Exportação de soja do Brasil diminui ritmo, assinala Secex; embarque de minério despenca

Por: SentiLecto

– As exportações de soja do Brasil perderam um pouco o ritmo registrado na primeira semana do mês, mas ainda continuam fortes na comparação com março e abril do ano passado, de acordo com dados divulgados nesta segunda-feira pela Secretaria de Comércio Exterior , do governo brasileiro. No acumulado até a segunda semana de abril, os embarques totais do país atingiram cerca de 5 milhões de toneladas, com uma média diária de 504 mil toneladas. Na primeira semana, os embarques haviam superado 600 mil toneladas ao dia, em média. Faz 1 mês, enquanto em abril de o ano passado tinham atingido 10,2 milhões de toneladas, as exportações brasileiras, maior exportador mundial de soja, adicionaram pouco mais de 9 milhões de toneladas, em todo o mês de março. A exportação de soja do Brasil tem possibilidade de fechar o mês no menor nível em quatro anos para abril, segundo informou a Reuters na semana passada, com o país colhendo uma colheita menor e padecendo concorrência maior dos Estados Unidos e da Argentina. Uma vez que o Brasil está concluindo a safra de sua colheita, os meses de abril e maio são em geral aqueles com as maiores exportações. A soja tem liderado as exportações de Brasil em valores, seguida pelo petróleo. O minério de ferro, que já foi o principal produto exportado pelo Brasil, perdeu espaço nos últimos anos pela queda do custo. MINÉRIO CAI, PETRÓLEO DISPARA As exportações de minério de ferro brasileiras caíram para 747,6 mil toneladas em média diária no acumulado até a segunda semana de abril, levando o total do mês para 7,47 milhões de toneladas, com os embarques sentindo conseqüência das paralisações da Vale devido aa calamidade de Brumadinho. Faz 1 mês, quando os embarques haviam mais de 25 por cento em a comparação anual, adicionaram 22,18 milhões de toneladas, sendo a média diária de mais de 1 milhão de toneladas, em março caído. Já em abril do ano passado as exportações no fechado do mês adicionaram 25,8 milhões de toneladas, média diária de 1,2 milhão de toneladas. No caso das exportações de petróleo, os embarques no acumulado do mês atingiram mais de 4 milhões de toneladas, com 412 mil toneladas/dia, versus 268 mil toneladas/dia em março e 217,7 mil toneladas/dia em abril fechado do ano passado.

