, visando compensar a queda da produção de campos maduros no nordeste da China.

No ano passado, a produção de petróleo da Rússia atingiu uma média anual de 10,98 milhões de bpd, máxima em 30 anos, apesar da participação do país em um convênio mundial de diminuição da oferta liderado pela Opep.Depois que a Organização dos Países Exportadores de Petróleo e outros produtores liderados por Moscou consentiram no mês passado em acalmar limitações de produção, ele declarou que a Rússia iria ampliar ainda mais a produção, para 555 milhões de toneladas, em 2019.

Na segunda-feira 16 de julho a China poderia abrir sua economia se desejasse, havia declarado nesta segunda feira Jean-Claude Juncker com a União Europeia pedindo aos países que evitem um combate comercial mesmo com a ampliação da pressão sobre Pequim devido a suas políticas industriais. Jean-Claude Juncker é o presidente da Comissão Europeia.

A ampliação dos gastos irá levar a produção na região autônoma de Xinjiang a mais de 50 milhões de toneladas de óleo equivalente entre 2018 e 2020, declarou a CNPC.

A soma prometida é equivalente ao investimento total da unidade listada da CNPC, a PetroChina, maior produtora de petróleo e gás da China, para exploração e produção em 2017.

Enquanto a empresa produziu 23,5 bilhões de metros cúbicos de gás, as operações da CNPC em Xinjiang produziram 11,45 milhões de toneladas de petróleo no ano passado , o equivalente a 17,1 milhões de toneladas, na região de Tarim, uma das maiores bacias de China, de acordo com o relatório anual de 2017 da PetroChina.

A onda de investimentos ressaltam o movimento chino para trocar a produção do campo de Daqing, no nordeste da província de Heilongjiang, e impulsionar o crescimento da oferta de gás natural para atender à dprocurapelo combustível esperada como parte dos esforços de Pequim para rdiminuiroauutilizaçãode carvão.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: China

Cities: Daqing

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>CNPC vai investir US$22 bi para ampliar produção de petróleo e gás no oeste da China
>>>>>Rússia eleva estimativa de produção de petróleo para 2018 e 2019 – July 25, 2018 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 produção 0 0 NONE 3 a produção: 2, produção: 1
2 toneladas 0 0 NONE 3 toneladas: 3
3 países 6 0 NONE 2 os países: 2
4 esta 0 0 NONE 2 esta: 2
5 aliviar restrições de produção 40 60 NONE 1 aliviar restrições de produção: 1
6 impulsionar o crescimento de a oferta de gás natural para atender em a demanda por o combustível esperada como parte de os esforços de pequim para reduzir o uso de carvão 170 40 NONE 1 impulsionar o crescimento de a oferta de gás natural para atender em a demanda por o combustível esperada como parte de os esforços de Pequim para reduzir o uso de carvão: 1
7 um pacto global de redução de a oferta 0 40 NONE 1 um pacto global de redução de a oferta: 1
8 o aumento de os gastos 0 35 NONE 1 O aumento de os gastos: 1
9 uma guerra comercial 0 23 NONE 1 uma guerra comercial: 1
10 a produção de petróleo de a rússia 150 0 NONE 1 a produção de petróleo de a Rússia: 1