Eletrobras.png

Protesto de índios paralisa obra de hidrelétrica entre MT e PA, declaram líderes

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Eletrobras

– Um protesto com cerca de 200 indígenas da etnia Munduruku paralisa desde a madrugada de domingo as obras da hidrelétrica São Manoel, entre o Mato Grosso e o Pará, declararam à Reuters nesta segunda-feira lideranças da manifestação. A pauta de reivindicações do grupo para deixar o canteiro de obras inclui a demarcação e homologação de uma terra indígena e a retomada de urnas funerárias consideradas sagradas pelos índios e que teriam sumido em meio à construção da usina. Orçada em mais de 3 bilhões de reais, São Manoel tem como acionistas Furnas, da Eletrobras, a portuguesa EDP Energias do Brasil e a chinesa Three Gorges. A usina precisa entrar em operação em janeiro de 2018, mas as companhias preveem antecipar esse programa para outubro deste ano. “A obra está totalmente parada… enquanto nossas reivindicações não forem atendidas, a gente permanecerá aqui “, declarou à Reuters Valdenir Munduruku, um dos líderes do movimento que ocupou o empreendimento.Ele declarou que o grupo exige também a presença de executivos das companhias responsáveis pela hidrelétrica e de autoridades para negociar, como os presidentes do órgão ambiental Ibama e da Fundação Nacional do Índio e o ministro da Justiça, além de representantes das pastas de Meio Ambiente e Minas e Energia. Valdenir contou também que os indígenas no local receberam um aviso de que o grupo de companhias responsável por São Manoel entrou na Justiça com um pedido de reintegração de posse da área. “A gente sabe que a companhia entrou com pedido… mas a gente está aqui e não é isso que vai nos intimidar, continuaremos firme na luta para que nossos direitos sejam respeitados e atendidos”, alegou. A área que os índios desejam ver delimitada corresponde à Terra Indígena Sawré Muybu, com 178.173 hectares, uma área de oprofissãotradicional do povo Munduruku. Faz 1 ano, a Funai deduziu os estudos de identificação e delimitação de a região, em os municípios de Itaituba e Trairão, Pará segundo informação de o site de a fundação,. O movimento dos indígenas tem sido apoiado pelo grupo Fórum Teles Pires, que reúne diversos grupos de ativistas opostos à construção de hidrelétricas na região do rio Teles Pires. Procurada, a Eletrobras declarou que não comentará. EDP Brasil e China Three Gorges não responderam imediatamente a pedidos de observação.

– A hidrelétrica de São Manoel, que está em construção entre o Pará e o Mato Grosso, deverá começar a operação comercial de sua primeira turbina em outubro deste ano, com a última máquina calculada para operar em janeiro de 2018, declarou nesta quinta-feira a estatal Furnas, da Eletrobras. A usina, orçada em cerca de 2,2 bilhões de reais, vai ter 700 megawatts em habilidade instalada. O empreendimento é uma sociedade entre Furnas, a portuguesa EDP Energias do Brasil e a chinesa Three Gorges. O programa assinalado por Furnas calcula uma antecipação em relação àoodevercontratual da hidrelétrica, que é de icomeçara operação comercial da primeira turbina em janeiro de 2018 e da última máquina em julho de 2018.

A Eletrobras – Centrais Elétricas Brasileiras s.a. é uma sociedade de economia mista e de capital aberto sob controle acionário do Governo Federal brasileiro e atua como uma holding, dividida em geração, transmissão e distribuição, instituída em 1962 para organizar todas as companhias do setor elétrico.

A Companhia das Três Gargantas da China é uma companhia estatal de energia china, estabelecida em 27 de setembro de 1993.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: Uruguay

Cities: Minas

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Protesto de índios paralisa obra de hidrelétrica entre MT e PA, declaram líderes
>>>>>Hidrelétrica São Manoel deve iniciar operação comercial em outubro, diz Furnas – July 13, 2017 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Manoel São 0 0 PERSON 5 São_Manoel: 2, (tacit) ele/ela (referent: Manoel): 1, (tacit) ele/ela (referent: São_Manoel): 1, Manoel: 1
2 Eletrobras 0 0 ORGANIZATION 4 (tacit) ele/ela (referent: a Eletrobras): 1, a Eletrobras: 3
3 Furnas 0 0 PLACE 4 acionistas Furnas: 1, a estatal Furnas: 1, Furnas: 2
4 índios 0 6 NONE 3 os índios: 3
5 gente 0 0 NONE 3 a gente: 2, A gente: 1
6 usina 80 0 NONE 2 A usina: 2
7 Fórum Teles Pires 0 0 ORGANIZATION 2 o grupo Fórum_Teles_Pires: 2
8 Mato Grosso 0 0 ORGANIZATION 2 o Mato_Grosso: 2
9 a gente 0 0 NONE 2 (tacit) ele/ela (referent: A gente): 2
10 a portuguesa EDP_Energias_do_Brasil e a chinesa Three_Gorges 0 0 PERSON 2 a portuguesa EDP_Energias_do_Brasil e a chinesa Three_Gorges: 2