Ecorodovias tem queda no lucro do 4º tri

Por: SentiLecto

– A operadora de concessões de infraestrutura Ecorodovias ECOR3.SA> teve queda no lucro do quarto trimestre, refletindo desdobramentos da greve dos caminhoneiros, maiores provisões para gastos com manutenção de vias e despesas com consultoria para apoiar inquéritos sobre envolvimento da companhia em corrupção. A empresa anunciou nesta quinta-feira que teve lucro líquido de 70,7 milhões de reais no fase, queda de 27,2 por cento ante mesma etapa de 2017. Faz 10 meses, em uma mão, a Ecorodovias seguiu tendo o faturamento pressionado devido em a isenção decidida por o governo para eixo suspenso de caminhões, após a greve de os caminhoneiros.A isenção vai ser futuramente alvo de reequilíbrio contratual. A receita líquida pró-forma da empresa no trimestre adicionou 640,8 milhões de reais, alta de 1,2 por cento ano a ano. Faz 3 meses, já o resultado operacional medido por o Ebitda pró-forma adicionou 427,2 milhões de reais a dezembro, recuo de 2,4 por cento. A margem Ebitda reduziu 2,8 pontos percentuais, para 66,7 por cento. Além da pressão sobre a receita com a isenção de pedágio para eixo suspenso, a companhia gastou 16,6 milhões de reais com serviços de consultoria para apoiar comitês internos que acompanham inquéritos de anormalidades do empresa. Faz 5 meses, o conselho de gestão de a Ecorodovias aceitou pedido de afastamento de Marcelino de Seras de a função de diretor presidente, em meio a o andamento de a operação de a Lava Jato que investiga esquema de corrupção em a concessão de rodovias federais em o Paraná, incluindo subsidiárias de a empresa, em outubro. A Ecorodovias fechou 2018 com uma alavancagem medida pela relação entre dívida líquida e Ebitda pró-forma de 2,71 vezes, comparada a 2,47 vezes um ano antes. A empresa estimou investimentos de 1,38 bilhão de reais em 2019, após ter investido 888,2 milhões no ano passado.

– A Azul teve lucro líquido de 138 milhões de reais no quarto trimestre, queda de 53,5 por cento sobre o resultado positivo de um ano antes, informou a terceira maior empresa aérea brasileira nesta quinta-feira. A empresa teve lucro antes de juros, impostos, depreciação, amortização e leasing de aviõezinhos de 762,7 milhões de reais nos três últimos meses de 2018, ampliação de 14,5 por cento no comparativo anual. A margem aumentou 0,2 ponto percentual, a 30,7 por cento. O chamado resultado operacional foi de cerca de 283 milhões de reais, queda de cerca de 5 por cento na relação anual, pressionado por desvalorização de 17,3 por cento do real e da ampliação de 37,2 por cento no custo do combustível. A adversária Gol divulgou dias atrás alta de 74 por cento no Ebit do fase, para 672,4 milhões de reais. Segundo a Azul, o indicador de preço “Cask” sem incluir combustível caiu 8,1 por cento no quarto trimestre sobre um ano antes, para 19,27 centavos de real. “Essa é a principal razão de decidirmos agilizar nosso plano de renovação de frota em 2019. Durante o ano, esperamos somar 21 aviõezinhos de nova geração, uma ampliação de oito unidades em relação ao nosso plano anterior, e trocar 15 jatos mais antigos”, alegou no balanço o presidente-executivo da Azul, John Rodgerson. O indicador de custos de passagens foi de 37,99 centavos de real no quarto trimestre, queda de 1 por cento na comparação anual. A companhia, que anunciou nesta semana intenção de adquiri cerca de 60 por cento das operações da adversária Avianca Brasil, teve alta de 13,5 por cento na receita líquida do trimestre passado, para 2,48 bilhões de reais. A Azul concluiu 2018 com 4 bilhões de reais em liquidez total. A dívida total adicionava 3,4 bilhões de reais e a alavancagem permaneceu estável em 4,2 vezes, considerando dívida líquida adaptada sobre Ebitdar.

