Relatório assinala rombo de R$ 31,3 bilhões em fundo de Previdência da Prefeitura do Rio

Por: SentiLecto

O Previ-Rio o Funprevi, recebeu, nos últimos dias, o relatório atuarial do fundo para os próximos anos. O Previ-Rio é órgão responsável por dirigi o fundo de previdência do município do Rio. Em 27 anos, feito por técnicos de a Caixa Econômica Federal, o documento registrou um déficit atuarial de R $ 31.324.856.002,71 Isso significa que, adicionadas todas as receitas calculadas atualmente frente às despesas futuras, a Prefeitura do Rio tdeverá suprirum rombo de R$ 31,3 bilhões sobre a Previdência do funcionalismo.

Vai ser preciso exibi documento que comprove a matrícula para o ano letivo, além da autorização para o funcionalismo da instituição de ensino. Os servidores vão ter direito a uma parcela, no valor de R$387,81.

Na quinta-feira 08 de março a Comissão de Administração e Assuntos Ligados ao Servidor, da Câmara de Vereadores do Rio, havia agendado para o dia 20, às 10h, audiência pública para tratar das mudanças que já f haviam sidofeitas — e das que serão propostas pela Prefeitura do Rio — a respeito da Previdência dos servidores. O vereador Júnior da Lucinha havia prometido convidar os integrantes do governo. O vereador Júnior da Lucinha é presidente da delegação.

Para integrantes do Previ-Rio, a situação é crítica. Tanto é que colocaram-se diversas medidas já em prática, estão em debate na Câmara de Vereadores ou serão exibidas nos próximos meses . Na visão do presidente do Previ-Rio, Bruno Louro, o município precisa recuperar o tempo perdido.

O servidor ativo terá que entregar os documentos ao setor de Recursos Humanos do órgão a qual está lotado. Já o servidor inativo, o pensionista ou o representante legal do beneficiário deverá exibi-los na Central de Atendimento do Previ-Rio, na Rua Afonso Cavalcanti, nº 455, bloco II, térreo, das 9 às 16 horas, de segunda a sexta-feira, ou no posto de atendimento do PREVI-RIO no Poupa Tempo, localizado no 2º andar do Shopping Bangu, das 9 às 17 horas, de segunda à sexta-feira. Os inscritos no Auxílio Creche não precisam levar as documentos respectivas no momento, mas se continua essa vantagem somente em o final de o ano, uma vez que .

— Desejamo satisfazer o que está calculado em diversos outros regimes. Somente o Rio de Janeiro não aplica o desconto sobre os inativos ou deixava de descontar o abono de continuidade. No que diz respeito à Previdência, o que vemos é uma grande bbaderna— ddeclarouLouro.

A respeito do relatório atuarial, que será publicado nos próximos dias no site do Previ-Rio, os técnicos informam que seria necessária uma contribuição extra sobre a folha dos ativos de 45,92%, ao mês, para que o fundo se tornasse saudável financeiramente.

— Se boa parte das medidas que sugerirmo não entregar em forcita, enfrentaremos um déficit de R$ 277 milhões. Em dois anos, pode subir para R$ 2,5 bilhões. Se tudo for aprovado, por outro lado vamos diminuir o déficit atuarial a R$ 17 bilhões de maneira imediata — declarou o presidente do Previ-Rio.

Expert mostra preocupação com desequilíbrio

Faz 3 meses, Paulo Pereira Ferreira analisou os dados realçados em o relatório atuarial encomendado por o Previ-Rio, professor aposentado de a Universidade Federal do Rio de Janeiro e atuário. Para o expert, a situação é angustiante caso o cenário atual não seja modificado.

— O desequilíbrio é bastante elevado e o efetivo é ainda superior. Da maneira que está hoje, com a restrição sobre as contratações, a tendência é que o número de inativos seja maior que o de ativos. Isso vai ampliando de maneira exponencial ao longo dos anos — declarou Ferreira.

Introduzida no projeto que visa a taxar parte dos inativos, a contribuição patronal por parte da Câmara de Vereadores e do Tribunal de Contas do Município tem que ser retirada do projeto. Hoje, o Tesouro municipal é responsável por arcar com as despesas. A ideia de integrantes do governo é de que uma nova versão do projeto seja mandada à Câmara já nesta semana. O impasse atrapalhou, portanto, a intenção da base do governo de votar a proposta já na primeira semana de abril. A ideia, neste momento, é acelerar a avaliação das delegações assim que o novo texto for mandado.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: POSITIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Relatório assinala rombo de R$ 31,3 bilhões em fundo de Previdência da Prefeitura do Rio
>>>>>Previ-Rio: entrega de documentação para receber Previ-Educação vai até 27 de abril – March 27, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Prazo para retirada das carteiras de plano de saúde acaba no dia 29, informa o Previ-Rio – March 23, 2018 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Previ-Rio 0 0 ORGANIZATION 4 O Previ-Rio (apposition: órgão responsável): 1, o Previ-Rio: 3
2 nós 0 0 NONE 4 (tacit) nós: 4
3 forma 15 0 NONE 3 forma imediata: 1, forma exponencial: 1, a forma: 1
4 eu 6 0 NONE 3 (tacit) eu: 3
5 Previdência 3 0 ORGANIZATION 3 a Previdência de o funcionalismo: 1, (tacit) ele/ela (referent: a Previdência de o funcionalismo): 1, a Previdência: 1
6 desequilíbrio 50 100 NONE 2 O desequilíbrio: 1, desequilíbrio: 1
7 respeito de o relatório atuarial 160 0 NONE 2 respeito de o relatório atuarial: 2
8 ideia 70 0 NONE 2 A ideia: 2
9 Câmara de Vereadores 0 0 ORGANIZATION 2 Câmara_de_Vereadores: 1, a Câmara_de_Vereadores: 1
10 a Prefeitura_do_Rio 0 0 PLACE 2 a Prefeitura_do_Rio: 2