Dividido por crise, Reino Unido busca “plano B” para o Brexit

Por: SentiLecto

Theresa May vai tentar nesta quinta-feira romper o impasse sobre como o Reino Unido deixará a União Europeia, que , buscando um acordo de separação de última hora com o Parlamento, apesar dos poucos sinTheresa May vai tentar nesta quinta-feira romper o impasse sobre como o Reino Unido deixará a União Europeia, que , buscando um acordo de separação de última hora com o Parlamento, apesar dos poucos sinais de concessões até o momento. Theresa May é a primeira-ministra britânica. Theresa May é a primeira-ministra britânica. Depois que os dois anos de esforços de May para fechar um acordo de retirada amigável foram esmagados pelo Parlamento na maior derrota de um líder britânico na história contemporânea do país, May pediu que líderes partidários deixem seus interesses de lado para encontrar uma forma de seguir adiante.

“Então, minha mensagem ao Parlamento neste final de semana é simples: é hora de esquecer os jogos e fazer o que é certo para o nosso país”.”Enquanto o não acordo continua sendo um risco sério, tendo observado os acontecimentos em Westminster ao longo dos últimos sete dias, meu julgamento agora é que o desfecho mais provável vai ser uma paralisação no Parlamento que coloca em risco não haver um Brexit”.“Eu declaro a todos os membros de todos os lados desta Casa, seja lá o que você deduziu anteriormente, ao longo destas próximas 24 horas, dê uma segunda olhada neste acordo”, declarou ela.

Na quarta-feira 09 de janeiro LONDRES, 9 Jan – A primeira-ministra britânica, Theresa May, padeceu uma derrota inicial em seus planos para o Brexit nesta quarta-feira, quando parlamentares exigiram que o governo exiba um plano B dentro de dias caso perca uma eleição sobre o acordo que negociou com a União Europeia para deixar o bloco.

Em 2 meses, a quinta maior economia de o mundo vai deixar a União Europeia sem um acordo com a UE, ou se a vai forçar a interromper o Brexit, provavelmente realizando uma votação geral ou até um segundo plebiscito sobre a continuidade em o bloco, se May não for capaz de formar um consenso.

May tem repetidamente recusado a chance de uma nova votação e informado que um segundo plebiscito comprometeria a confiança na democracia entre as 17,4 milhões de pessoas que votaram para deixar a União Europeia no plebiscito de 2016. E pretendo fazê-lo”,declaroue May do lado de fora de sua residência na Downing Street, em uma tentativa de seconduzir diretamente aos eleitores.

May, que protelou uma eleição no parlamento sobre seu acordo em dezembro, depois de admitir que estava prestes a perdê-la,declaroue que os legisladores não devemdesapontarr as pessoas que apoiaram o Brexit em umplebiscitoo de junho de 2016.

May declarou: “Estou convidando parlamentares de todos os partidos a se reunirem para encontrar o percurso a seguir”. “Agora é a hora de deixar o interesse próprio de lado”.

Enquanto o Reino Unido se prepara para sua maior mudança econômica e política desde a Segunda Guerra Mundial, outros membros da União Europeia têm se oferecido para realizar conversas, mas há pouco que possam fazer até que Londres decida o que deseja do Brexit.

Políticos britânicos não têm conseguido chegar a um acordo sobre como, ou até se, irão deixar o bloco, desde que o Reino Unido votou por 52 a 48 por cento em defesa de deixar a União Europeia em junho de 2016.

Em um indício do quão difícil a tarefa de May pode se tornar, o trabalhista Jeremy Corbyn se rejeitou a participar de conversas até que um Brexit sem acordo seja descartado. O trabalhista Jeremy Corbyn é o principal líder da oposição.

O Partido Trabalhista deseja uma união aduaneira permanente com a União Europeia, um relacionamento próximo com o mercado único do bloco e maiores proteções para trabalhadores e consumidores.

Lewis declarou que importantes ministros se vão encontrar com colegas da Casa dos Comuns nesta quinta-feira.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: United Kingdom

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Dividido por crise, Reino Unido busca “plano B” para o Brexit
>>>>>Antes de votação, primeira-ministra May alerta que seria catástrofe interromper Brexit – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Brexit está em perigo, alerta premiê May antes de votação de acordo – January 14, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Premiê May sofre derrota no Parlamento em retomada de debate sobre Brexit – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Iata preocupa-se sobre impacto de falta de acordo para Brexit na aviação – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Deem uma segunda olhada em acordo sobre Brexit, pede premiê britânica a parlamentares – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 May 0 80 PERSON 9 May: 5, (tacit) ele/ela (referent: May): 2, a (referent: May de o lado): 1, May de o lado: 1
2 União Europeia 0 0 ORGANIZATION 6 a União_Europeia: 6
3 acordo 150 25 NONE 5 seu acordo: 1, acordo: 1, um acordo: 1, o acordo: 2
4 referendo 0 4 NONE 4 um segundo referendo: 2, o referendo de 2016: 1, um referendo: 1
5 eu 60 0 NONE 4 (tacit) eu: 4
6 Parlamento 0 0 ORGANIZATION 4 o Parlamento: 4
7 pessoas 96 0 NONE 3 pessoas: 1, as pessoas: 2
8 esta 0 0 NONE 3 esta: 3
9 o Reino_Unido 0 0 PLACE 3 o Reino_Unido: 3
10 votação 0 0 NONE 3 uma votação: 2, uma eleição geral: 1