Ibovespa oscila sem viés claro na abertura com Previdência e balanços na pauta da semana

Por: SentiLecto

– Enquanto agentes se preparam para a agenda da semana, que conta com a retomada dos debates sobre a reforma da Previdência e temporada de balanços no Brasil, a bolsa paulista começava a segunda-feira sem um viés claro, tendo de pano de fundo um tom negativo nos futuros acionários em Wall Street. Às 10:04, o Ibovespa caía 0,12 por cento, a 94.460,09 pontos.

– A bolsa paulista perdia o alento nesta quarta-feira, com agentes financeiros voltando o foco de atenções para os debates sobre a reforma da Previdência no Congresso, apesar da repercussão favorável a dados de China e ao desfecho de reunião em Brasília sobre a política de custos da Petrobras. O vencimento também marca a sessão de alternativas sobre o Ibovespa e de o índice futuro. Às 11:51, o Ibovespa caía 0,63 por cento, a 93.741,74 pontos. Na máxima, mais cedo, subiu 0,75 por cento. O volume financeiro adicionava 8,26 bilhões de reais. A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados concluiu na noite de terça-feira o período de debates do Proposta de Emenda à Constituição da reforma da Previdência e marcou a veleiçãosobre a admissibilidade do texto para as 10h desta quarta-feira. Uma vez que desenvolvimento ligados na reforma tem tido forte efeito na bolsa, apesar da possibilidade de um desenlace nesta sessão,Rodrigo Zauner não descarta que a eleição fique para a próxima semana, conservando investidores ainda reticentes. Rodrigo Zauner é sócio da SVN Investimentos. Rodrigo Zauner é sócio da SVN Investimentos.”O mercado quer sinais mais claros”, evidenciou o sócio da SVN, escritório de agentes autônomos ligado à XP Investimentos, com 1,8 bilhão de reais em ativos assessorados. Na sua visão, os ruídos políticos corroboram o ajuste do Ibovespa, que desde o recorde registrado em março recuou 5,66 por cento até a véspera. Do exterior, dados chinos mostraram que a segunda maior economia do semeie enquanto a produção industrial naquele país subiu 8,5 por cento em março, aumentou 6,4 por cento no primeiro trimestre, acima das expectativas , performance também superior ao esperado no mercado financeiro. Para a equipe da Coinvalores, os números afastam, pelo menos momentaneamente, a perspectiva de uma desaceleração mais contundente na China. Enquanto papéis de fabricantes de microchip progrediam guiadas pela Qualcomm, wall Street, por sua vez, não mostrava uma tendência definida, com ações do setor de saúde ainda pressionando negativamente. O S&P 500 tinha variação negativa de 0,08 por cento. Na Argentina, o governo anunciou nesta quarta-feira uma série de medidas com o objetivo de conter a inflação e reativar o consumo no país, em meio a uma crise que compromete seriamente as probabilidades de reeleição do presidente Mauricio Macri. As medidas incluem congelamento de tarifas de serviços públicos em 2019 e acordo de custos para produtos no varejo. DESTAQUES – CENTAURO ON, que estreou na bolsa nesta quarta-feira, subia 0,5 por cento, 12,56 reais, tendo valorizado-se 1,9 por cento na máxima até o momento após a rede de varejo desportivo precificar o IPO na última segunda-feira a 12,50 reais. – PETROBRAS PN caía 0,5 por cento e PETROBRAS ON quando prevaleceu a leitura de modo geral positiva de analistas para o resultado de reunião do presidente Jair Bolsonaro, ministros e o presidente da empresa, cedia 0,7 por cento, perdendo o alento do início do pregão , na véspera. Paulo Guedes declarou que a Petrobras é independente para estabelecer custos Paulo Guedes é o ministro da Economia., e que Bolsonaro deixou claro compreender que seria fora de finalidade manipular câmbios da estatal. O Itáu BBA considerou as declaração após o encontro positivas, mas alegou que irá monitorar como a empresa adaptará os custos nos próximos dias. Também no radar estava notícia de que a Caixa Econômica Federal avalia oferta secundária para vender fatia na petrolífera de controle estatal. – VALE recuava 0,7 por cento, em sessão de queda nos custos do minério de ferro na China, tendo de pano de fundo notícia da véspera de que resolução do Tribunal de Justiça de Minas Gerais autorizou a mineradora recomeçar a operação de sua mina Brucutu, a maior de minério de ferro da empresa no Estado. A empresa também atualizou projeção para suas vendas de minério de ferro e pelotas em 2019. – KLABIN UNIT valorizava-se 2 por cento, após aprovar a expansão de habilidade no segmento de papéis para embalagem, o projeto Puma II, que consumirá investimentos de 9,1 bilhões de reais até 2023. “O anúncio está em linha com o que a Klabin vinha debatendo com os investidores e coloca a companhia de volta no percurso do crescimento, após o começo da Puma I em 2016″, evidenciaram analistas do Bradesco BBI em nota a clientes. – JBS recuava 2,7 por cento, em dia de ajustes após disparar para nova máxima histórica na véspera, em meio a perspectivas positivas para a empresa, principalmente o conseqüência potencialmente benigno da gripe porca de Afragola que se espalhou na China. No setor, MARFRIG caía 1,7 por cento, mas BRF valorizava-se 1,9 por cento. Minerva tinha alta de 0,8 por cento. – BRADESCO PN caía 1,2 por cento, pesando negativamente no Ibovespa, em sessão mista para os bancos, com ITAÚ UNIBANCO PN cedendo 0,9 por cento e BANCO DO BRASIL apresentando estabilidade. – CYRELA subia 2,2 por cento, um dia após a construtora e incorporadora divulgar prévia operacional do primeiro trimestre com alta de 70,3 por cento nas vendas líquidas contratadas ante mesmo fase de 2018, para 1,044 bilhão de reais.- Enquanto Klabin progrediu mais de 4 por cento após divulgar plano de expansão com investimento de 9,1 bilhões de reais, o Ibovespa fechou em queda nesta quarta-feira, minado pela repercussão negativa do deferimento de eleição da proposta de reforma da Previdência em delegação na Câmara dos Deputados. Índice de referência do mercado acionário de Brasil, o Ibovespa caiu 1,01 por cento, a 93.375,99 pontos, de acordo com dados preliminares. O volume financeiro adicionava 18,466 bilhões de reais, em pregão marcado pelo vencimento dos contratos de alternativas sobre o Ibovespa e do índice futuro. – Enquanto Usiminas progredia mesmo após abrir a temporada de balanços de companhias listadas no Ibovespa com resultado considerado fraco, o tom positivo prevalecia na bolsa paulista no início do pregão desta quinta-feira, véspera de feriado, com Petrobras entre os maiores apoios após reajuste do custo do diesel por analistas. Às 10:09, o Ibovespa subia 0,49 por cento, a 93.744,31 pontos.

