Smartfitlogo.jpg

Justiça condena Smart Fit a pagar R$ 500 mil por práticas antissindicais

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Smart-fit-logo

Faz 7 meses, a rede de academias a 71ª Vara do Trabalho do Rio condenou Smart Fit a pagar R 500 mil de prejuízos morais coletivos $ por ter demitido seis professores que eram dirigentes sindicais, em um processo movido por o Ministério Público do Trabalho do Rio, configurando prática antissindical.

A Smart Fit é a maior rede de academias desportivas da América Latina, com cerca de 1 milhão de estudantes matriculados em 365 unidades presentes em 6 países da região.

A juíza Glaucia Alves Gomes na sentença alega: “A atitude antissindical ficou mais evidente quando dispensados concomitantemente todos os dirigentes sindicais do SINPEF que eram seus empregados, como maneira clara de inibir a atuação destes nas suas dependências”.

A juíza Glaucia Alves Gomes na sentença alega: “A atitude antissindical ficou mais evidente quando dispensados concomitantemente todos os dirigentes sindicais do SINPEF que eram seus empregados, como maneira clara de inibir a atuação destes nas suas dependências”.

Segundo o procurador do Trabalho Rodrigo Carelli, há dois anos, os diretores do Sindicato dos Professores de Educação Física abandonaram a entidade. A Smart Fit, então, começou a negociar o dissídio com um sindicato geral de empregados de academias e clubes.

Segundo o procurador do Trabalho Rodrigo Carelli, há dois anos, os diretores do Sindicato dos Professores de Educação Física abandonaram a entidade. A Smart Fit, então, começou a negociar o dissídio com um sindicato geral de empregados de academias e clubes.

Recentemente, o sindicato se reorganizou e assumiu uma nova diretoria:

— Quando a nova diretoria se exibiu, seis funcionários que faziam da parte da chapa foram dispensados. Foi uma prática antissindical ao impedir o ressurgimento do sindicato.

A juíza Glauce também ordenou que reintegre-se os seis funcionários afastados, sob pena de multa de R$ 30 mil por trabalhador.

Carelli alegou que se impediram profissionais que se filiaram a o sindicato de trabalhar personal trainer como em as unidades de a academia:

A Smart Fit, procurada, alegou, por nota, que se trata de uma sentença de primeiro grau e que ainda cabe recurso. A companhia declara que “segue o enquadramento sindical dos profissionais de educação física na mesma linha das demais academias do Rio de Janeiro”.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: NEUTRAL

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Justiça condena Smart Fit a pagar R$ 500 mil por práticas antissindicais
>>>>>Justiça condena Smart Fit a pagar R$ 500 mil de práticas antissindicais – August 18, 2017 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Smart Fit 0 60 ORGANIZATION 5 Smart_Fit: 1, A Smart_Fit procurada: 1, A Smart_Fit: 3
2 todos os dirigentes sindicais de o sinpef 0 0 NONE 4 todos os dirigentes sindicais de o SINPEF: 4
3 entidade 0 120 NONE 2 a entidade: 2
4 inibir a atuação 0 100 NONE 2 inibir a atuação: 2
5 funcionários 0 60 NONE 2 os seis funcionários afastados: 1, seis funcionários: 1
6 prática 0 50 NONE 2 uma prática antissindical: 1, prática antissindical: 1
7 atitude 0 30 NONE 2 A atitude antissindical: 2
8 profissionais 120 0 NONE 2 profissionais: 2
9 negociar o dissídio com um sindicato geral de empregados de academias e clubes 50 0 NONE 2 negociar o dissídio com um sindicato geral de empregados de academias e clubes: 2
10 Glaucia Alves Gomes 0 0 PERSON 2 a juíza Glaucia_Alves_Gomes: 2