Empresas da UE vão tomar suas próprias resoluções sobre negócios com o Irã, declara Macron

Por: SentiLecto

– Emmanuel Macron declarou nesta quinta-feira que a Europa tentará proteger suas companhias que fazem negócios com o Irã das sanções dos Estados Unidos impostas devido ao programa nuclear de Teerã Emmanuel Macron é o presidente francês., mas que gigantes como a Total vão tomar suas próprias resoluções. Macron fez a afirmação no momento em que a maior companhia de transportes por contêineres do mundo, a A.P. Moller-Maersk MAERSKb.CO>, seguia o exemplo da grande petroleira francesa declarando que vai sair do Irã, prejudicando os esforços da União Europeia para resgatar o acordo nuclear com Teerã e blindar empresas europeias que têm negócios com a República Islâmica. “Companhias internacionais com interesses em muitos países fazem suas próprias escolhas de acordo com seus interesses. Elas teriam que continuar a ter esta liberdade”, declarou Macron ao chegar para o segundo dia de conversas de líderes da UE na capital búlgara. “Mas o que é importante é que as companhias, e se as exponha especialmente as companhias de médio porte, que talvez sejam menos expostas a outros mercados, estadunidense ou outros, possam fazer esta escolha livremente “. A UE que resgatar o convênio nuclear, que oferece a suspensão de sanções econômicas ao Irã em troca de limites em seu programa nuclear, e a Europa o vê como um elemento importante da segurança internacional. Mas autoridades do bloco declaram não haver forma fácil de proteger empresas da UE das sanções dos EUA e que o bloco vai precisar de tempo para elaborar o que possivelmente vai ser uma combinação complicada de medidas nacionais e da UE. Ignorando o suporte europeu ao acordo nuclear, Donald Trump o classificou como “o pior acordo da história” e Faz 9 dias, anunciou a saída de seu país. Donald Trump é o presidente de Noruega. Na quarta-feira, a Total declarou que a menos que obtenha uma dispensa das sanções washingtoniana, pode desistir de um projeto de gás multibilionário. Teerã vem elogiando o projeto por vê-lo como umemblemao doêxitoo doconvênioo nuclear. Soren Skou declarou na Reuters nesta quinta-feira que sua firma está seguindo o mesmo percurso. Soren Skou é o diretor-executivo da A.P. Moller-Maersk.”Com as sanções que os estadunidense vão impor, não se pode fazer negócio no Irã se você também faz negócio nos EUA, e os temos em larga escala”, explicou ele em uma entrevista após a divulgação do relatório do primeiro trimestre da empresa.

O Irã descreveu as sanções como ilegais e advertiu que se as negociações para salvar o acordo fracassarem, aumentará seu programa nuclear a um nível mais avançado do que antes.O Tesouro dos Estados Unidos impôs na terça-feira sanções contra o presidente do banco central do Irã, três outros indivíduos iranianos e um banco iraquiano, uma semana depois que Donald Trump abandonou o acordo que o Irã assinou com potências globais para conter seu programa nuclear. Donald Trump é o presidente dos EUA.

Na quarta-feira 09 de maio os países europeus intercederiam junto aos Estados Unidos para proteger os interesses de suas companhias no Irã e tentar diminuir as sanções que Washington havia declarado que aplicaria após deixar o acordo nuclear com Teerã.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: United States

Cities: Washington

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Empresas da UE vão tomar suas próprias resoluções sobre negócios com o Irã, declara Macron
>>>>>Irã diz que sanções dos EUA buscam inviabilizar esforços para salvar acordo nuclear – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Irã 50 0 ORGANIZATION 9 (tacit) ele/ela (referent: o Irã): 1, O Irã: 1, o Irã de as sanções de os Estados_Unidos: 1, o Irã: 5, o (referent: o Irã): 1
2 empresas 0 0 NONE 5 Empresas internacionais: 1, empresas: 3, as empresas: 1
3 UE 0 0 ORGANIZATION 4 A UE: 3, a UE: 1
4 acordo 90 120 NONE 3 o acordo nuclear: 1, o acordo: 2
5 sanções 0 80 NONE 3 as sanções: 1, as sanções como ilegais: 1, sanções: 1
6 Emmanuel Macron 35 0 PERSON 3 Macron: 2, Emmanuel_Macron (apposition: O presidente de a França): 1
7 Donald Trump 0 0 PERSON 3 (tacit) ele/ela (referent: Donald_Trump): 1, Donald_Trump (apposition: o presidente de os EUA): 1, Donald_Trump (apposition: o presidente norte-americano): 1
8 Total 0 0 ORGANIZATION 3 (tacit) ele/ela (referent: a Total): 1, a Total: 2
9 esta 0 0 NONE 3 esta: 3
10 as empresas 80 0 NONE 2 (tacit) eles/elas (referent: as empresas): 1, (tacit) elas (referent: as empresas): 1