Custos na Ceasa ainda estão bastante altos, apesar de fornecimento ter sido recomeçado

Por: SentiLecto

Na manhã desta terça-feira, os vendedores da Central de Abastecimento do Estado do Rio , em Irajá, na Zona Norte, voltaram a comercializar hortaliças, itens que haviam sumido dos pugilismos nos últimos dias, devido à greve dos caminhoneiros. Os custos, no entanto, continuam mais altos do que o normal.

A central, que tem cerca de 800 pugilismos, amanheceu com dezenas de estabelecimentos fechados. No Pavilhão 21, por exemplo, onde se concentram 11 produtores do Estado do Rio, se atendeu metade de a procura menos da em esta sexta-feira.O movimento na Central de Abastecimento do Estado do Rio de Janeiro , em Irajá, na Zona Norte, continua bastante abaixo no esperado, nesta sexta-feira. Dos 400 caminhões que costumar entrar no entreposto comercial em um dia de funcionamento normal, às vésperas de um fim de semana, asomente38 chegaram ao local, até as 11h. A expectativa era que pelo menos 50% do movimento fosse restabelecido hoje, o que não se satisfez. O cenário é o mesmo desta quinta-feira.

O comprador Roni de Oliveira, de 34 anos, se assustou com os valores. O trabalhador compra mercadorias no entreposto comercial para revendê-las a estabelecimentos da Baixada Fluminense:

— Levarei só o básico, porque os custos estão surreais.

Proprietário de um restaurante em Irajá, Antonio Costa, de 48 anos, sente os efeitos da alta dos custos. No estabelecimento self service que ele gerenciar, foi preciso cortar a batata do cardápio e ampliar o valor da refeição de R$ 16 para R$ 18.Em 1 mês, os caminhões não vão ter limitações para descarga de mercadorias em a cidade de o Rio a fim de que mercados, hortifrutis, bares e restaurantes possam ser reabastecidos,, até o dia 17 de junho a fim de que mercados, hortifrutis, bares e restaurantes possam ser reabastecidos, e a situação volte à normalidade.

A caixa de vagem triplicou: costumava sair por R$ 30, mas se a vende agora por R $ 90.

— Está mais fácil achar ouro do que cenoura. Há uma semana que não encontro o produto — completou Oliveira.

O vendedor Valdinei Machado, de 40 anos, observou que os preços estão mais elevados e que exclusivamente 30% das mercadorias que a central costuma comercializar em uma terça-feira estão à venda.

Talento de uma barraquinha que vende legumes no Calçadão de Bangu, na Zona Oeste, Tânia Mara, de 60 anos, cortou o quiabo da lista de compras:

— A caixa custava R$ 20, mas está saindo por R$ 80. Onde já se viu?

O vendedor Idalino Manoel Silva, de 52 anos, explica que a oferta de produtos está sendo recomeçada pouco a pouco:

Nas barracas, ainda se observa o reflexo da carência dos últimos dias. Se vende a caixa com 18 pés de alface que normalmente custa cerca de R, $ 15, por R $ 50. O lote com dez molhos de coentro ficou cinco vezes mais caro: subiu de R$ 5 para R$ 25.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Custos na Ceasa ainda estão bastante altos, apesar de fornecimento ter sido recomeçado
>>>>>De 400 caminhões esperados na Ceasa-RJ, apenas 38 chegaram ao mercadão – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Produtores da Região Serrana já amargam prejuízo de R$ 30 milhões com greve dos caminhoneiros – May 28, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Preços disparam na Ceasa-RJ com protesto de caminhoneiros. Saca de batatas já custa R$ 300 – May 23, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Falta de produtos leva feirantes a buscar fornecedores na Serra. Outros já desistem de trabalhar – May 24, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>Ceasa e Cadeg já são reabastecidos. Rotina começa a voltar ao normal no Rio – May 29, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Floristas trocam caminhão por carros de passeio no Cadeg; preços dos produtos disparam – May 25, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Greve de caminhoneiros e aumento no preço de combustíveis provocam alta na conversão para GNV – May 24, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Greve dos caminhoneiros: segundo sindicato, 90% dos postos no Rio já estão sem combustíveis – May 24, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Faltam combustíveis em vários posto do Rio, da Zona Sul à Zona Norte – May 23, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Faltam combustíveis em vários postos do Rio, da Zona Sul à Zona Norte – May 23, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Postos temem desabastecimento até sexta-feira com greve de caminhoneiros – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 r 0 0 NONE 8 R: 8
2 eu 0 0 NONE 4 (tacit) eu: 4
3 custos 50 0 NONE 3 os custos: 1, os preços: 1, Os preços: 1
4 Irajá 0 0 PLACE 3 Irajá: 3
5 a caixa 0 0 NONE 3 (tacit) ele/ela (referent: A caixa): 3
6 central 0 0 NONE 3 a central: 1, A central: 2
7 esta 0 0 NONE 3 esta: 3
8 Valdinei Machado 0 80 PERSON 2 (tacit) ele/ela (referent: O vendedor Valdinei_Machado de 40 anos): 1, O vendedor Valdinei_Machado de 40 anos: 1
9 service 120 50 NONE 2 service: 2
10 a caixa com 18 pés de alface 160 0 NONE 2 A caixa com 18 pés de alface: 2