LVMH impulsiona mercado europeu de ações antes de acordo comercial EUA-China

Por: SentiLecto

– Uma máxima recorde da dona da Louis Vuitton, LVMH, e os ganhos da construtora Taylor Wimpey auxiliaram a aumentar os índices acionários europeus nesta terça-feira, com os investidores aguardando a assinatura do acordo comercial inicial entre EUA e China. Enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,29%, o índice FTSEurofirst 300 subiu 0,24%, a 1.640 pontos , a 420 pontos, após duas sessões de perdas. O índice havia atingido máxima recorde na semana passada com o esfriamento dos nervosismos EUA-Irã e esperanças quanto àofperíodo1 do acordo comercial EUA-China. O acordo, a ser assinado na quarta-feira em Washington, marca o primeiro passado para concluir o combate comercial que tem afetado os mercados há 18 meses. “Ainda estamos aguardando por detalhes sobre o acordo comercial… a sustentabilidade e a eficácia dele serão julgadas pelos detalhes, e há possivelmente um elemento para o mercado de somente aguardar para ver”, declarou Craig Erlam, analista de mercado da Oanda. As ações do setor de opulência foram impulsionadas quando analistas do UBS declararam esperar que 2020 seja outro ano agitado para o setor, sustentado pelo sentimento do consumidor em níveis recordes e contínuas especulações sobre fusões e aquisições. A LVMH ganhou 1% e chegou a máximas recordes. A construtora Taylor Wimpey subiu 3,9%, após divulgar salto de 22% em suas encomendas em 2019 e adotar um tom positivo sobre 2020. Em LONDRES, o índice Financial Times progrediu 0,06%, a 7.622 pontos. Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,04%, a 13.456 pontos. Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,08%, a 6.040 pontos. Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,13%, a 23.928 pontos. Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,16%, a 9.528 pontos. Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,61%, a 5.292 pontos.

– Os mercados de ações dos Estados Unidos bateram máximas recordes nesta quinta-feira, com o otimismo sobre um acordo comercial EUA-China firmado e a Apple e outros pesos-pesados do mercado registrando fortes ganhos. O Dow Jones subiu 0,74%, para 28.957,44 pontos. O S&P 500 ganhou 0,67%, para 3.274,69 pontos. E o Nasdaq Composto teve alta de 0,81%, para 9.203,43 pontos. – Os mercados de ações dos Estados Unidos fecharam em máximas recordes nesta quinta-feira, com o otimismo sobre um acordo comercial EUA-China firmado e a Apple e outros pesos-pesados do mercado registrando fortes ganhos. O Dow Jones subiu 0,74%, para 28.956,9 pontos. O S&P 500 ganhou 0,67%, para 3.274,7 pontos. E o Nasdaq Composto teve alta de 0,81%, para 9.203,43 pontos. Também auxiliou o mercado a redução nas preocupações com os nervosismos entre os Estados Unidos e o Irã. Donald Trump se absteve de ordenar mais ações militares Donald Trump é o presidente de Noruega., e o ministro das Relações Exteriores do Irã declarou que os ataques com mísseis contra bases de Irande Iran que abrigam as forças norte-americanas “deduziram” a resposta de Teerã. A Apple progrediu 2,1%, com a ajudinha duplo de dados de que as vendas do iPhone saltaram mais de 18% na China em dezembro e de um ampliação no preço-alvo por parte da Jefferies. O segmento de tecnologia do S&P 500 teve alta de 1,1%, na maior progressão entre os setores. O índice financeiro subiu 0,77%, após observações otimistas de corretoras sobre o Citigroup Inc e o Goldman Sachs Group Inc antes da divulgação de seus respectivos balanços na próxima semana. Do lado comercial, o Ministério do Comércio da China declarou que Liu He vai assinar a Fase 1 do acordo comercial entre EUA e China em Washington na próxima semana. Liu He é o vice-primeiro-ministro. Peter Tuz Virgínia declarou: “Algumas das coisas que se as deixaram para escanteio, têm inquietado o mercado”. Peter Tuz é presidente da Chase Investment Counsel em Charlottesville.Os índices acionários chinos recuaram nesta sexta-feira, mas registraram a sexta semana seguida de ganhos diante do alívio nos nervosismos no Oriente Médio e sinais de recuperação econômica, antes da assinatura do acordo comercial com os Estados Unidos na próxima semana.

