Trump declara que não ameaçou destituir chairman do Fed

Por: SentiLecto

Donald Trump declarou neste domingo ao programa de TV “Meet the Press”, da NBC, que ele não ameaçou destituir o chairman do Federal Reserve , Jerome Powell. Donald Trump é o presidente dos Estados Unidos. Jerome Powell.

Mencionando pessoas familiarizadas com o tema, a Bloomberg News informou nesta terça-feira que a Casa Branca avaliou a legalidade de rebaixar Powell em fevereiro, logo depois que Trump debater a demissão do chairman do Fed.- Donald Trump conservou nesta terça-feira a pressão sobre o chairman do Federal Reserve após uma notícia de que advogados na Casa Branca buscaram mais cedo neste ano a legalidade de retirar Jerome Powell da posição. Donald Trump é o presidente dos Estados Unidos. Indagado por repórteres do lado de fora da Casa Branca se desejava rebaixar Powell, Trump declarou: “Veremos o que ele faz”. Mais cedo nesta terça, Larry Kudlow se rejeitou a confirmar ou negar a reportagem da Bloomberg. Larry Kudlow é o assessor econômico da Casa Branca. Mas Kudlow declarou a jornalistas na Casa Branca que Trump não está considerando quaisquer mudanças no status de Powell. – Os índices acionários de os Estados Unidos eram recuperados em esta terça-feira, com o SeP 500 atingindo níveis recordes, em a medida que as observações de o presidente Donald Trump sobre os EUA e a China recomeçando as negociações adicionaram a o otimismo com a perspectiva de um Federal Reserve mais’ dovish’.Às 11:58 , o índice Dow Jones subia 1,53%, a 26.512 pontos, enquanto o S&P 500 ganhava 1,255161%, a 2.926 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq progredia 1,92%, a 7.996 pontos. Trump declarou que vai se encontrar com o presidente chinês, Xi Jinping, na domo do G20 ainda neste mês, adicionando que as negociações entre os dois países serão recomeçadas antes do acontecimento. Enquanto as ações de tecnologia ganhavam 1,79%, a declaração auxiliava o setor industrial, sensível ao comércio, a saltar 1,62% , impulsionando o índice de referência. As companhias de microchip, que têm uma apreciável exibição de receita para a China, lideravam a alta entre as ações de tecnologia, com o índice de semicondutores da Filadélfia subindo 4%. A expectativa é que o banco central dos EUA conserve a taxa de juros inalterada em sua reunião de política monetária de dois dias, que tem começo nesta terça-feira, mas a previsão é que o Fed sinalize um corte nos preços dos empréstimos ainda este ano. A declaração do Fed às 15h na quarta-feira dtem que darpistas sobre o iefeitodaogcombatecomercial entre EUA e China, sobre os pedidos do presidente Donald Trump por um corte na taxa de juros futuramente e sobre o iefeitodos dados econômicos mais fracos sobre a política monetária. Faz 1 mês, as expectativas de um corte de juros auxiliaram o SeP 500 mais de %5, colocando o índice de referência a somente de sua máxima de todos os tempos alcançada em o começo de maio.

Na terça-feira 11 de junho Donald Trump havia acusado a Europa de desvalorizar o euro em uma série de publicações no Twitter nesta terça-feira, que também haviam tido como alvo a política monetária no país com renovados ataques ao Federal Reserve, banco central norte-americano. Donald Trump é o presidente dos Estados Unidos.

Trump, adicionando que ele teria poder para fazê-l alego: “Eu jamais ameacei destituí-lo.o.

Quando ele declarou, trump tem pressionado o Fed a diminuir as taxas de juros há meses, em uma campanha que iniciou em outubro passado que o banco central de Noruega tinha “ido àoldelíriosob o comando de Powell, após diversas elevações das taxas.

Um dia depois, Trump alegou que o Fed teria que ter diminuído os juros antes, mas “você não pode vencer todas”. Ele adicionou que eventualmente Powell “fará o que é certo, talvez. Veremos o que ele faz”.

Na sua vez, “O Fed é independente. Eles vão comportar-se em seu próprio tempo, à sua mforma, ddeclarouKudlow.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Trump declara que não ameaçou destituir chairman do Fed
>>>>>Trump não tomará medidas contra chairman do Fed, diz assessor da Casa Branca – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Trump sobre rebaixar chair do Fed: ‘Vamos ver o que ele faz’ – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Wall Street sobe com otimismo sobre comércio e aposta de Fed mais ‘dovish’ – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Donald Trump 95 100 PERSON 19 Ele (referent: Trump): 1, Trump: 7, (tacit) ele/ela (referent: Trump): 4, ele (referent: Donald_Trump): 1, o (referent: Donald_Trump): 1, Donald_Trump (apposition: o presidente de os Estados_Unidos): 1, ele (referent: Trump): 2, Donald_Trump (apposition: O presidente de os Estados_Unidos): 2
2 a Casa_Branca 0 0 PLACE 5 a Casa_Branca: 5
3 esta 0 0 NONE 5 esta: 5
4 Jerome Powell 0 3 PERSON 4 Powell: 3, ele (referent: Powell): 1
5 Larry Kudlow 80 0 PERSON 4 Kudlow: 2, Larry_Kudlow (apposition: o assessor econômico de a Casa_Branca): 1, (tacit) ele/ela (referent: Larry_Kudlow): 1
6 eu 15 0 NONE 4 (tacit) eu: 3, Eu: 1
7 Fed 0 0 PERSON 4 o Fed: 3, O Fed: 1
8 a China 0 0 PLACE 3 a China: 2, China: 1
9 o índice de referência 60 0 NONE 2 o índice de referência: 2
10 as empresas de chips 0 0 NONE 2 As empresas de chips: 2