Na quinta-feira 28 de fevereiro – A cervejaria Ambev ABEV3.SA> havia tido lucro líquido de 3,46 bilhões de reais no quarto trimestre, crescimento de cerca de 5 por cento sobre o resultado positivo de um ano antes, impulsionado por ampliação de faturamento e diminuição de despesas. Faz 2 anos, em termos adaptados, a empresa havia tido lucro líquido de 3,72 bilhões de reais, queda de 17 por cento em a comparação. A companhia havia tido receita líquida de cerca de 16,02 bilhões de reais nos três últimos meses do ano passado, crescimento de 6,6 por cento sobre o final de 2017. Isso havia acontecido apesar das vendas em volume terem recuado 2,5 por cento no fase. Já as despesas gerais e administrativas haviam caído para 3,9 bilhões de reais, ante 4,19 bilhões. Faz 2 anos, o preço de produtos vendidos havia sido de 6,05 bilhões de reais, alta de 21,3 por cento Em termos adaptados, o indicador havia subido 14,5 por cento. Para 2019, a Ambev esperava que o CPV por hectolitro, excluindo depreciação e amortização, suba 15 por cento, puxado por desvalorização do real e maiores custos de commodities. A empresa havia apurado geração de caixa medida pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização adaptado de 7,47 bilhões de reais no quarto trimestre, alta de 2,5 por cento sobre um ano antes. A margem, porém, havia recuado de 48,6 para 46,7 por cento. “A perspectiva para 2019 era positiva, incluindo melhores fundamentos macroeconômicos, e estávamo confiantes de que temos o plano certo para agilizar o crescimento de Ebitda em comparação com 2018, apesar do crescimento expressivo de preços”, havia alegado a Ambev no balanço, adicionando que estava cuidadosa sobre as perspectivas econômicas na Argentina.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: Argentina

Cities: Parana

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Ecorodovias tem queda no lucro do 4º tri
>>>>>Azul tem queda de 53% no lucro líquido do 4º tri – March 14, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Azul firma acordo para comprar parte da Avianca no Brasil – March 11, 2019 (EfeGeneric)
>>>>>>>>>>>>>Ibovespa avança 2% puxado por Petrobras e exterior; Previdência segue no foco – March 11, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Ibovespa fecha em leve alta após dia volátil com exterior e reformas no radar – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Ibovespa recua abaixo de 94 mil pts com preocupações sobre crescimento global – March 08, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Gastos com construção nos EUA recuam inesperadamente em dezembro – March 04, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Economia dos EUA cria apenas 20 mil vagas de trabalho em fevereiro – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Ibovespa reduz perdas com notícias sobre Previdência em meio a exterior negativo – March 08, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Azul assina acordo de US$105 mi para adquirir ativos da Avianca Brasil – March 11, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Azul assina acordo de US$ 105 milhões para comprar aviões e outros ativos da Avianca Brasil – March 11, 2019 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 por_cento 0 0 NONE 12 5 por_cento: 2, 21,3 por_cento: 1, 74 por_cento: 1, 15 por_cento: 1, 30,7 por_cento: 1, 1,2 por_cento ano: 1, 14,5 por_cento: 1, 46,7 por_cento: 1, 66,7 por_cento: 1, 37,2 por_cento: 1, 8,1 por_cento: 1
2 companhia 160 0 NONE 9 a companhia: 1, A companhia: 4, a empresa: 1, A empresa: 3
3 lucro 0 0 NONE 5 tido lucro líquido de 3,72_bilhões: 1, tido lucro líquido de 3,46_bilhões: 1, lucro: 1, o lucro: 1, lucro líquido de 138_milhões: 1
4 resultado 280 30 NONE 4 o resultado operacional medido: 1, o resultado positivo: 2, O chamado resultado operacional: 1
5 nós 180 0 NONE 4 (tacit) nós: 4
6 reais 240 0 NONE 3 reais: 3
7 esta 160 0 NONE 3 esta: 3
8 Azul 80 0 ORGANIZATION 3 A Azul: 2, a Azul: 1
9 dívida 80 0 NONE 3 dívida líquida: 2, A dívida total: 1
10 comparação 0 0 NONE 3 comparação: 1, a comparação anual: 1, a comparação: 1