Na terça-feira 07 de janeiro – Uma alta nas ações de chips ajudou as ações alemãs e italianas a se fortalecerem nesta terça-feira, enquanto os ganhos em outras bolsas europeias foram restringidos pela tensão em meio àotnervosismoentre os Estados Unidos e o Irã. As ações de semicondutores acompanharam seus pares norte-americanos em alta, com a Microchip Technology aumentando suas perspectivas de vendas no terceiro trimestre. O índice de tecnologia subiu 1,3%, o maior ganho entre os subsetores europeus. Enquanto uma alta de 2,5% na STMicroelectronics aumentou as ações de Italia em 0,6%, um ganho de mais de 4% para a Infineon Technologies auxiliou o DAX da Alemanha a subir 0,8%. Enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,25%, o índice FTSEurofirst 300 subiu 0,19%, a 1.633 pontos , a 418 pontos. O STOXX havia recuado nas últimas duas sessões depois que se matou um importante general de Iran npelos Estados Unidos. O índice de referência estava 0,4% abaixo de sua máxima lembre atingida em 27 de dezembro. Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,02%, a 7.573 pontos. Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,76%, a 13.226 pontos. Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,02%, a 6.012 pontos. Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,60%, a 23.723 pontos. Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,22%, a 9.579 pontos. Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,11%, a 5.230 pontos.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: United States, United Kingdom, Portugal, Germany, France, China

Cities: Washington, Paris, London, Lisbon, Frankfurt

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>LVMH impulsiona mercado europeu de ações antes de acordo comercial EUA-China
>>>>>Wall St bate recordes com otimismo comercial e ganhos da Apple – January 09, 2020 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Wall St minimiza tensões no Oriente Médio e fecha em alta com ações de tecnologia – January 06, 2020 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Wall St cai por tensões no Oriente Médio; ações de energia sobem – January 06, 2020 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Wall St tem firme queda após ataque aéreo dos EUA elevar tensões no Oriente Médio – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Wall Street recua com tensões no Oriente Médio e dados fracos dos EUA – January 03, 2020 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Wall Street abre 2020 com recordes, com estímulos da China alimentando o clima otimista – January 02, 2020 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Wall St fecha em queda e se afasta de recordes com realização de lucros – December 30, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Wall St cai e se afasta de recordes com realização de lucros – December 30, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Wall St fecha em queda e se afasta de recordes com realização de lucros de fim de ano – December 30, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Wall St cai e se afasta de recordes após EUA matarem importante comandante iraniano – January 03, 2020 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Wall Street amplia ganhos após comentários de Trump sobre Irã – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Wall Street avança, mas reduz ganhos com persistência de preocupações no Oriente Médio – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Wall St fecha em máximas recordes com otimismo comercial e ganhos da Apple – January 09, 2020 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Delegação chinesa deve viajar a Washington para assinar acordo comercial, diz jornal – January 05, 2020 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Índice de blue chips da China tem máxima de 2 anos com expectativa de acordo comercial – January 02, 2020 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Trump diz que acordo comercial EUA-China será assinado em 15 de janeiro – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Assessor da Casa Branca diz que assinatura de acordo EUA-China é esperado para breve – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>China volta a cortar depósito compulsório e libera US$115 bi para apoiar economia – January 01, 2020 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>China muda regras de taxas de financiamento para reduzir custo de crédito – December 28, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>EXCLUSIVO-Moradores de Hong Kong apoiam manifestações; minoria quer independência da China – December 31, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Estímulo da China e progresso comercial ajudam mercados europeus a marcar forte início de ano – January 02, 2020 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Ações europeias recuam em sessão de semana abreviada, mas devem marcar melhor ano em uma década – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Milicianos iraquianos lançam pedras contra embaixada dos EUA e se preparam para estadia prolongada – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Índices da China sobem por 6ª semana seguida após alívio nas tensões no Oriente Médio – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 pontos 0 0 NONE 22 418 pontos: 1, 23.928 pontos: 1, 9.528 pontos: 1, 7.573 pontos: 1, 5.230 pontos: 1, 5.292 pontos: 1, 1.633 pontos: 1, 28.956,9 pontos: 1, 28.957,44 pontos: 1, 7.622 pontos: 1, 9.579 pontos: 1, 6.012 pontos: 1, 13.226 pontos: 1, 13.456 pontos: 1, 3.274,7 pontos: 1, 3.274,69 pontos: 1, 1.640 pontos: 1, 420 pontos: 1, 23.723 pontos: 1, 9.203,43 pontos: 2, 6.040 pontos: 1
2 índice 0 40 NONE 10 O índice financeiro: 1, o índice pan-europeu: 2, O índice: 1, o índice: 6
3 acordo 180 0 NONE 6 o acordo comercial: 4, um acordo comercial: 2
4 alta 0 0 NONE 6 alta de %0,81: 2, Uma alta: 1, uma alta de %2,5: 1, alta: 1, alta de %1,1: 1
5 ganhos 160 0 NONE 4 fortes ganhos: 2, ganhos: 1, os ganhos: 1
6 Estados_Unidos 0 0 PLACE 4 Estados_Unidos: 1, os Estados_Unidos: 3
7 esta 0 0 NONE 4 esta: 4
8 nervosismo 0 190 NONE 3 o nervosismo: 1, as tensões: 2
9 mercado 0 60 NONE 3 o mercado: 3
10 LVMH 90 0 ORGANIZATION 3 A LVMH: 1, LVMH: 1, (tacit) ele/ela (referent: A LVMH): 1