Faz 1 ano, Poupança tem saída líquida de R$40,702 bi, 2o pior resultado de a história

– Os saques superaram os depósitos na caderneta de poupança em 40,702 bilhões de reais em 2016, segundo pior resultado da série histórica do Banco Central começada em 1995, só perdendo para a saída líquida de 53,568 bilhões de reais em 2015 em meio a mais um ano de forte recessão econômica. Enquanto na poupança rural o saldo ficou negativo em 9,479 bilhões de reais, no mês de dezembro, tradicionalmente positivo, a poupança registrou uma captação líquida de 10,669 bilhões de reais, conforme dados divulgados nesta quinta-feira pelo BC, que em todo ano de 2016, o Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo padeceu perda líquida de 31,223 bilhões de reais.

– O mercado brasileiro concluiu 2016 com um fluxo cambial negativo de US$ 4,252 bilhões. Isso significa que mais dólares saíram do que entraram no país no ano passado. Em 11 meses, segundo dados divulgados por o Banco Central em esta quarta-feira, exclusivamente saída de moeda estadunidense superou a entrada em US $ 1,087 bilhão. O resultado de 2016 é bem pior que o observado no mesmo fase em 2015. Naquele ano, o fluxo ficou positivo em US$ 9,414 bilhões. De acordo com o BC, a saída de dólares aconteceu por meio da conta financeira, onde está registrada a movimentação de cotação para operações como investimentos estrangeiros diretos, aplicações financeiras e remessas de lucros e dividendos. Em 2016, entraram no país US$ 448,386 bilhões por essa conta e saíram US$ 499,948 bilhões, redundando num saldo líquido negativo de US$ 51,562 bilhões. Na conta comercial, onde ficam registradas as exportações e importações, o saldo foi positivo em US$ 47,309 bilhões no ano passado. Isso porque as exportações foram maiores e trouxeram mais dólares para o Brasil. Elas adicionaram US$ 173,590 bilhões. Já as importações ficaram em US$ 126,281 bilhões.- A balança comercial brasileira concluiu 2016 com superávit recorde de 47,692 bilhões de dólares, após saldo positivo de 19,685 bilhões de dólares registrado no ano anterior, informou nesta segunda-feira o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços . O recorde anterior havia sido registrado em 2006, um superávit de 46,45 bilhões de dólares. Em 11 meses, o saldo de a balança comercial foi positivo em 4,415 bilhões de dólares, em dezembro. – A Bovespa fechou 2016 com alta anual de 10,5 por cento no volume financeiro total negociado, para 1,85 trilhão de reais, revertendo o recuo registrado nos dois anos anteriores, no maior valor apurado para a pausa de um ano da história da bolsa. De acordo com os números disponibilizados pela BM&FBovespa, a soma inclui as operações dos segmentos à vista, a termo e de oalternativas Faz 2 anos, somente as operações em o mercado em a vista totalizaram 1,778 trilhão de reais, alta de 10,25 por cento e também após dois anos seguidos de queda.Faz 1 ano, o giro financeiro médio diário em a bolsa adicionou 7,4 bilhões de reais, leve alta ante os 7,3 bilhões de reais de o ano anterior. Em 11 meses, somente o giro médio diário adicionou 7,95 bilhões de reais, elevação de quase 20 por cento em a comparação com o mesmo mês de 2015, mas queda de 14,3 por cento ante novembro. Faz 2 anos, o número médio de negócios diários ficou em 913.544, praticamente estável ante dezembro de 2015, mas queda de 23,4 por cento em relação ao mês anterior. Em 11 meses, quando havia 359 empresas listadas, o valor de mercado de as 350 companhias com ações em a Bovespa ficou em 2,467 trilhões de reais em o fim, ante 1,912 trilhão de reais um ano antes.

Na quarta-feira 07 de dezembro – O fluxo cambial, saldo de entrada e saída de moeda estrangeira do país, fechou novembro positivo em 3,811 bilhões de dólares, terceiro melhor resultado mensal do ano, beneficiado sobretudo pelo comércio exterior. Segundo havia informado o Banco Central nesta quarta-feira, a conta comercial havia mostrado superávit de 3,766 bilhões de dólares em novembro, o 13º resultado mensal positivo consecutivo. Já a conta financeira –por onde passam investimentos diretos, em portfólio e outros– registrou saldo positivo de 45 milhões de dólares em outubro. Em 10 meses, o BC havia informado ainda que 1º e 2 de novembro, o fluxo cambial estava positivo em 1,473 bilhão de dólares, acumulando em o ano saldo negativo de 1,691 bilhão de dólares.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: POSITIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Faz 1 ano, Poupança tem saída líquida de R$40,702 bi, 2o pior resultado de a história
>>>>>Fluxo cambial termina 2016 negativo em US$ 4,252 bilhões – January 04, 2017 (Extraoglobo-pt)
>>>>>Balança comercial brasileira fecha 2016 com superávit recorde de US$47,7 bi – January 02, 2017 (Extraoglobo-pt)
>>>>>Bovespa tem volume financeiro consolidado recorde de R$1,85 tri em 2016 – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 US 0 0 ORGANIZATION 7 o país US: 1, US: 6
2 dólares 0 0 NONE 6 mais dólares: 2, dólares: 4
3 BC 160 150 ORGANIZATION 4 o BC: 3, O BC: 1
4 conta 0 0 NONE 4 essa conta: 1, a conta comercial: 2, conta financeira: 1
5 esta 0 0 NONE 4 esta: 4
6 investimentos estrangeiros diretos 0 0 NONE 3 (tacit) eles/elas (referent: investimentos estrangeiros diretos): 3
7 trilhão 0 0 NONE 3 1,912 trilhão: 1, 1,778 trilhão: 1, 1,85 trilhão: 1
8 resultado 80 90 NONE 2 o 13º resultado mensal positivo consecutivo: 1, O resultado de 2016: 1
9 fluxo 160 70 NONE 2 o fluxo: 1, o fluxo cambial: 1
10 saldo 160 70 NONE 2 o saldo: 2