Na segunda-feira 08 de abril – A bolsa paulista não mostrava uma tendência clara nesta segunda-feira, em meio a um ambiente mais cuidadoso em praças acionárias no exterior, mas progressão em commodities, com as ações da Petrobras entre as maiores altas da Ibovespa após venda de fatia da TAG por 8,6 bilhões de dólares. Às 11:31, o principal índice de ações da B3 subia 0,1 por cento, a 97.206,41 pontos. Até o momento, o Ibovespa havia alcançado 97.610,25 pontos na máxima e havia tocado 96.901,15 pontos na mínima. O volume financeiro adicionava 3,3 bilhões de reais. Enquanto as ações da Boeing pressionavam o Dow Jones após a fabricante de aeronaves cortar produção jato 737 MAX, no exterior, Wall Street iniciava com alguma fraqueza, com investidores aguardando a determinação dos debates comerciais entre Estados Unidos e China. A equipe da Ágora Investimentos também chamava a atenção para alguma precaução no exterior antes do início da temporada de balanços corporativos nos EUA. Embora o quadro externo venha auxiliando o Brasil, no Brasil, o gestor de portfólio Guilherme Foureaux realçava que o foco continuava voltado para o cenário político , com ambiente mais positivo para emergentes. O gestor de portfólio Guilherme Foureaux é sócio na Paineiras Investimentos. Nesse contexto, a Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputado tende a continuar sob os holofotes, com a expectativa de que relatório sobre a admissibilidade da Proposta de Emenda à Constituição da reforma da Previdência seja aexibidona terça-feira. “Agora era acompanhar o político para que a reforma da Previdência tenha seu percurso traçado. Os ruídos eram inevitáveis, mas o percurso ainda estava dentro do esperado”, havia avaliado Foureaux. A Ágora adicionava que os agentes de mercado seguiam em busca de pistas sobre a formação da base aliada do governo para a progressão da reforma no Congresso, conforme relatório a clientes. DESTAQUES – PETROBRAS ON e PETROBRAS PN subiam 2 e 1,29 por cento, respectivamente, após a francesa Engie e o fundo canadense Caisse de Dépôt et Placement du Québec adquirirem 90 por cento de sua unidade Transportadora Associada de Gás por 8,6 bilhões de dólares. As ações da petrolífera de controle estatal também tinham de pano de fundo a alta dos custos do petróleo e melhora na recomendação dos ADRs por analistas do Credit Suisse para ‘ouperform’. – Cemig Pn progredia 3,27 por cento, maior alta do Ibovespa, em meio a expectativas sobre a privatição da elétrica controlada pelo governo de Mineral’nyje Vody, após Romeu Zema alegar na Bloomberg que um plano para a privatização da empresa s seriaencaminhado na Assembleia Legislativa e po poderia ser aprovadoinda neste ano. Romeu Zema é o governador geresano. valia valorizava-se 1,6 por cento, tendo de pano de fundo alta nos custos do minério de ferro na China. Enquanto haviam aumentado o preço-alvo para 66 reais, analistas do Bradesco BBI haviam reafirmado a recomendação ‘outperform’ para as ações de mineradora, bem como sua preferência pelos papéis no universo de cobertura de matérias-primas na América Latina. Eles veem o custo do minério de ferro oscilando na faixa de 80 a 100 dólares a tonelada durante 2019. – CCR valorizava-se 2,11 por cento, em sessão marcada por encontro da companhia com investidores. ECORODOVIAS ECOR3.SA> também figurava entre os maiores ganhos do Ibovespa, com elevação de 1,94 por cento. – CIELO perdia 2,26 por cento, conforme permanecia pressionada por incertezas sobre o conseqüência em seu resultado com a ampliação da competição no setor de meios de pagamentos. Npassada, analistas do Santander haviam cortado o preço-alvo da ação de 10 para 8 reais, com recomendação ‘underpeform’, mencionando expectativas baixas para a performance do primeiro trimestre. – MULTIPLAN recuava 2,1 por cento, em sessão negativa no setor de shopping centers, com BR MALLS caindo 1,44 por cento e IGUATEMI em baixa de 1,64 por cento. – Enquanto BRADESCO PN cedia 0,38 por cento, iTAÚ UNIBANCO PN caía 0,64 por cento, pesando do lado negativo dada a fatia pertinente que detinha no Ibovespa. BANCO DO BRASIL mostrava estabilidade.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: Brazil

