S&P 500 bate nova máxima de encerramento com expectativas comerciais

Por: SentiLecto

O S&P 500 voltou a bater uma máxima recorde de encerramento nesta sexta-feira, com investidores deixando de lado dúvidas sobre a melhoria nas negociações comerciais entre Estados Unidos e China, o que levou o índice a registrar sua quinta semana consecutiva de ganhos.

O índice S&P 500 recuou nesta terça-feira, com investidores colocando o pé no freio após um rali impulsionado por expectativas de um acordo comercial entre Estados Unidos e China, que havia levado os três principais índices acionários norte-americanos a máximas recordes na sessão anterior.Uma vez que ganhos sobre o acordo comercial entre Washington e Pequim poder ser protelado até dezembro compensaram a notícia em as ações de o setor de saúde, os índices acionários dos Estados Unidos fecharam com poucas mudanças nesta quarta-feira.- As ações europeias alcançaram máximas em mais de quatro anos nesta terça-feira, aproximando-se de níveis recordes, impulsionadas por uma alta em papéis ligados a energia e a commodities, já que o otimismo sobre o comércio entre Estados Unidos e China impulsionou o apetite pelo risco. Enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,2%, o índice FTSEurofirst 300 subiu 0,2%, a 1.585 pontos , a 404 pontos, maior nível desde julho de 2015. A China está pressionando o presidente dos EUA, Donald Trump, a remover mais tarifas como parte da “período um” de um acordo comercial que pode ser assinado este mês –um primeiro passo para concluir um combate comercial que já dura mais de 16 meses. Ações de mineradoras subiram 1,7%, terceira sessão de alta, enquanto a ampliação dos custos da petróleo turbinou uma recuperação em papéis de energia. Os bancos continuaram sua série positiva, concluindo em alta pelo quarto dia em cinco. “As ações europeias têm sido bastante impactadas nessa grande disputa, então acho que há muita positividade nos mercados”, declarou David Page, economista sênior da AXA Investment Managers. Em LONDRES, o índice Financial Times progrediu 0,25%, a 7.388 pontos. Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,09%, a 13.148 pontos. Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,39%, a 5.846 pontos. Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,23%, a 23.364 pontos. Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,09%, a 9.407 pontos. Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,60%, a 5.234 pontos.

Na sexta-feira 01 de novembro os índices acionários dos Estados Unidos haviam fechado com um rali nesta sexta-feira, com o S&P 500 registrando máxima recorde para encerramento pela terceira vez em cinco dias, após dados otimistas sobre emprego nos EUA e atividade manufatureira na China acalmarem preocupações relacionadas à desaceleração do crescimento gmundial

O Dow Jones .DJI> teve alta de 0,02%, a 27.680,70 pontos, enquanto o S&P 500 .SPX> subiu 0,25%, para 3.093,02 pontos, e o Nasdaq Composto .IXIC> progrediu 0,48%, a 8.475,31 pontos.

De acordo com dados preliminares, o Dow Jones teve alta de 0,11%, a 27.492,63 pontos, e enquanto o S&P 500 recuou 0,12%, o Nasdaq Composto mostrou variação positiva de 0,02%, a 8.434,68 pontos , para 3.074,63 pontos.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: United States, China

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>S&P 500 bate nova máxima de encerramento com expectativas comerciais
>>>>>S&P 500 fecha em leve queda após máximas recentes – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Wall St fica perto da estabilidade mesmo com preocupações comerciais – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Índice europeu toca máxima em mais de 4 anos com esperanças comerciais – November 05, 2019 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 pontos 0 0 NONE 14 8.475,31 pontos: 1, 3.093,02 pontos: 1, 7.388 pontos: 1, 23.364 pontos: 1, 5.234 pontos: 1, 5.846 pontos: 1, 27.492,63 pontos: 1, 13.148 pontos: 1, 404 pontos: 1, 1.585 pontos: 1, 9.407 pontos: 1, 27.680,70 pontos: 1, 8.434,68 pontos: 1, 3.074,63 pontos: 1
2 A China 0 24 PLACE 7 (tacit) ele/ela (referent: A China): 1, a China: 1, A China: 1, China: 4
3 esta 0 0 NONE 5 esta: 5
4 índice 0 0 NONE 5 o índice pan-europeu: 1, o índice: 4
5 alta 60 0 NONE 4 alta de %0,02: 1, uma alta: 1, alta de %0,11: 1, alta: 1
6 SeP 0 0 ORGANIZATION 4 o SeP: 3, O SeP: 1
7 acordo 90 0 NONE 3 o acordo comercial: 1, um acordo comercial: 2
8 Estados_Unidos 0 0 PLACE 3 Estados_Unidos: 3
9 ações 90 0 NONE 2 As ações europeias: 2
10 dados 70 0 NONE 2 dados preliminares: 1, dados otimistas: 1