ClaudinhaGadelha40PraC3A7adaConvivC3AAncia2CMossorC3B3.jpg

Claudia Gadelha declara participação no ‘Vai que Cola’ permite mostrar outro lado de lutadores

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Claudinha Gadelha @ Praça da Convivência, Mossoró

É com ar de calmaria e voz diminui que a lutadora Claudia Gadelha recebe a reportagem do F5 para um bate-papo antes de gravar sua participação especial no humorístico “Vai Que Cola”, do Multishow, cuja nova temporada estreou outubro.

Cláudia Gadelha é uma lutadora de Brasil de artes marciais mistas, que compete no Peso Palha do Ultimate Fighting Championship.

Declara: “Dá um friozinho na barriga na hora de gravar”.

Antes de entrar no set, a lutadora caminha de um lado a outro decorando o texto. E dá certo: ela não erra quase nada nas falas. Após a gravação, aproveita para devorar um pequeno pedaço de bolo.

É a primeira vez que Claudinha “brinca” de ser atriz. No entanto, declara, a experiência que comprou ao participar de outros programas televisivos lhe permitiram ficar à vontade com o novo desafio.

Há cerca de sete anos, ela fez algumas participações no “Pânico”, da Band. “Foi bem legal para minha carreira porque eu estava combatendo em acontecimento nacional ainda. Naquela época, era bem difícil encontrar oponentes para combater e acontecimentos que me dessem a chance de mostrar meu trabalho. Com esses fantasmazinhos, as pessoas passaram a desejar me ver combater”, declara.

Por outro lado, segundo Mattheis, o elenco tem fácil acesso aos roteiristas. “Acaba que vira um trabalho autoral também. E isso vem com o domínio do seu personagem”, declara.

Claudinha também participou da última temporada do reality show “TUF” . Na ocasião, ela combateu contra Joanna Jedrzejczyk pelo cinturão. O triunfo foi da polonesa, que continuou invicta.

2015: Na terceira temporada, ficou mais ousada. Ela sempre foi bancada pela Therezinha , mas começou a peitá-la um pouco mais. Ela sabia que ninguém a tiraria dali.

“A chance de participar do ‘Vai Que Cola’ veio através de um convite da produção do humorístico. Achei a ideia super legal, quando li o texto. Muita gente no Brasil ainda enxerga o UFC como um esporte violento e acho bacana ter um programa cômico e importante como este mostrando que existe o outro lado também”, alega.

E acrescenta: “As pessoas acham que, por sermos lutadores, somos brutos, mal educados. Elas não tem ideia do quanto você precisa se doar para ser um lutador top. A gente ri, chora, ama Adoro brincar, ver filmes de comédia. Nós somos pessoas normais.”

Os habitantes, então, resolvem coordenar uma luta entre Jéssica e Velna para decidir quem vai fazer as fotografias ao lado de Claudinha.

Fonte: FolhaGeneric

Sentiment score: POSITIVE

Countries: Brazil

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Claudia Gadelha declara participação no ‘Vai que Cola’ permite mostrar outro lado de lutadores
>>>>>’Ninguém quer essa mulher’, diz Fiorella Mattheis sobre a sedutora Velna, do ‘Vai Que Cola’ – October 10, 2017 (FolhaGeneric)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 160 0 NONE 11 (tacit) eu: 9, eu: 1, me: 1
2 Claudinha 80 0 PERSON 9 Claudinha: 3, ela (referent: Claudinha): 2, (tacit) ele/ela (referent: Claudinha): 4
3 Cláudia Gadelha 80 0 PERSON 4 Cláudia_Gadelha: 1, (tacit) ele/ela (referent: Cláudia_Gadelha): 3
4 lado 0 0 NONE 3 o outro lado: 1, outro lado: 1, um lado: 1
5 polonesa 160 0 NONE 2 a polonesa: 2
6 experiência 140 0 NONE 2 a experiência: 2
7 pessoas 80 0 NONE 2 pessoas normais: 1, as pessoas: 1
8 oportunidade 70 0 NONE 2 a oportunidade: 1, A oportunidade: 1
9 texto 60 0 NONE 2 o texto: 2
10 Que Cola 0 0 PERSON 2 Que_Cola: 2