Venezuela deseja instituir bloco comercial sem dólar

Por: SentiLecto

– A Venezuela, que está fornecendo petróleo para todos os seus parceiros, incluindo a Reliance Industries, apesar das sanções, declarou Quevedu, deseja instituir um bloco comercial formado pela China, Índia e a Rússia para auxiliar o país sul-americano a deduzi pagamentos de petróleo em outras moedas que não sejam o dólar, declarou o ministro do Petróleo de Venezuela nesta terça-feira. Depois que os Estados Unidos impuseram sanções para limitar as exportações de petróleo do membro da Opep para os EUA, o país está em busca de técnicas de pagamento alternativos para conservar o fluxo de petróleo para a Índia, um mercado de exportação crucial para o país, especialmente. Manuel Quevedu, referindo se à China, Rússia e Índia. declarou: “Todos nós podemos construir uma única economia e essa economia não precisa estar necessariamente dentro da economia do dólar”.Quevedu, que na segunda-feira declarou que Caracas estava aberta para negociar com Nova Délhi, rejeitou-se a revelar detalhes sobre como planeja fazer negócios com a Índia. Ele à margem da bienal Petrotech Conference, na Índia ddeclarou “Certamente não vinformaremosaqueles que qdesejamdarruinarnossa indústria petrolífera “.A Reliance, que paga uma quantia expressiva de suas compras da PDVSA em dinheiro, fornece combustível para a Venezuela por meio de sua unidade de America RIL, mostraram registros comerciais internos da PDVSA.

CALLAO, Venezuela – A operação financeira mais exitosa da Venezuela nos últimos anos não ocorreu em Wall Street, mas em primitivos campos de garimpo de ouro no sul do país. Com o degelo da economia do país, cerca de 300.000 garimpeiros invadiram essa área de floresta rica em ouro para tentar fazer fortuna em minas improvisadas. Suas picaretas e pás estão auxiliando o governo de Nicolás Maduro. Desde 2016, o governo adquiriu 17 toneladas de ouro, que valem cerca de 650 milhões de dólares, dos garimpeiros, de acordo com os números mais recentes do Banco Central de Venezuela. Pagos com a moeda local praticamente sem valor, os garimpeiros amadores por sua vez abastecem o governo com moeda forte para que possa importar alimentos e produtos de higiene. Apesar do pequeno efeito desse comércio de ouro nos mercados internacionais, o governo de America tem utilizado sanções e intimidação em um esforço para evitar que Maduro utilizo o ouro para se conservar seu governo. Donald Trump tem pressionado o Reino Unido a não liberar reservas de 1,2 bilhões de dólares em ouro que a Venezuela tem depositadas no Banco da Inglaterra. Recentemente , os EUA castigaram uma companhia de investimentos de as Emirados Árabes Unidos por ter adquirido ouro venezuelano. Se conhece a existência de o programa de ouro de Maduro, mas sua operação não. Para tentar entendê-lo, a Reuters rastreou o ouro das minas naflorestaa através do Banco Central em Caracas até refinarias de ouro e exportadores de alimentos no exterior, conversando com mais de 30 pessoas. O que surge é um retrato de uma experiência desesperada de laissez-faire na política industrial pelos líderes de Venezuela. As sanções de America abateram a indústria do petróleo e prejudicaram a habilidade de empréstimo da país. O setor formal de mineração foi aniquilado pela nacionalização. O governo de Maduro então liberou aos garimpeiros para extrair a riqueza mineral do país sem qualquer regulação ou investimento estatal. A revolução bolivariana agora depende pesadamente de trabalhadores como José Aular, um adolescente que declara ter contraído malária cinco vezes em uma mina na fronteira com o Brasil. Aular trabalha 12 horas por dia carregando sacos de terra para um pequeno moinho que utiliza mercúrio para extrair o ouro. Acidentes são habituais nos garimpos, assim como tiroteios e roubos. “O governo sabe o que ocorre nas minas e se beneficia disso. O ouro vai para as mãos deles”, declara Aular, 18 anos. Maduro também recebeu suporte crucial do presidente do Turquia, Recep Erdogan. A Venezuela vende a maior parte do seu ouro para refinarias na Turquia e então utiliza parte do lucro para adquiri bens de consumo, de acordo com pessoas com conhecimento direto do assunto. Massa e leite em pó turcos são agora parte do programa de alimentos subvencionados. O comércio entre os dois países aumentou oito vezes no ano passado. Uma ordem executiva do governo de America proíbe companhias e nacionais estadunidense de adquiri ouro venezuelano, mas a regra não se aplica a estrangeiros. Ankara alegou aos EUA que todo o comércio com a Venezuela está de acordo com a legislação internacional. Faz 3 anos, a Venezuela anunciou um voo direto entre Caracas e Istambul pela Turkish Airlines, em dezembro de 2016. Dados de comércio desde então mostram que as aeronaves estão levando mais que passageiros. Faz 1 ano, 1o de janeiro de 2018 o Banco Central da Venezuela começou a mandar ouro para a Turquia com uma carga de 36 milhões de dólares de o minério para Istambul,, em o dia. As remessas chegaram a 900 milhões no ano passado, de acordo com relatórios de comércio da Turquia. O Banco Central da Venezuela tem vendido o seu ouro direto para refinarias de Turquia, de acordo com duas fontes governamentais da Venezuela. A receita é direcionada ao banco de Venezuela de desenvolvimento Bandes para importação de bens de consumo. Os compradores incluem a Istambul Gold Refinery , e a Sardes Kiymetli Mandele, uma companhia de importações de Turquia, de acordo com uma pessoa que trabalha na indústria de ouro turca, assim como um diplomata baseado em Caracas e dois servidores venezuelanos. A IGR negou em entrevista à Reuters estar negociando com Caracas. A Sares não respondeu aos pedidos de observação.