– As exportações de suco de laranja brasileiras recuaram 13 por cento entre julho de 2018 e março de 2019 em comparação com igual fase da colheita anterior, informou nesta quinta-feira a associação de exportadores CitrusBR. De acordo com nota da associação, foram embarcadas no fase 741.042 toneladas do produto concentrado, congelado, equivalente a 66º brix, contra 855.822 toneladas nos nove primeiros meses da temporada passada. O volume gerou receita de 1,3 bilhão de dólares, retração de 12 por cento. O diretor-executivo da CitrusBR, Ibiapaba Netto comentou: “A tendência de diminuição tem se conservado em consonância com os fundamentos do mercado”. Principal exportador de suco de laranja do mundo, o Brasil conserva a União Europeia como maior receptor de seu produto, com 478.098 toneladas mandadas ao bloco no fase, queda de 7 por cento. O mais acentuado recuo indicado pela CitrusBR, entretanto, é o de embarques para os Estados Unidos, que caíram 26 por cento, para 167.831 toneladas. Com o panorama, a esperança do grupo habita na China, que, de acordo com o diretor-executivo, teve progressão de 200 por cento em seu consumo interno nos últimos 15 anos. Netto no comunicado alegou: “Temos grandes esperanças que as negociações lideradas pelo Ministério da Agricultura em relação a condições de acesso melhorem nossa competitividade e possamos aumentar naquele mercado”. De julho a março desta temporada, porém, a importação do produto de Brasil pelo país asiático reduziu 4 por cento em relação a 2017/18, para pouco mais de 25 mil toneladas. Na divisão por variedades, a CitrusBR reporta diminuição substancial nas exportações da principal delas, o suco de laranja concentrado congelado , que totalizaram 524.018 toneladas, 19 por cento a menos que em 2017/18, marcando um recuo de 44 por cento exclusivamente nas vendas para os EUA. Uma ampliação é levemente compensada a queda em as exportações de o suco de laranja que chegaram não-concentrado , menos habituais , a 217.054 toneladas , alta de 6 por cento ante igual pausa em a colheita anterior. Netto declarou: “O NFC é um produto mais nobre e que caiu no gosto do consumidor e isso é bastante bom”. Os contratos futuros do minério de ferro na China concluíram em alta nesta sexta-feira e registraram o terceiro ganho semanal consecutivo, com os custos spot oscilando perto de máximas em cinco anos em meio ao ampliação da procura das siderúrgicas chinesas e ao declínio na oferta de provedores estrangeiros.- Faz 2 meses, o volume de serviços brasileiro recuou pelo segundo mês seguido, com destaque para a contração na atividade de transportes, em um reflexo da lentidão da atividade econômica e do desemprego ainda alto no país. Faz 3 meses, quando houve recuo de mesma intensidade em dado revisado de queda de 0,3 por cento, o volume de o setor caiu 0,4 por cento em a comparação com janeiro anunciada antes, em fevereiro. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística ainda informou nesta sexta-feira que, sobre o mesmo fase do ano anterior, houve progressão de 3,8 por cento. As expectativas em pesquisa da Reuters eram de queda de 0,1 por cento na comparação mensal e de alta de 3,7 por cento na base anual. O administrador da pesquisa, Rodrigo Lobo alegou: “O fato é que não conseguimos observar nenhuma espécie de recuperação mais consistente para o setor de serviços”. Faz 2 meses, as vendas varejistas ficaram estáveis, em um cenário de obstáculo de a economia para conseguit deslanchar e com as expectativas de crescimento em declínio, em fevereiro. A indústria exibiu alta, apesar da maior queda em 17 anos do setor extrativo devido aa calamidade em Brumadinho com uma represa da Vale. Os dados do IBGE mostraram que em fevereiro três das cinco atividades pesquisadas padeceram recuo, com destaque para a contração de 2,6 por cento no volume de serviços em Transportes, serviços auxiliares aos transportes e correio, a terceira taxa negativa. “É a queda mais intensa dessa atividade desde julho de 2018. Houve pressão do transporte aéreo de passageiros, também pela alta em janeiro, ainda que, em tese, o ajuste sazonal sirva para compensar um pouco disso”, completou Lobo. Se registraram os outros resultados negativos em e outros serviços, de 3,8 por cento, e em serviços prestados às famílias, de 1,1 por cento. Faz 3 meses, enquanto os Serviços profissionais, administrativos e adicionais mostraram estabilidade, já o volume de Serviços de informação e comunicação subiu 0,8 por cento sobre janeiro. A inflação e os juros baixos tendem a auxiliar o consumo neste ano, porém o desemprego permanece aumentado, com de 13 milhões de pessoas sem trabalho no trimestre até fevereiro. A pesquisa Focus do Banco Central vem exibido recorrentes diminuições na expectativa para o crescimento econômico neste ano, com a expansão do Produto Interno Bruto estimada agora em 1,97 por cento, indo a 2,70 por cento em 2020.

Na segunda-feira 01 de abril – As exportações de soja do Brasil aumentaram 1,6 por cento no terceiro mês do ano na comparação com o mesmo fase do ano passado, para 8,96 milhões de toneladas, configurando-se como o segundo maior volume já exportado pelo país em meses de março, de acordo com dados do governo divulgados nesta segunda-feira. Faz 2 anos, quando haviam adicionado 8,98 milhões de toneladas, de março, os embarques de o último mês só haviam perdido para março de 2017, de acordo com dados de a Secretaria de Comércio Exterior, compilados por a Reuters, para meses. O volume registrado em março é quase 3 milhões de toneladas superior ao visto em fevereiro, quando o país estava somente começando a exportar a soja de sua colheita 2018/19, que estará entre as maiores da história do Brasil, apesar de perdas pela seca. Faz 1 mês, quando o custo de o produto estava mais alto, a soja, o principal produto exportado por o Brasil, o maior exportador mundial de a oleaginosa, havia 3,25 bilhões de dólares, levemente abaixo do mesmo perído de o ano passado. Faz 1 mês, segundo a Secex, o custo médio de exportação de soja havia, ante 389,7 dólares em o mesmo mês de 2018. Faz 1 mês, os embarques haviam sido fortes apesar de vendas mais lentas de produtores em o começo de o ano. Mais recentemente, devido a um dólar mais forte, em torno de 4 reais, haviam sido verificados mais negócios. TRIMESTRE As exportações de soja no primeiro trimestre haviam adicionado 17,2 milhões de toneladas, ante 13,2 milhões de toneladas no mesmo fase do ano passado, com o impulso de uma safra antecipada da oleaginosa neste ano. Os embarques de milho também haviam sido maiores no primeiro trimestre. Faz 1 mês, o país havia, ante 4,88 milhões em o mesmo fase de 2018. Exportadores haviam declarado que os embarques de milho ganharão força em abril e maio, em meio à necessidade de liberar espaço nos armazéns para a segunda scolheitado cereal, a ser colhida em meados do ano.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: United States, Brazil, Argentina