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Ibovespa oscila sem viés claro na abertura com Previdência e balanços na pauta da semana
>>>>>Ibovespa recua com discussões sobre Previdência adicionando cautela – April 17, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Ibovespa retoma força com expectativas sobre Previdência e menor aversão ao risco no exterior – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Ibovespa fecha em alta com Petrobras e Vale; JBS renova cotação recorde – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Apreensão com autonomia da Petrobras derruba Ibovespa; empresa perde R$32 bi – April 12, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Ibovespa tem sessão sem viés claro; Petrobras e Vale sobem com alta de commodities – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Cautela sobre Previdência e fraqueza no exterior fazem Ibovespa recuar mais de 1% – April 09, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Ibovespa sobe na sessão e acumula alta de cerca de 1,8% na semana – April 05, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Ibovespa tem realização de lucro com acomodação no exterior e olho na Previdência – April 02, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Impasse sobre Previdência na CCJ gera cautela e Ibovespa fecha em queda – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Discussão sobre Previdência na CCJ gera cautela e Ibovespa fecha em queda – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Ibovespa fecha em alta puxado por commodities – April 08, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Ibovespa sobe 1,9% após articulação de Bolsonaro em torno da Previdência – April 04, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Ibovespa fecha em queda com expectativas sobre Previdência e sem rumo de exterior – April 10, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>Ibovespa fecha em baixa após adiamento de votação sobre Previdência; Klabin sobe – April 17, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Dólar fecha em queda ante real com tom ameno de Maia e ajuste técnico – April 15, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Dólar perde suporte técnico e fecha na mínima em 3 semanas ante real – April 10, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Dólar fecha na mínima em mais de duas semanas ante real com ajuda de exterior – April 08, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Dólar fecha em queda ante real e devolve alta da véspera com esforço do governo por Previdência – April 04, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Dólar recua contra real em dia positivo para emergentes – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Dólar cai 1,1% ante real na semana com mercado menos tenso sobre Previdência – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Dólar cai à mínima desde meados de março ante real; mercado aguarda notícias sobre Previdência – April 08, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Dólar cai à mínima em 3 semanas ante real com exterior e expectativa de fluxo ao Brasil – April 10, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Dólar tem maior alta em 2 semanas ante real com ruídos sobre Previdência – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Ibovespa avança na abertura com ajuda de Petrobras – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 por_cento 0 0 NONE 20 2,1 por_cento: 1, 2,11 por_cento: 1, 0,38 por_cento: 1, 8,5 por_cento: 1, 5,66 por_cento: 1, 1,2 por_cento: 1, 2,26 por_cento: 1, 1,9 por_cento: 1, 0,64 por_cento: 1, 3,27 por_cento: 1, 0,75 por_cento: 1, 2,2 por_cento: 1, 2,7 por_cento: 1, 6,4 por_cento: 1, 1,6 por_cento: 1, 2 por_cento: 1, 1,7 por_cento: 1, 0,7 por_cento: 2, 1,01 por_cento: 1
2 eu 100 70 NONE 12 (tacit) eu: 12
3 Ibovespa 0 50 ORGANIZATION 8 O Ibovespa: 1, o Ibovespa: 7
4 sessão 0 70 NONE 5 sessão marcada: 1, A sessão: 1, sessão negativa: 1, sessão mista: 1, esta sessão: 1
5 On Petrobras 50 0 PERSON 5 Petrobras: 1, a Petrobras: 1, (tacit) ele/ela (referent: Petrobras_Pn): 2, Petrobras_Pn: 1
6 bolsa 25 0 NONE 5 A bolsa paulista: 3, a bolsa: 1, a bolsa paulista: 1
7 a China 0 0 PLACE 5 a China: 4, China: 1
8 Wall Street 80 140 ORGANIZATION 4 Wall_Street: 3, (tacit) ele/ela (referent: Wall_Street): 1
9 investidores 0 60 NONE 4 os investidores: 1, investidores ainda reticentes: 1, investidores: 2
10 O Itáu_BBA 80 0 OTHER 4 (tacit) ele/ela (referent: O Itáu_BBA): 3, O Itáu_BBA: 1