Na terça-feira 29 de janeiro a Rússia acreditava que a Venezuela possivelmente teria problemas para pagar sua dívida soberana com Moscou, depois que os Estados Unidos haviam imposto sanções abrangentes à estatal petrolífera vde VenezuelaPDVSA, havia ddeclaradoo vice-ministro das Finanças rde Rusianesta terça-feira uma medida que o Kremlin c havia consideradoilegal.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: Russian Federation, India, United States, China

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Venezuela deseja instituir bloco comercial sem dólar
>>>>>Venezuela usa ouro de garimpeiros para financiar importações e dribla sanções americanas – February 10, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Militares dos EUA estão prontos para proteger diplomatas na Venezuela, diz almirante – February 07, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Países da Europa reconhecem Guaidó como presidente da Venezuela – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Rússia apoia conversações entre Maduro e oposição da Venezuela, diz agência RIA – February 05, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Líder da oposição venezuelana Guaidó diz que agentes da polícia estiveram em sua casa – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Parlamento Europeu reconhece Guaidó como presidente interino da Venezuela – January 31, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Alemanha, França e Espanha dizem estar prontas para reconhecer Guaidó como presidente da Venezuela – January 26, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>EUA pressionam Conselho de Segurança da ONU a apoiar Guaidó na Venezuela – January 26, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Guaidó diz que conversou com funcionários do governo para convencê-los sobre transição – January 27, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Oposição venezuelana se mobiliza para manter pressão sobre Maduro – February 02, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Guaidó: Eu sou o líder legítimo da Venezuela, Maduro é ditador – January 29, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Agência de comércio dos EUA diz que negociar novas regras da OMC para conter a China é inútil – February 05, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Chinesa Cofco compra milhões de toneladas de soja dos EUA – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Trump diz estar otimista com negociações comerciais entre EUA e China – January 31, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Trump reafirma apoio a líder da oposição venezuelana Guaidó em telefonema – January 30, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Trump alerta norte-americanos a não viajarem para a Venezuela – January 30, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Maduro diz que Trump quer matá-lo; Rússia pede mediação – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Alta em tarifas EUA-China pode desencadear recessão e desvio de comércio, diz ONU – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 ouro 80 0 NONE 10 seu ouro direto: 1, O ouro: 1, ouro: 7, o ouro: 1
2 Venezuela 0 8 ORGANIZATION 8 a Venezuela: 5, A Venezuela: 3
3 Caracas 105 0 PERSON 5 Caracas: 4, ele (referent: Caracas): 1
4 governo 0 60 NONE 4 o governo: 2, o governo americano: 1, O governo: 1
5 garimpeiros 100 37 NONE 4 300.000 garimpeiros: 1, os garimpeiros amadores: 1, os garimpeiros: 2
6 sanções 25 0 NONE 4 sanções abrangentes: 1, sanções: 2, As sanções americanas: 1
7 Manuel Quevedu 0 0 PERSON 4 Manuel_Quevedu: 1, (tacit) ele/ela (referent: Quevedu que em a): 1, Quevedu: 1, Quevedu que em a: 1
8 José Aular 0 0 PERSON 3 José_Aular: 1, Aular: 2
9 Nicolás Maduro 0 0 PERSON 3 Maduro: 3
10 Reuters 0 0 ORGANIZATION 3 a Reuters: 2, (tacit) ele/ela (referent: a Reuters): 1