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Exportação de soja do Brasil diminui ritmo, assinala Secex; embarque de minério despenca
>>>>>Brasil exporta 13% menos suco de laranja no acumulado da atual safra, diz CitrusBR – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Preço do minério sobe na China com demanda firme; importação pelo país cai no 1º tri – April 12, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>JP Morgan eleva previsão para preços do minério com sólida demanda chinesa – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Ibovespa tem sessão sem viés claro; Petrobras e Vale sobem com alta de commodities – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Exportação de carne de frango do Brasil cai 9,5% em março, diz ABPA – April 08, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Produção de veículos no Brasil recua no 1º trimestre – April 04, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Balança comercial do Brasil tem superávit de US$4,990 bi em março – April 01, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Sabesp tem lucro líquido de R$1,5 bi no 4º tri – March 29, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Setor público consolidado tem déficit primário de R$14,931 bi em fevereiro, diz BC – March 29, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Colheita de soja no Brasil atinge 75,5% da área, diz Safras – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Produção industrial no Brasil sobe 0,7% em fevereiro, diz IBGE – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Produção de petróleo do Brasil recua 4,9% em fevereiro na comparação anual – April 02, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>PETRÓLEO-Preços têm maior alta trimestral desde 2009 com cortes da Opep e sanções – March 29, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Vendas no varejo dos EUA têm queda inesperada em fevereiro – April 01, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>Setor de serviços do Brasil tem 2ª queda seguida em fevereiro e destaca falta de recuperação – April 12, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Vendas para Carnaval compensam perdas e varejo do Brasil fica estável em fevereiro – April 09, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Colheita de soja do Brasil atinge 83% da área; MS e MT concluem trabalhos, diz Safras – April 05, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Safras prevê queda de 8,1% na colheita de café do Brasil em 2019 – April 03, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Economistas passam a ver crescimento do PIB em 2019 abaixo de 2% pela primeira vez – April 01, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Indústria cresce em fevereiro, mas setor extrativo tem maior queda em 17 anos por Brumadinho – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Safra de algodão 19/20 do Brasil deve crescer 5%, com recorde de exportações, diz USDA – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>ENFOQUE-Vendas de soja patinam no Brasil com prêmio fraco; mercado vê risco ao milho – April 05, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Exportação de soja do Brasil em março é a 2ª maior para o mês na história, aponta Secex – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Operadores de portos do Brasil buscam menores tarifas no Canal do Panamá – April 02, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>CEO da BRF diz que Brasil pode vender de 200 mil a 300 mil toneladas a mais para China – April 03, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Exportação de carne bovina do Brasil tem melhor 1º tri em 12 anos, diz Abiec – April 08, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>IGP-DI desacelera alta a 1,07% em março com menor pressão no atacado, diz FGV – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>IBGE eleva previsão de safra de café do Brasil em 2019, com ajuste no arábica – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 toneladas 0 0 NONE 19 167.831 toneladas: 1, 747,6_mil toneladas: 1, 524.018 toneladas: 1, 855.822 toneladas: 1, toneladas: 13, 478.098 toneladas enviadas: 1, 217.054 toneladas: 1
2 por_cento 0 0 NONE 11 0,8 por_cento: 1, 2,70 por_cento: 1, 1,97 por_cento: 1, 1,6 por_cento: 1, 3,7 por_cento: 1, 3,8 por_cento: 1, 19 por_cento: 1, 13 por_cento: 1, 4 por_cento: 1, 0,4 por_cento: 1, 26 por_cento: 1
3 comparação 0 0 NONE 6 comparação: 1, a comparação anual: 1, a comparação mensal: 1, a comparação: 3
4 embarques 80 0 NONE 5 os embarques: 4, Os embarques: 1
5 ano 0 0 NONE 5 o ano passado: 2, o ano: 2, o ano anterior: 1
6 o Brasil 0 0 PLACE 5 o Brasil: 5
7 país 0 0 NONE 5 o país asiático: 1, o país: 3, O país: 1
8 esta 0 0 NONE 4 esta: 4
9 safra 0 20 NONE 3 a safra anterior: 2, uma safra menor: 1
10 produto 180 0 NONE 3 um produto mais nobre: 1, o principal produto exportado: 2